OUÇA: RÁDIO PULSAR - PITANGA PR

............................................................................................................................................................ Web Rádio Pulsar, a Rádio que Pulsa no Coração do Paraná.






quarta-feira, 12 de junho de 2024

INFORME SEMANAL DA DENGUE REGISTRA MAIS 17.768 CASOS E 35 ÓBITOS

O boletim semanal da dengue publicado nesta terça-feira (11) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirma 17.768 novos casos da doença e mais 35 mortes no Paraná. 

De acordo com o documento, o atual período epidemiológico, que teve início em julho de 2023, soma agora 414 óbitos, 480.865 diagnósticos confirmados e 834.963 notificações.

As mortes registradas no informe desta semana ocorreram entre 26 de março e 23 de maio. 

São 16 homens e 19 mulheres, com idades entre 21 anos e 97 anos, residentes em 10 municípios: Curitiba (1), Foz do Iguaçu (2), Cascavel (8), Guairaçá (1), Paranavaí (1), Maringá (2), Apucarana (1), Londrina (7), Rolândia (5) e Toledo (7). Desse total, 26 pessoas apresentavam comorbidades.

A Regional com mais casos confirmados até o momento é a 8ª RS de Francisco Beltrão, com 58.987 diagnósticos. Na sequência estão a 10ª RS de Cascavel (57.817), 17ª RS de Londrina (55.581), 16ª RS de Apucarana (37.799), 15ª RS de Maringá (36.812) e 11ª RS de Campo Mourão (31.800).

As cidades com mais casos são Londrina (33.139), Cascavel (27.959), Maringá (21.419), Apucarana (18.321), Francisco Beltrão (16.942) e Curitiba (11.768). 

Há 398 municípios com confirmações de dengue – apenas Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, não tem casos confirmados.

Em relação aos óbitos do período epidemiológico 2023/2024, as Regionais com mais mortes são a 17ª de Londrina (81), 10ª de Cascavel (68), 8ª de Francisco Beltrão (50), 20ª de Toledo (48), e 16ª de Apucarana (37). 

Já os municípios que registram maior número de óbitos são Cascavel (49), Londrina (47), Toledo (32), Apucarana (17), Rolândia (16) e Ponta Grossa (12).

ZIKA E CHIKUNGUNYA – Informações sobre chikungunya e zika, transmitidas também pelo mosquito Aedes aegypti, também são apresentadas no documento. 

Houve o registro de cinco novos casos de chikungunya, que soma 146 confirmações e 1.757 notificações da doença no Estado.

Desde o início deste período não houve confirmação de casos de zika vírus, com 132 notificações registradas.

Confira o informe semanal AQUI. Mais informações sobre a dengue estão neste LINK.

Da redação/ Maria Farias

Sem comentários:

Enviar um comentário