OUÇA: RÁDIO PULSAR - PITANGA PR

........................................... Web Rádio Pulsar, a Rádio que Pulsa no Coração do Paraná.

quarta-feira, 23 de agosto de 2023

NOVO PERÍODO SAZONAL DA DENGUE INICIA COM 188 CASOS E NENHUM ÓBITO

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta terça-feira (22).

O primeiro boletim epidemiológico da dengue, que compreende o novo período sazonal da doença, que vai do dia 30 de julho deste ano até 27 de julho de 2024.

Segundo o calendário epidemiológico definido pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o informe, o Paraná registrou 1.895 notificações de dengue, com 188 casos confirmados. 

Outros 489 casos foram descartados.

Apenas as regionais de Irati, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco e Cianorte não registraram casos confirmados nesse primeiro boletim. 

As regiões de Telêmaco Borba, Ponta Grossa e Jacarezinho tiveram apenas um caso.

O documento ainda mostra o panorama dos casos de febre chikungunya, com a confirmação de dois casos autóctones – contraídos no município de residência do paciente – e nenhum óbito. 

Não há registro de casos confirmados de zika, somente duas notificações.

O último período sazonal da dengue registrou 108 mortes em todo o Paraná. 

Os dados da publicação contabilizaram 135 mil casos confirmados de dengue de julho de 2022 a julho de 2023.

"Começamos uma nova etapa. Nossas equipes já vêm trabalhando com várias ações estratégicas junto aos municípios. É importante eliminar os criadouros do Aedes aegypti, pois os ovos presentes nos criadouros podem permanecer viáveis por mais de um ano, mesmo nos períodos de temperatura mais baixa e em ambiente seco. O trabalho conjunto entre o poder público e a população trará mais resultados e por consequência, menos casos e óbitos”, alertou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

ENFRENTAMENTO 

Nos dias 24 e 25 de agosto, uma equipe do Ministério da Saúde da Coordenação Geral de Vigilância de Arboviroses estará em Curitiba para discutir e apresentar estratégias de incorporação de novas tecnologias para o controle do vetor, visando a prevenção e redução dos impactos causados pelas Arboviroses. 

A reunião contará com a presença da Coordenadoria de Vigilância Ambiental da Sesa/PR e representantes de quatro municípios elencados pelo Ministério da Saúde.

Confira o boletim AQUI

A relação por municípios está AQUI.

Da redação/ Maria Farias

Sem comentários:

Enviar um comentário