🔴 RÁDIO PULSAR - SUA RÁDIO CATÓLICA NO CENTRO DO PARANÁ

sábado, 3 de abril de 2021

PITANGA – A POLICIA MILITAR SE DESLOCOU ATÉ UM PESQUEIRO, COM AGROMERAÇÃO EM UMA FESTA

Na noite dessa sexta (3), uma equipe da Polícia Militar de Pitanga atendeu uma ocorrência.

Após denúncias, os policiais e a Vigilância Sanitária constataram que 37 pessoas estavam em uma festa em um Pesqueiro. 

Algumas estavam sem máscara e 15 carros estavam estacionados no local. 

O funcionamento do estabelecimento desrespeita o decreto do município para conter a propagação da covid-19. 

Desse modo, o proprietário, um homem de 38 anos, foi notificado e todos os frequentadores da festa receberam orientações.

Fonte: PM

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Guarapuava - PM apreende grupo que estava aglomerando

Respeitar os decretos e as medidas de prevenção à covid-19 parece ser uma dificuldade para algumas pessoas. 

A Polícia Militar segue atendendo ocorrências de aglomeração, mesmo com Guarapuava ultrapassando 200 mortes em decorrência da doença. 

Na madrugada de hoje (3), uma equipe se deslocou até a rua Altair Ciro Gubert, bairro Alto Cascavel, na marginal da PR-170, após algumas denúncias de perturbação de sossego e aglomeração. 

Conforme a equipe policial, um grupo de pessoas estava em um terreno baldio, bebendo e ouvindo música alta com som automotivo. 

Assim, perturbando quem mora nas proximidades do local. Cerca de 17 pessoas estavam aglomeradas, sem máscaras e compartilhando copos de bebidas. 

Os policiais entraram em contato com a fiscalização da Prefeitura Municipal e foram orientados a confeccionar o termo circunstanciado na sede do 16º BPM. 

Desse modo, os fiscais levaram as multas para os envolvidos. Por fim, a PM recolheu o som automotivo do carro e encaminhou o grupo de pessoas ao batalhão policial. 

Eles foram transportados em um microônibus da Polícia Militar do Paraná. 

VIRMOND 

Ontem (2), uma equipe da PM de Virmond, se deslocou à Linha Restinga para verificar uma denúncia de uma festa com adolescentes consumindo bebidas. 

No local, os policiais encontraram 15 pessoas, entre elas haviam adolescentes, mas não apresentavam sinais de embriaguez. 

No entanto, todos estavam desrespeitando as medidas de prevenção. 

Uma mulher de 56 anos, proprietária da casa, foi conduzida para confecção do termo por estar promovendo a confraternização. 

O Conselho Tutelar ficou responsável pelos adolescentes.

Fonte: RSN

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PARANÁ - Estado envia aos municípios nova remessa de vacinas e kits intubação

O Governo do Estado iniciou nesta sexta-feira (2) a distribuição, às 22 Regionais de Saúde, de parte do novo lote de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde ao Paraná na quinta-feira (1). 

Às 14h, 7.839 doses do imunizante Coronavac, produzido pelo laboratório Sinovac com o Instituto Butantan, saíram do Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para o Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba, para de lá partirem para o Interior em 4 aeronaves e um helicóptero do Estado. 

Nas regionais mais próximas, as doses foram enviadas por via terrestre.

Com essa nova remessa, os municípios paranaenses começam a aplicar a primeira dose da vacina em pessoas com idade entre 65 e 69 anos e nos profissionais das forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas. 

“Com essa logística de distribuição, mandamos para o Interior, neste primeiro momento, as vacinas voltadas para a aplicação da primeira dose. São 2.277 doses para os profissionais de segurança e 5.555 para pessoas de 65 a 69 anos”, explicou o diretor-geral da Secretaria de Estado da Saúde, Nestor Werner Júnior.

Os imunizantes distribuídos nesta sexta-feira fazem parte do 11º lote de vacinas enviado ao Estado pelo Ministério da Saúde. 

As 525,25 mil doses desembarcaram no Aeroporto Afonso Pena na quinta-feira, sendo a maior parte destinada para a segunda aplicação nos grupos que já receberam a primeira dose da vacina.

Incluindo trabalhadores da saúde e pessoas com idade a partir de 70 anos. 

“Começaremos a distribuir essas doses na semana que vem, porque existe um aprazamento, tem um tempo que precisa esperar para a aplicação entre a primeira e a segunda dose. Enquanto isso, elas ficarão armazenadas no Cemepar”, destaca Werner.

Um novo grupo prioritário passou a fazer parte do calendário de vacinação. 

Segundo a recomendação do Ministério da Saúde, os trabalhadores das forças de segurança que devem ser contemplados nesse adiantamento de doses são os envolvidos diretamente na linha de frente de combate à Covid-19.

Como em ações de vacinação e monitoramento das medidas de distanciamento, em resgates e atendimento pré-hospitalar ou ainda no transporte de pacientes.

KITS INTUBAÇÃO

Junto com os imunizantes, o Governo do Estado também enviou 190.170 ampolas de medicamentos do chamado kit intubação, que serão destinadas aos hospitais da rede de atendimento à Covid-19. 

A maior parte dos analgésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares, usados para intubar os pacientes que tiveram agravamento no quadro respiratório, foi adquirida pela Secretaria de Estado da Saúde, além dos remédios enviados ao Paraná pelo Ministério da Saúde. 

“Continuamos com o trabalho de conseguir mais medicamentos, para garantir o atendimento dos cidadãos neste momento de escassez. Abrimos uma cotação, baseada em uma decisão da Anvisa, que flexibilizou a importação de medicamentos do kit intubação para o Brasil”, explicou o diretor. 

“Estamos no momento final dessa negociação. Já temos a indicação de fornecedores e é possível que na semana que vem se feche a compra, por uma dispensa de licitação especial, para que esses remédios cheguem ao Paraná o mais rápido possível”, destacou.

ARMAZENAMENTO 

As doses de reforço dos imunizantes Coronavac e Covishield (Universidade de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz) ficarão armazenadas no Cemepar para serem enviadas aos municípios conforme o calendário de aplicação da segunda dose. 

As vacinas devem começar a ser distribuídas entre as Regionais de Saúde na semana que vem. 

“Temos em nossos controles os quantitativos que foram remetidos aos municípios anteriormente. Vamos mandando a eles de acordo com essas remessas, respeitando o prazo de reaplicação, para que elas cheguem às salas de vacinação para fazer a segunda dose de uma maneira ordenada, no prazo certo. A guarda da segunda dose ficou a cargo do Estado desde o primeiro momento, porque temos uma infraestrutura maior para garantir a qualidade da vacina e a segurança no transporte”, ressaltou Werner.

Com essa nova remessa, o Estado ultrapassou a marca de 2 milhões de doses recebidas do Ministério da Saúde, chegando a 2.253.300 vacinas. 

Até agora, o Paraná já aplicou 1.385.762 vacinas, imunizando 1.141.897 paranaenses. Destes, 243.865 já receberam a dose de reforço.

Confira a quantidade de doses que cada Regional de Saúde recebe nesta remessa:

1ª RS – Paranaguá – 187 doses

2ª RS – Metropolitana – 2.585 doses

3ª RS – Ponta Grossa – 483 doses

4ª RS – Irati – 90 doses

5ª RS – Guarapuava – 269 doses

6ª RS – União da Vitória – 95 doses

7ª RS – Pato Branco – 169 doses

8ª RS – Francisco Beltrão – 238 doses

9ª RS – Foz do Iguaçu – 361 doses

10ª RS – Cascavel – 423 doses

11ª RS – Campo Mourão – 211 doses

12ª RS – Umuarama – 180 doses

13ª RS – Cianorte – 96 doses

14ª RS – Paranavaí – 190 doses

15ª RS – Maringá – 534 doses

16ª RS – Apucarana – 265 doses

17ª RS – Londrina – 641 doses

18ª RS – Cornélio Procópio – 167 doses

19ª RS – Jacarezinho – 194 doses

20ª RS – Toledo – 277 doses

21ª RS – Telêmaco Borba – 91 doses

22ª RS – Ivaiporã – 85 doses

TOTAL –  7.839 doses


FONTE: AEN

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Pitanga - Caminhão roubado é encontrado abandonado às margens da PR-466

Na noite desta quinta-feira (01), às 20h00, a Polícia Militar de Pitanga deslocou até a PR-466, após solicitação via central 190.

Informando que um caminhão Iveco/Ectector, estaria abandonado em meio a uma roça às margens da PR-466, com seu interior todo revirado e sem carga em seu compartimento baú. 

A PM foi ao local e constatado o fato. Segundo a equipe, o referido veículo estaria com indicativo de furto/roubo, e que havia sido tomado de roubo próximo a cidade de Goioerê/PR nesta mesma data.

Diante disso, foi feito contato com o Copom do 16º BPM, sendo repassado que o motorista do referido caminhão havia sido localizado próximo ao Distrito da Palmeirinha, estando íntegro.

E que a equipe estaria deslocando até a cidade de Pitanga, trazendo consigo o motorista, sendo este, um homem (42 anos).

E que após a sua chegada até o local aonde teria sido localizado o caminhão.

Foi informado por este que, estaria transportando insumos agrícolas, e que após o roubo teria sido abandonado pelos autores perto do distrito da palmeirinha, que faz parte da cidade de Guarapuava.

Diante dos fatos, foi acionado o guincho, visto que o caminhão estaria sem chaves e com vazamento no motor, sendo este encaminhado com a vítima até a 45ª DRP de Pitanga para a realização dos demais procedimentos pertinentes.

Fonte: Polícia Militar.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Guarapuava - Saúde ativa mais 30 leitos exclusivos para Covid-19 no Hospital Regional

A Secretaria da Saúde do Paraná ativou mais 30 leitos para atendimento exclusivo da Covid-19 no Hospital Regional de Guarapuava. 

São 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria que começaram a funcionar na quinta-feira (1).

Agora, o Hospital Regional de Guarapuava conta com 40 leitos de UTI e 80 de enfermaria para Covid-19.

O Hospital Regional de Guarapuava teve a primeira fase de obras adiantada e a entrega, prevista inicialmente para 2021, aconteceu em meados do ano passado.

A nova estrutura foi liberada para atendimento exclusivo de pacientes infectados pelo coronavírus, via Sistema Único de Saúde. 

Inicialmente, foram colocadas à disposição da população 20 unidades de terapia intensiva e 40 de enfermaria. 

O investimento do Estado nesta fase foi de R$ 115,4 milhões.

“O Governo do Estado realiza um esforço contínuo, desde o início da pandemia, para ampliar os leitos hospitalares em todas as regiões. Ativamos mais de 4,7 mil leitos neste período, com infraestrutura e equipe médica consolidados no local”, afirmou o secretário da Saúde Beto Preto.

Ainda na região de Guarapuava, foram ativados no dia 23 de março 10 leitos de enfermaria no Hospital São José, em Laranjeiras do Sul. 

O São José conta hoje com 30 leitos de enfermaria e 10 de UTI.

Março

O Paraná ativou um total de 1.447 novos leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 somente no mês de março, período que registrou a maior alta de casos e óbitos em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia. 

Dos leitos, 493 são de UTI e 954 de enfermaria, todos destinados a adultos.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PARANÁ - Consulta sobre auxílio emergencial pode ser feita a partir de hoje

Trabalhadores poderão saber se foram incluídos no auxílio emergencial 2021 a partir de hoje (2). 

Inicialmente prometida para ontem (1º), a consulta teve de ser adiada “em função da necessidade de alinhamento dos canais de atendimento dos três órgãos diretamente envolvidos no programa - o Ministério da Cidadania, a Dataprev e a Caixa”, explicou a Dataprev, em nota.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1405713&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1405713&o=node

Consulta

A consulta poderá ser feita pelo Portal de Consultas da Dataprev. 

Para isso, o cidadão deverá informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Quem já recebe o Bolsa Família e inscritos no CadÚnico não estarão na lista da Dataprev já que, nesses casos, as parcelas serão depositadas automaticamente - desde que o beneficiário se encaixe nos critérios de elegibilidade do auxílio.

Depósitos

Segundo calendário divulgado pela Caixa, os pagamentos começam no dia 6 de abril para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo Caixa Tem. 

Os depósitos serão feitos na conta poupança digital da Caixa, acessada pelo aplicativo Caixa Tem. 

O beneficiário do auxílio emergencial terá direito, primeiramente, à movimentação digital e, posteriormente, aos saques.

Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário de pagamento do benefício.

Números

Em 2021, serão pagos R$ 43 bilhões a 45,6 milhões de brasileiros que atendem aos requisitos exigidos. 

Do montante, R$ 23,4 bilhões serão destinados ao público já inscrito em plataformas digitais da Caixa (28,6 milhões de beneficiários), R$ 6,5 bilhões para integrantes do Cadastro Único do Governo Federal (6,3 milhões) e mais R$ 12,7 bilhões para atendidos pelo Programa Bolsa Família (10,6 milhões).

Critérios

Para conceder as quatro parcelas do auxílio emergencial este ano o governo definiu novas faixas de pagamento:

- Mulheres chefes de família: R$ 375

- Famílias com duas ou mais pessoas, exceto aquelas com mães chefes de família: R$ 250

- Auxílio para pessoas que moram sozinhas: R$ 150

Podem receber

- Famílias com renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 550) e renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300);

- Público do Bolsa Família poderá escolher o valor mais vantajoso entre os benefícios e receber somente um deles.

- Trabalhadores informais;

- Desempregados;

- Microempreendedor Individual (MEI).

Não podem receber o auxílio

- Trabalhadores com carteira assinada e servidores públicos;

- Pessoas que não movimentaram os valores do auxílio emergencial e sua extensão em 2020;

- Quem estiver com o auxílio do ano passado cancelado;

- Cidadãos que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família e do PIS/Pasep;

- Médicos e multiprofissionais;

- Beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;

- Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 ou tinha, em 31 de dezembro daquele ano, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

- Cidadãos com menos de 18 anos, exceto mães adolescentes.

- Quem estiver no sistema carcerário em regime fechado ou tenha seu CPF vinculado, como instituidor, à concessão de auxílio-reclusão.

Fonte: Agência Brasil

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

Manoel Ribas - Médico falece durante plantão

A cidade de Manoel ribas e Ivaiporã, ficaram de luto, na  manhã (02) após tomarem conhecimento da morte do Dr. Emerson Luiz de Souza, 46 anos.

Que era neurocirurgião, faleceu, aparentemente, de um mal súbito em Manoel Ribas. 

Ele atuava na região de Ivaiporã, mas também realiza alguns plantões em Manoel Ribas.

Segundo as primeiras informações, o profissional foi ao banheiro, e não retornava, quando foi encontrado, pelos servidores, que estavam trabalhando no local. 

Dr Emerson, chegou pra região, vindo do Mato Grosso, para substituir um jovem médico, de 32 anos, de Maringá, que faleceu por complicações com a covid.

O prefeito José Carlos Corona, o Secretário Municipal de Saúde, Claudinei, o “Cadi”, e toda equipe, lamentaram o ocorrido. 

Foi acionado o IML – Instituto Médico Legal, de Ivaiporã, para remover o corpo e apurar a exata causa morte, sendo provável infarto, já que o profissional de saúde tinha problemas cardíacos.

Nossas profundas condolências a toda a família.

Fonte: Repórter do Vale 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

SUPERPÃO COMPRE MAIS DE PITANGA, COM MUITAS OFERTAS PARA HOJE 03/04/2021

 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

quinta-feira, 1 de abril de 2021

NOTA DE FALECIMENTO/FAMILIA KERNINSKI e SALVADOR

É Com pesar que comunicamos o falecimento de Terezinha Salvador Aires, ocorrido hoje(01), na Cidade de Curitiba.

Terezinha é natural de Pitanga, filha de Balbina kerniski e Augustinho Salvador, moradores da Saída do Rio do Meio.

O sepultamento ocorrerá em Curitiba.


A FAMÍLIA NOSSAS SINCERAS CONDOLÊNCIAS

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PITANGA – SUPERPÃO COMPRE MAIS COM UMA GRANDE VARIEDADE DE CHOCOLATE E PEIXES PARA HOJE DIA 01/04/2021

 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PREFEITURA DE NOVA TEBAS PRORROGA DECRETO

 A Prefeitura Municipal de Nova Tebas decide por prorrogar o decreto 045/2021 .o qual teria validade até a data de hoje, 01 de abril até às 5h do dia 12 de abril.

Portanto, o funcionamento do comércio segue as recomendações do decreto 045/2021. Alterando apenas o funcionamento de pesqueiros, os quais a partir da presente data fica apenas o funcionamento para pesca e entrega delivery e drive tru, sem a permissão do consumo de alimentos e bebidas no local.

Confira o que diz o Decreto 045/2021:






Da redação/ Sandra Laciuk

PITANGA - A PARTIR DE AGORA MORADORES PODEM REALIZAR LIGAÇÕES GRATUITAS PARA FALAR COM A PREFEITURA OU SECRETTARIAS

 Atenção moradores do município de Pitanga, a partir de agora vocês podem ligar gratuitamente para a Prefeitura Municipal de Pitanga e demais secretarias.

Quando você precisar falar com a Prefeitura Municipal, Secretaria da cidade, do Interior, Secretaria da Agricultura, Meio Ambiente, Esporte e Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, ligue para: 0800 888 5164.

Caso seja preciso falar com a Secretaria de Saúde, CAPS e Vigilância Sanitária é só ligar: 0800 888 5165.

Precisando resolver algum assunto relacionada à Educação ligue: 0800 888 5166

Lembrando em todos estes números você não terá nenhum valor cobrado da sua tarifa telefônica.

Da redação/ Sandra Laciuk

Manoel Ribas - Homem furta celulares, é preso e ainda ameaça a vítima

No dia 31 de março de 2021 por volta das 17h00min, uma pessoa informou a polícia Militar de Manoel Ribas.

Que dois celulares que estavam encima da mesa de sua residência foram furtados, ainda acrescentou que viu um homem com uma bicicleta nas proximidades da sua casa.

As margens da rodovia PR-466, próximo a Coamo, foram avistados três homens, os quais são familiares da vítima e teriam localizado o autor do furto.
 
O autor estava de posse de dois aparelhos celulares de cor preta, sendo um Samsung e um Positivo.

O autor disse que teria pegado os aparelhos, pois estavam em cima de uma mesa sem ninguém por perto.

Sendo dada voz de prisão ao mesmo e encaminhado todas as partes e os objetos para a delegacia de polícia civil de Manoel Ribas para os procedimentos cabíveis.
 
Durante a abordagem, o autor do furto fez ameaças a vítima.

Todos foram orientados quanto aos procedimentos cabíveis.

Fonte: PM

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Boa Ventura de São Roque - Dois homens são agredidos no interior

No dia 31 de março ás 11h30min, após solicitações as quais davam conta de que estava havendo uma briga na Vila Gloeden. 

A equipe policial deslocou até o local, onde foi abordada por um homem.

O qual apresentava hematomas nas costas e outro homem com hematoma na boca. 

Os quais relataram a equipe que haviam sido agredidos por dois masculinos. 

Relataram ainda não saber os motivos das agressões.

Ambos foram encaminhados até o posto de saúde para atendimento médico.

Feito patrulhamento no intuito de localizar os autores das agressões, porém sem êxito.

Fonte: PM

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

GUARAPUAVA - Depen remove 120 presos do cadeião de Guarapuava para PIG

Teve início na semana passada, a transferência de 120 presos recolhidos na Cadeia Pública de Guarapuava para a Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG). 

Mas a transferência parece ter causado um mal-estar entre o Departamento Penitenciário e integrantes do Sindicato dos Policiais Penais (Sindarspen), que discorda da movimentação.

De acordo com as informações, a transferência de detentos ainda inclui outros 20 presos, que também estavam no cadeião, e já estão na Penitenciária Estadual de Guarapuava (PEG-UP).

Onde os apenados cumprem pena em regime de progressão. Desse modo, a alegação do Departamento Penitenciário é de que as transferências são necessárias para impedir fugas na Cadeia Pública de Guarapuava, que possui o maior índice de superlotação do Estado. 

Depen remove 120 presos do cadeião de Guarapuava para PIG w 01/04/2021 Depen remove 120 presos do cadeião de Guarapuava para PIG.

No entanto, o Sindicato dos Policiais Penais (Sindarspen) emitiu uma nota em que se posiciona contra a ação do Departamento. 

Em nota, o sindicato afirmou que a transferência tal qual será feita corre o risco de só aumentar as possibilidades de fugas e rebeliões”. 

Ainda conforme o texto divulgado pelo sindicato, a PIG e a PEG já operam com excesso de ocupação e não possuem qualquer estrutura para receber novos detentos. 

Assim, a PIG, tem estrutura para 325 detentos, e já contava com 381 antes das transferências. 

Um policial penal se manifestou junto ao sindicato afirmando que receber estes presos na penitenciária “vai contra qualquer preceito básico de segurança”. 

FALTA DE ALINHAMENTO 

Conforme explicou o presidente do Sindarspen, Jiefferson Zablocki, o Sindicato já solicitou que o Departamento reveja essas transferências, para evitar que se coloque em risco a vida dos servidores que trabalham na PIG e PEG-UP. 

Além de ameaçar a segurança pública com o risco de motins, rebeliões e fugas. 

A entidade reforça que é preciso se buscar soluções que melhorem a segurança de todos e não que a fragilize

No caso da PEG-UP, entretanto, além de provocar uma superlotação, a transferência de presos oriundos da Cadeia Pública.

Ainda ameaça a concepção da unidade, voltada para detentos com bom comportamento e que já estão a menos de cinco anos para o fim das penas. 

O diretor do Depen da Regional de Guarapuava, Antônio Marcos Camargo de Andrade, afirmou que o Departamento trabalha neste momento para ajuste entre as unidades.

Precisamos amenizar a situação prisional e se faz importante adequar. 

Creio que tanto de estrutura quanto pelo número de servidores poderemos organizar um pouco mais os trabalhos, questões definidas pela direção do Depen. 

E ainda pela Coordenação de Segurança e Coordenação Regional sendo que todos os presos envolvidos foram, e continuam sendo, avaliados pelos gestores que estarão alojando esses presos em suas unidades. 

No entanto, para o Sindicato, a tentativa não é efetiva. 

Ajuste entre unidades para amenizar a situação de um lado e prejudicar outros, que resolve o problema da 14° SDP por um espaço curto de tempo gerando um problema definitivo para as outras unidades. 

Acredito que deveriam olhar para a PIG e PEG-UP, como modelos de algo que funciona, e tentar manter. 

VERSÃO DA CHEFIA DA CADEIA PÚBLICA 

No entanto, apesar da discussão, a chefia do cadeião de Guarapuava considera a decisão positiva para a unidade.

 “Temos a vantagem da superlotação ser diminuída, o lugar fica mais salubre, os presos estarão sendo encaminhados para um local mais adequado com mais possibilidade de remição de pena. Com a possibilidade de trabalhar, receber um dinheiro que ajude a família”. 

Além disso, o gestor da Cadeia Pública de Guarapuava, Wellington Rodrigo de Oliveira, afirmou que considera necessária a remoção dos detentos. 

“Além de necessária, é imprescindível, porque chega um momento que nem cabe mais colchões. Não cabe! O espaço físico não é mais suficiente para a permanência de tantos presos que estavam na cadeia”. 

Por fim, as diretorias da PEG-UP e da PIG também receberam a oportunidade de se pronunciar. 

A diretoria da PIG não respondeu o contato. 

Já a da PEG-UP orientou a reportagem a procurar a assessoria de imprensa do Depen-PR.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Fonte: RSN

Palmital - Menina de 11 anos não resistiu aos ferimentos graves de acidente e morreu no hospital de Guarapuava

Veronica Lowen, de apenas 11 anos, entrou em óbito nesta terça-feira (30) no Instituto Virmond (Santa Tereza), em Guarapuava. 

Ela foi uma das vítimas do acidente de trânsito ocorrido no último dia 23, em Palmital.

E a terceira vítima que não resistiu. Seu pai, Everaldo Lowen, de 45 anos, faleceu dia 30 no hospital da cidade de Campo Mourão, onde estava internado.

Veronica está sendo velada na Capela Mortuária de Palmital e seu sepultamento será, na manhã desta quinta (1º), às 9 horas, no Cemitério Municipal de Palmital.

O ACIDENTE

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o acidente do tipo colisão frontal ocorreu às 19h40 no Km 55 da rodovia e envolveu dois carros, na noite da terça (23) na PR-456, em Palmital.

No GM Corsa com placas de Palmital estava o motorista de 44 anos, uma passageira de 46 anos e uma criança de 11 anos. 

Conforme a PRE, no outro carro – um Fiat Fiorino também de Palmital – estava apenas o motorista de 67 anos, que morreu no local.

O motorista e os passageiros do GM Corsa sofreram ferimentos graves.

De acordo com a PRE, após atendimento dos primeiros socorros, os feridos tiveram encaminhamento para o Hospital de Campo Mourão.

O Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava esteve no local e recolheu o corpo do motorista. 

A polícia rodoviária não informou o que pode ter provocado o acidente.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Fonte: Ache Aqui Noticias

Estado registra mais 3.059 casos e 196 óbitos pela Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (31) mais 3.059 casos e 196 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Estado soma agora 840.728 diagnósticos e 16.600 óbitos em decorrência da doença.

Os casos confirmados divulgados nesta quinta-feira são de março (2.850), fevereiro (46) e janeiro (69) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: junho (3), julho (1), agosto (1), setembro (15), outubro (30), novembro (10) e dezembro (34).

VACINA  A Secretaria da Saúde possui um vacinômetro atualizado em tempo real à medida que os municípios inserem o número de doses aplicadas no sistema.

INTERNADOS – O informe da Saúde relata que 2.859 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 2.214 em leitos SUS (943 em UTI e 1.271 em enfermaria) e 645 em leitos da rede particular (322 em UTI e 323 em enfermaria).

Há outros 2.761 pacientes internados, 958 em leitos UTI e 1.803 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão nas redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual da Saúde informa a morte de mais 196 pacientes. São 82 mulheres e 114 homens, com idades que variam de 1 a 100 anos. Os óbitos ocorreram de 21 de dezembro de 2020 a 31 de março de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Londrina (19), Foz do Iguaçu (15), Arapongas (11), Paranaguá (11), Curitiba (10), Maringá (10), Ponta Grossa (9), Araucária (8), Guarapuava (8), Cascavel (7), São José dos Pinhais (7), Telêmaco Borba (5), Pato Branco (4), Francisco Beltrão (3), Guaíra (3), Mandirituba (3), Rio Branco do Sul (3), Almirante Tamandaré (2), Califórnia (2), Cambará (2), Candói (2), Imbituva (2), Itambé (2), Marechal Cândido Rondon (2), Palmas (2), Pinhão (2), Prudentópolis (2), Rolândia (2) e Umuarama (2).

A Secretaria da Saúde registra, ainda, a morte de uma pessoa que residia em cada um dos municípios de Alto Piquiri, Ampére, Astorga, Bandeirantes, Campo Mourão, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Cruz Machado, Diamante do Sul, Faxinal, Fazenda Rio Grande, Foz do Jordão, Ibema, Itaipulândia, Itambaracá, Mallet, Mandaguaçu, Mandaguari, Marilândia do Sul, Marilena, Nova Santa Barbara, Paraíso do Norte, Paulo Frontin, Pinhais, Planalto, Pontal do Paraná, Rio Bom, Sabáudia, Santa Isabel do Ivaí, São Jorge D'Oeste, São Miguel do Iguaçu, Terra Roxa, Toledo, União da Vitoria, Vitorino e Wenceslau Braz.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 5.377 casos de residentes de fora e 117 pessoas foram a óbito.

Fonte: Agência EBC

Dólar tem maior queda diária em três semanas e fecha março em R$ 5,62

 Depois de um mês de forte volatilidade, o dólar teve a maior queda diária em três semanas e encerrou março praticamente estável em relação a fevereiro. A bolsa de valores registrou leve queda nesta quarta-feira (31), mas fechou o mês com alta de 6%, o primeiro desempenho positivo do ano.

O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,629, com recuo de R$ 0,133 (-2,31%). Essa foi a maior queda diária desde o último dia 10, quando a divisa tinha caído 2,39%. Com o forte recuo de hoje, a moeda norte-americana encerrou março com alta de apenas 0,5%, embora tenha se aproximado de R$ 5,80 no último dia 9.

Em 2021, a divisa acumula desvalorização de 8,45%. O real registra o terceiro pior desempenho entre as principais moedas de países emergentes, atrás apenas do peso argentino e da lira turca.

No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 116.634 pontos, com leve recuo de 0,08%. O indicador subiu durante a manhã, mas inverteu o movimento e passou a cair à tarde. Na hora final de negociação, o ritmo de queda diminuiu, até o índice fechar praticamente estável.

O dólar foi ajudado por fatores externos e internos. No mercado internacional, aumentou o apetite por risco em mercados emergentes, como o Brasil. Paralelamente, a proximidade do início das exportações de soja levou investidores a apostar na queda do câmbio tendo em vista a entrada de divisas nos próximos meses.

As negociações em torno de vetos de pontos do Orçamento que podem resultar na violação do teto de gastos também interferiram no mercado financeiro. Hoje, o relator do Orçamento, senador Márcio Bittar (MDB-AC), informou que pretende cancelar R$ 10 bilhões de emendas parlamentares aprovadas no texto para recompor despesas obrigatórias, como as da Previdência Social.

Fonte: Agência EBC

Senado aprova projeto em benefício de vítimas de violência doméstica

O Senado aprovou ontem (31) um projeto de lei (PL) que altera a Lei Maria da Penha e garante às mulheres em situação de violência o direito de ajuizarem ações de família nos Juizados de Violência Doméstica e Familiar. O projeto segue para a Câmara.

O projeto propõe que os juizados de Violência Doméstica e Familiar não recebam apenas processos de separação judicial, divórcio, anulação de casamento ou ações correlatas, mas também recebam processos referentes à guarda e visitação de menores, além de reconhecimento de paternidade. Além disso, a autoridade policial deverá informar à mulher sobre esse novo direito.

A ideia é que todas as questões familiares relacionadas ao vínculo entre a mulher vítima de violência e o seu companheiro corram no mesmo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

“A otimização do lugar de propositura das referidas ações visa não só direcionar o julgamento para o juiz que já tenha conhecimento de causa acerca das situações fáticas iniciais vividas pela vítima, mas também evitar que a mesma tenha que reviver o sentimento negativo e a complexidade do trauma sofrido no âmbito familiar, ao necessitar deflagrar um novo processo em vara judicial diversa da que a acolheu inicialmente”, disse a relatora do projeto, Simone Tebet (MDB-MS).

Fonte: Agência EBC

Simples Nacional: empresas afetadas por crise podem parcelar dívidas

 As micro e pequenas empresas afetadas pelo agravamento da pandemia de covid-19 podem parcelar os débitos com o Simples Nacional até o fim de junho, com desconto na multa e nos juros. A renegociação vale para dívidas vencidas de março a dezembro de 2020 e não pagas até hoje em decorrência da crise provocada pela doença.

As condições para a renegociação foram definidas pela Portaria 1.696, da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), que recriou as transações excepcionais que vigoraram no ano passado.

O parcelamento especial impede que as empresas sejam excluídas do Simples Nacional. O prazo para negociar os débitos inscritos em dívida ativa da União começou em 1º de março e se encerrará às 19h de 30 de junho. A adesão pode ser feita pelo portal Regularize. Basta o contribuinte escolher a opção Negociar Dívida e clicar em Acesso ao Sistema de Negociações.

Etapas

O processo tem três etapas. Na primeira, o contribuinte preenche a Declaração de Receita ou de Rendimento, para que a PGFN verifique a capacidade de pagamento do contribuinte. Em seguida, o próprio site liberará a proposta de acordo. Por fim, caso o contribuinte esteja apto, poderá fazer a adesão.

Após a adesão, o contribuinte deverá pagar o documento de arrecadação da primeira prestação para que a renegociação especial seja efetivada. Caso não haja o pagamento da primeira prestação até a data de vencimento, o acordo é cancelado.

Análise

As micro e pequenas empresas, assim como os microempreendedores individuais (MEI), poderão negociar débitos do Simples Nacional que passaram para a dívida ativa da União. Essa incorporação, no entanto, deverá ocorrer até 31 de maio deste ano.

Após o pedido de parcelamento, a PGFN analisará a capacidade econômica do devedor. As condições estão mais brandas que a das modalidades especiais de parcelamento criadas no ano passado, que só abrangiam a renegociação de dívidas classificadas como C ou D, com difícil chance de recuperação. Agora, a PGFN avaliará apenas os impactos econômicos e financeiros decorrentes da pandemia.

Para as pessoas jurídicas, a redução, em qualquer percentual da soma da receita bruta mensal de 2020 (com início em março e fim no mês imediatamente anterior ao de adesão) em relação à soma da receita bruta mensal do mesmo período de 2019, será levada em conta para a adesão.

Propostas

Com base no resultado da análise, a PGFN proporá a negociação no Portal Regularize. Em troca de uma entrada de 4% do valor total do débito, que poderá ser parcelada em até 12 meses, o saldo restante poderá ser dividido em até 133 meses para os contribuintes inscritos no Simples Nacional. O número de parcelas é maior que o das médias e grandes empresas, que poderão dividir o débito em até 72 vezes.

Em relação às micro e pequenas empresas e aos MEI, o desconto corresponderá a até 100% sobre os valores de multas, juros e encargos, respeitado o limite de até 70% do valor total da dívida. Por restrições impostas pela Constituição, a renegociação de dívidas com a Previdência Social está limitada a 60 parcelas (cinco anos).

Fonte: Agência EBC

quarta-feira, 31 de março de 2021

Ofertas desta quarta-feira no Superpão Compre Mais

Antecipe suas compras para a Páscoa Economizando seu dinheiro no Superpão Compre Mais.

Confira os super preços desta quarta-feira no Superpão Compre Mais.



 

Nascidos em dezembro podem atualizar dados no Caixa Tem

Às vésperas de retomar o pagamento do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal convida os usuários do aplicativo Caixa Tem a atualizar os dados cadastrais. 

Clientes nascidos em dezembro podem fazer o procedimento a partir de hoje (31).

A atualização é feita inteiramente pelo celular, bastando o usuário seguir as instruções do aplicativo, usado para movimentar as contas poupança digitais. 

Segundo a Caixa, o procedimento pretende trazer mais segurança para o recebimento de benefícios e prevenir fraudes.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1405474&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1405474&o=node

Ao entrar no aplicativo, o usuário deve acessar a conversa “Atualize seu cadastro”. 

Em seguida, é necessário enviar uma foto (selfie) e os documentos pessoais (identidade, CPF e comprovante de endereço).

O calendário de atualização segue um cronograma escalonado, conforme o mês de nascimento dos clientes. 

O cronograma começou no último dia 14 para os nascidos em janeiro e encerra-se hoje (31), para os nascidos em dezembro.

Confira o cronograma completo abaixo:

Mês de nascimento

Data de atualização

Janeiro

14/3 (domingo)

Fevereiro

16/3 (terça)

Março

18/3 (quinta)

Abril

20/3 (sábado)

Maio

22/3 (segunda)

Junho

23/3 (terça)

Julho

24/3 (quarta)

Agosto

25/3 (quinta)

Setembro

26/3 (sexta)

Outubro

29/3 (segunda)

Novembro

30/3 (terça)

Dezembro

31/3 (quarta)

No ano passado, a Caixa abriu mais de 105 milhões de contas poupança digitais, das quais 35 milhões para brasileiros que nunca tiveram contas em banco. 

Além do auxílio emergencial, o Caixa Tem foi usado para o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).

Uma lei sancionada no fim de outubro autorizou a ampliação do uso das contas poupança digitais para o pagamento de outros benefícios sociais e previdenciários. 

Desde dezembro, os beneficiários do Bolsa Família e do abono salarial passaram a receber por essa modalidade.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS