sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

PITANGA - FAMÍLIA PROCURA SUA CACHORRINHA QUE DESAPARECEU DO BAIRRO MARIASTELA

DESAPARECEU DO BAIRRO MARISTELA NA RUA SANTOS ANDRADE, UMA CACHORRINHA, ELA SE CHAMA BELINHA.

SE ALGUÉM SOUBER OU ESTIVER COM ELA, FAVOR ENTRAM EM CONTATO.

ELA É DE UMA CRIANÇA.

CONTATO: (42) 999 258116

OU BLOG JONEI FARIAS (42) 999317475 WHATSAPP

MARIA FARIAS (42) 998 535095

DESDE JÁ AGRADECEMOS


 DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

COMUNICADO DO SUPERPÃO COMPRE MAIS, DECRETO ESTADO DO PARANÁ / 6.983/2021, O NOVO ATENDIMENTO EM PITANGA

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS
 

PITANGA - IDOSOS DE 85 A 89 ANOS JÁ PODEM TOMAR A PRIMEIRA DOSE DA VACINA CONTRA COVID 19

 Atenção idosos com idade entre 85 e 89 anos, a Secretaria Municipal de Saúde comunica que já está disponível a primeira dose da vacina contra a Covid 19.

Você que se encaixa nesta faixa etária dirija-se hoje, dia 26 de fevereiro das 14:00 às 17:00 até o CMASP,  localizado no Bairro Pitanguinha, antigo Hospital Municipal.

É necessário levar, RG, Cartão do SUS e a Carteira de vacinação.

Familiares que tem idosos acamados, favor entrar em contato com sua Agente de Saúde ou com o Postinho de Saúde para qual você pertence para obter maiores informações.

Da redação/ Sandra Laciuk


Governador Ratinho Junior fala sobre as novas medidas de enfrentamento ao coronavírus

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou, no Palácio Iguaçu, um panorama do cenário da pandemia no Estado e anunciou novas medidas de enfrentamento ao coronavírus, que serão adotadas.

ACOMPANHE:


 

PITANGA – OFERTAS PARA HOJE DO SUPERPÃO COMPRE MAIS

 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

FAMÍLIA MICHALAK COMUNICA FALECIMENTO

A família Michalak comunica o falecimento da senhora Emília Michalak, moradora da Localidade de Linha Cantú, ocorrido às 06:00h da manhã de hoje.

Seu corpo está sendo velado na comunidade de Linha Cantú o sepultamento em horário a ser designado.

Aos amigos e familiares, nossas sentidas condolências.


CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ FOI ADIADO E NOVA DATA SERÁ MARCADA

A Polícia Militar do Paraná comunicou ontem (25) que que, por solicitação da Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional da UFPR, a Prova de Conhecimentos do Concurso para Soldado Policial e Bombeiro Militar – 2020 mais uma vez teve sua realização adiada.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Paraná foi comunicada de que nova data será marcada e divulgada no site do Núcleo de Concursos da UFPR.

Candidatos que já vem se preparando a muito tempo, acabam sendo pegos de surpresa pois acreditavam que enfim realizariam a tão esperada prova.

Na semana passada a UFPR cancelou o Concurso da Polícia Civil, onde Candidatos de todo o Brasil foram pegos de surpresa, ao serem comunicados já no local das provas que a mesma havia sido adiada, fato este que gerou muita polêmica.

Em contrapartida no início do ano o Governo do Estado do Paraná não aceitou o pedido de cancelamento das provas do PSS para a contratação temporária de professores, alegando não haver necessidade de cancelar porque todas as medidas de segurança seriam tomadas.

Da redação/ Sandra Laciuk

PITANGA - Ruzam - Parafusos e Ferramentas contrata vaga de estágio


 DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Covid-19: atividade física regular reduz em 34% o risco de internação

 Estudo brasileiro mostrou que realizar 150 minutos de exercício por semana reduz a probabilidade de complicações da doença

Realizar 150 minutos semanais de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos de atividades intensas reduz o risco de internação hospitalar pela Covid-19 em 34,3%. 

A conclusão é de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS) publicado recentemente na plataforma preprint MedRxiv. 

A equipe, coordenada pelo pesquisador Marcelo Rodrigues, do InCor, avaliou questionários respondidos por 938 pessoas que tiveram Covid-19 e se recuperaram da doença. Destes, 91(9,7%) necessitaram de hospitalização. 

Os resultados mostraram que as pessoas que praticavam a quantidade recomendada de atividade física por semana, o equivalente a 150 minutos de exercício moderado ou 75 minutos de atividade física intensa, tinham um risco reduzido de hospitalização pela doença. 

Além disso, aqueles que praticavam dois ou mais tipos de exercício, como andar de bicicleta e correr, tinham um benefício ainda maior: a redução no risco dessas pessoas foi de 46,2%. 

A associação permaneceu mesmo após serem contabilizados fatores como idade, sexo, IMC (índice de massa corporal) e doenças pré-existentes. 

De acordo com o educador físico, Gustavo Cardozo, pesquisador da Uerj e diretor técnico-científico do Centro de Medicina do Exercício DECORDIS, a prática de 100 minutos de atividade física semanais já apresentou um efeito protetivo. “O estudo mostrou  que fazer 20 minutos de exercício, cinco vezes por semana, protege das complicações da Covid-19 até mesmo em pessoas com doenças inflamatórias”, disse Cardozo. 

A principal hipótese para esse efeito protetor da atividade física está associada à redução da ECA2, enzima utilizada pelo novo coronavírus para invadir as células. “O exercício físico reduz os receptores de ECA 2 e diminui ações inflamatórias no corpo, que também contribuem para as complicações da Covid-19”, explica Cardozo.

Fonte: Revista Veja

PITANGA - MAIS 16 CASOS DE COVID FORAM CONFIRMADOS ONTEM E UM DETALHE CHAMA A ATENÇÃO

BEBÊ DE SEIS MESES ESTÁ ENTRE OS CASOS CONFIRMADOS ONTEM

A Secretaria Municipal de Saúde de Pitanga, divulgou ontem (25) a 
confirmação de mais dezesseis casos de COVID 19 em nosso município.

Trata-se dos seguintes casos:

1115º caso, sexo feminino 16 anos, sintomática leve, correlação com caso 1075.

1116º caso, sexo feminino, 44 anos, sintomática leve, correlação com caso 1115.

1117ºcaso, sexo masculino, 58 anos, assintomático, correlação com caso 1079.

1118º caso, sexo feminino, 69 anos assintomática, correlação com caso 1079.

1119º caso, sexo masculino, 54 anos, sintomático leve, correlação com caso 1092.

1120º caso, sexo feminino, 59 anos, sintomática leve, correlação com caso 1074.

1121º caso, sexo masculino, 47 anos, sintomático leve, correlação com caso 1079.

1122º caso, sexo masculino, 31 anos, assintomático, vínculo não identificado.

1123º caso, sexo feminino, 30 anos, assintomática, correlação com caso 1122.

1124º caso, sexo feminino, 18 anos, sintomática leve, vínculo não identificado.

1125ºcaso, sexo masculino, 24 anos, sintomático leve, correlação com caso 1124.

1126º caso, sexo feminino, 21 anos, sintomática leve, vínculo não identificado.

1127º caso, sexo feminino, 38 anos, sintomática leve, vínculo não identificado.

1128º caso, sexo feminino, 14 anos, sintomática leve, correlação com caso 1127.

1129º caso, sexo masculino, 43 anos, sintomático leve, correlação com caso 1127.

1130º caso, sexo masculino, 6 meses, sintomático, investigando vínculo.

Destes, quinze pacientes encontram-se em monitoramento e isolamento domiciliar e um está internado em leito de enfermaria.

Sete casos foram confirmados por meio de exame RT PCR, realizados pelo Laboratório Central do Estado, LACEN PR, e nove casos por teste rápido validado pelo Instituto Nacional de Controle e Qualidade em Saúde, INCQS, em laboratório privado.

Nesta semana os dados divulgados em todo o Paraná e infelizmente em Pitanga não é diferente, mostram que houve uma alta significativa nos números, detalhe este, que vem preocupando pois os hospitais estão começando a ficar superlotados, e a possibilidade de um colapso passa a ser um detalhe preocupante.

Por isso não vamos fechar os olhos para a realidade, a pandemia não acabou, ela está ainda pior que a tempos atrás, inclusive no dia de ontem o Brasil bateu recorde no numero de mortes desde o início dos casos.

Cuide-se de você da sua família e de todos que estão à sua volta, porque isso se torna recíproco e o maior beneficiado sem dúvidas será você.

Da redação/ Sandra Laciuk

PITANGA - VAGAS OFERECIDAS NA AGÊNCIA DO TRABALHADOR DE PITANGA

A Agência do Trabalhador de Pitanga divulgou ontem (25) a atualização da lista de vagas de trabalho disponíveis nesta semana.

Confira:

CONSULTOR DE VENDAS - Comercial: Ensino médio completo, informática básica, CNH B, possuir veículo e ter disponibilidade para viagens.

ANALISTA FISCAL: Formado ou estar cursando Contábeis. Experiência em escrituração fiscal, pacote office, CTPS e bom relacionamento interpessoal.

ASSISTENTE DE CAMPO: Formado ou cursando Engenharia Agronômica, CNH B, com disponibilidade para viagens. Conhecimento e vivência nas culturas de soja, milho e trigo.

SERVIÇOS GERAIS EM COMÉRCIO: Ensino médio completo, CNH B.

SERVIÇOS GERAIS SAFRISTA.

AÇOUGUEIRO: Com experiência.

TÉCNICO EM ELETRÔNICA RESIDÊNCIAL: Com experiência.

SERRALHEIRO: Com experiência.

TRABALHADOR RURAL: Experiência como tratorista, e preferência com habilitação em caminhão.

APONTADOR DE OBRAS: Ensino médio e com experiência em carteira.

AUXILIAR DE TOPÓGRAFO: Com experiência em carteira.

AUXILIAR DE MECÂNICO: Com experiência em carteira.

GREIDISTA: Com experiência em carteira.

LUBRIFICADOR: Com experiência em carteira.

MECÂNICO DE MÁQUINA PESADA: Com experiência em carteira.

MECÂNICO DE BRITAGEM: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE ESCAVADEIRA: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE MOTONIVELADORA: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE PÁ CARREGADEIRA: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE ROLO COMPACTADOR: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE ROLO PNEU: Com experiência em carteira.

OPERADOR DE TRATOR AGRÍCOLA: Com experiência em carteira.

SOLDADOR DE BRITAGEM: Com experiência em carteira.

SERVENTE DE BRITAGEM: Com experiência em carteira.

Se você se encaixa em um dos requisitos das vagas oferecidas, dirija-se até a Agência do Trabalhador de Pitanga, com a sua Carteira de Trabalho e solicitar o encaminhamento para a vaga.

Da redação/ Sandra Laciuk

Órgãos se unem para combater fura-filas da vacinação no Paraná

 Uma empresária tomou vacina logo depois de ser contratada pela prefeitura; um médico obstetra foi o primeiro a receber o imunizante em outra cidade; o estagiário da área administrativa foi vacinado. A lista de denúncias de fura-filas que chegaram à Controladoria-Geral do Estado (CGE) é grande, já passa de 500 registros no Paraná, e desafia órgãos de controle.

A situação foi debatida nesta quinta-feira (25), por solicitação da CGE, com Tribunal de Contas, Ministério Público e Polícia Civil, a fim de adequar a rotina de repasse de informações para investigação, diante da quantidade de denúncias que chegam diariamente à Ouvidoria-Geral do Estado. Foram mais de 900 manifestações, dessas pouco menos de 600 são denúncias de fura-filas.

“Marcamos essa reunião para demostrar a metodologia do recebimento e encaminhamento das denúncias de fura-filas. O Sistema Integrado de Ouvidoria está disponível para os órgãos de controle e de investigação, já que estamos engajados no mesmo objetivo. A partir de hoje, estabelecemos canal direto entre CGE, promotorias do Ministério Público e Departamento da Polícia Civil”, explicou Raul Siqueira, controlador-geral do Estado.

O chefe do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública (Caop Saúde), do Ministério Público, procurador Marco Antonio Teixeira, participou da reunião por vídeo. Ele citou o Código de Saúde do Paraná, definido pela Lei 13.331/2001 e pelo Decreto Estadual 5.711/2002 e elogiou a disposição para discussão da situação imposta pela pandemia da Covid-19.

ROTINA – O cidadão pode continuar a usar os canais da Ouvidoria-Geral, por telefone ou internet, para denunciar fura-filas. As informações são triadas, para serem repassadas ao Ministério Público e à Secretaria de Estado da Saúde. O MP encaminhará as denúncias que necessitam de diligências para a Polícia Civil, que se encarregará da investigação dos casos.

“Conseguimos alinhar a forma de filtragem e o encaminhamento das denúncias, bem como a participação de cada órgão até a fase de investigação criminal e punição a quem foi vacinado ou a quem determinou a vacinação de pessoas que não estavam nas prioridades do plano de imunização”, afirmou a delegada Aline Manzatto, da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Saúde. “Nós estamos à disposição para orientar as delegacias de cidades em que os casos ocorreram”.

Até esta quinta-feira (25), foram 511 denúncias, dessas 471 foram encaminhadas ao MP. A defasagem vem justamente da triagem para o envio, pois muitas denúncias não trazem elementos básicos para que possa ser iniciada uma investigação. São 38 que nem cidade informam. Em contrapartida, outras anexam fotos de redes sociais e documentos.

MINISTÉRIO PÚBLICO – O promotor de Justiça Marcelo Maggio, do Caop Saúde, atende Curitiba. Segundo ele, essa união favorece muito, é a convergência de atuação que dará uma resposta resolutiva em benefício da coletividade. “Nesse momento em que as vacinas são escassas é preciso que haja critérios, e trabalharemos para que esses critérios prevaleçam”, declarou Maggio.

A promotora do Caop Patrimônio Público para Curitiba, Luciane Melluso, disse que o Estado deve usar todas as ferramentas que possam colaborar nas investigações. “Nesse primeiro momento, o foco está na saúde pública. Num segundo momento temos que investigar os maus gestores, para aplicação da lei de improbidade administrativa na questão da imunização”, afirmou a promotora.

O Tribunal de Contas também participa com informações dos municípios. “Recebemos mais de 95% dos planos municipais solicitados e outras informações relativas a critérios e transparência, para melhor acompanhar o processo e prestar informações à sociedade”, disse Rafael Ayres, coordenador-geral de Fiscalização do TCE. “Existe controle e o olhar do TCE sobre esse momento, vamos cruzar informações para identificar possíveis incongruências”.

Raul Siqueira também assegurou que o mau gestor será punido. “O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou que buscássemos a união de esforços a fim de se chegar à excelência no serviço público. O objetivo é aprimorar o serviço e dar mais segurança e transparência do processo de vacinação para a população”, garantiu o controlador-geral.

Siqueira disse que se houver servidor estadual envolvido, além do processo criminal, ele responderá a processo administrativo e pode ser demitido ou exonerado.

PRESENÇAS – Também participaram da reunião, pela CGE, o coordenador de Ouvidoria, Yohhan Garcia, o coordenador de Transparência e Controle Social, Matheus Gruber, e a chefe de gabinete, Patrícia Valgrande.

SERVIÇO

Ouvidoria-Geral:

Internet: www.cge.pr.gov.br, na aba OUVIDORIA.

Telefone: 0800 041 1113

E-mail: ouvidoria@cge.pr.gov.br

Whatsapp: (41) 3883-4014.

Fonte:AEN/PR

Governador faz reuniões de emergência com prefeitos do Paraná

 Encontros virtuais foram na noite desta quinta-feira. Objetivo foi alinhar medidas para evitar o colapso na saúde.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior convocou na noite desta quinta-feira (25) duas reuniões virtuais de emergência para discutir o cenário da pandemia da Covid-19 e novas medidas restritivas a serem apresentadas para a sociedade nesta sexta-feira (26). Uma foi com os prefeitos dos cinco maiores municípios do Paraná e a outra com todos os presidentes das associações municipais, que congregam as 399 cidades do Estado.

“É o pior momento da pandemia neste um ano de enfrentamento da doença. A ideia é apresentar para a sociedade um pacote de medidas mais duro nesta sexta-feira para conter o contágio e evitar o colapso na rede de atendimento. Queremos construir um esforço conjunto para frear a curva crescente no Paraná”, afirmou Ratinho Junior. “Não é fácil, é uma decisão dura, mas é do nosso ofício tomar decisões difíceis”.

O governador também destacou que as curvas de infectados e de hospitalizações cresceram muito nos últimos dias, aquém da trajetória da pandemia em 2020. Ele disse que as medidas ajudarão a controlar a contaminação e servirão para ajudar a população, e lembrou que o Estado pode estar sendo impactado pela circulação de novas cepas.

“Serão dias turbulentos, mas as medidas servirão para salvar vidas. Não podemos ter um colapso na saúde. Vamos vencer mais esse momento”, afirmou Ratinho Junior. “Além disso, há muitos jovens sendo internados, o que antes não ocorria, e houve um aumento de 900% na fila de pessoas precisando de leitos hospitalares. É um cenário gravíssimo”.

As medidas ainda não foram detalhadas porque foram alvo de discussão com os prefeitos. O objetivo dos dois encontros foi justamente procurar uma uniformidade de decisões com os executivos municipais e discutir necessidades regionais que precisam constar no decreto estadual. As restrições serão apresentadas definitivamente nesta sexta-feira.

“Precisamos do apoio de todos os prefeitos. A vacina causou uma falsa ilusão de proteção. Ela não chegou na quantidade suficiente, mas trouxe esperança, o que fez com que as aglomerações voltassem e as pessoas relaxassem nas medidas básicas de proteção”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Serão dias de esforço pela frente para que possamos atender as pessoas dentro do nosso quadro de leitos hospitalares”.

CENÁRIO – Nos dois encontros, o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Vinícius Filipak, apresentou um panorama da pandemia. Segundo ele, o Paraná se encontra no pior momento desde o começo do enfrentamento, com viés de piora em todos os indicadores (ocupação de leitos, espera na fila para internação, novos casos e óbitos) se nada for feito para interromper a circulação.

Ele destacou que o Paraná alcançou a marca de 11,3 mil mortos e quase 630 mil infectados, e que a rede de atendimento da Covid-19 nos hospitais conta com 1.271 leitos de UTI para adultos e 1.790 leitos de enfermaria, com ocupação acima de 94% no atendimento que requer intubação. Esse índice está acima da previsão pessimista de evolução.

“Mesmo com o tamanho dessa rede, e o incremento dos leitos do sistema privado, nunca tivemos uma ocupação tão elevada, é o maior número da nossa série histórica. São mais de 3 mil pacientes internados, confirmados ou suspeitos, nesse momento. Nunca o Paraná teve esse número simultâneo”, afirmou.

Filipak também ressaltou que 92% dos pedidos de internação foram atendidos em até 24 horas no Paraná desde o começo da pandemia. Nas últimas semanas, no entanto, quase 20% aguardaram mais de um dia uma vaga na Central de Leitos, o que demonstra aumento da ocupação e do tempo de internamento.  

“Se hoje temos esse número de contaminados, imagina nas próximas semanas. É hora de fazer alguma coisa porque isso terá impacto direto nas internações da semana que vem e da outra. As medidas serão destinadas a reduzir o risco real de contaminação, sob pena de falência integral do sistema de atendimento”, destacou.

Ele também pediu aos prefeitos que ampliem a testagem na população nos próximos dias e destacou que houve uma diminuição muito brusca na estratégia de mapeamento. “Atualmente a média é de 40% de positivos nos testes do Paraná. Isso é inadmissível porque mostra que estamos testando apenas pacientes sintomáticos e perdendo oportunidade de detectar os demais, que estão circulando. Uma testagem ampla deveria significar 8% a 10% de positivos”, arrematou.

REUNIÕES – Participaram da primeira reunião os prefeitos Curitiba (Rafael Greca), Ponta Grossa (Elizabeth Schmidt), Maringá (Ulisses Maia), Londrina (Marcelo Belinati) e representantes da prefeitura Cascavel. Da segunda, participaram os presidentes das 19 associações que congregam os 399 municípios, além da Associação dos Municípios do Paraná (AMP).

Pelo Governo do Estado, participaram o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário de Comunicação e Cultura, João Debiasi; a diretora de Vigilância Epidemiológica, Acácia Nasr; e a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes.

O vice-governador Darci Piana também conversou nesta quinta-feira com os líderes das entidades empresariais representadas no G7 e líderes religiosos.

Fonte: AEN/PR

Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25), durante sua live semanal nas redes sociais, que o valor do novo auxílio emergencial a ser proposto pelo governo será de R$ 250. O benefício, segundo ele, deve começar a ser pago ainda em março, por um período total de quatro meses. 

" A princípio, o que deve ser feito? A partir de março, por quatro meses, R$ 250 de auxílio emergencial. Então é isso que está sendo disponibilizado, está sendo conversado ainda, em especial, com os presidentes da Câmara [Arthur Lira (PP-AL)] e do Senado [Rodrigo Pacheco (DEM-MG)]. Porque a gente tem que ter certeza de que o que nós acertarmos, vai ser em conjunto”.

A expectativa, segundo o presidente, é que os quatros meses complementares de auxílio possam fazer a "economia pegar de vez". “Nossa capacidade de endividamento está, acredito, no limite. Mais quatro meses pra ver se a economia pega de vez, pega pra valer", afirmou. 

O novo auxílio emergencial deve substituir o auxílio pago ao longo do ano passado, como forma de conter os efeitos da pandemia de covid-19 sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais.

Inicialmente, o auxílio emergencial, em 2020, contou com parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil (no caso de mães chefes de família), por mês, para cada beneficiário. Projetado para durar três meses, o benefício foi estendido para um total de cinco parcelas.

Em setembro do ano passado, foi liberado o Auxílio Emergencial Extensão, de R$ 300 (R$ 600 para as mães chefes de família), com o pagamento de quatro parcelas mensais. O último pagamento do benefício ocorreu no final de janeiro. Cerca de 67 milhões de pessoas foram contempladas com o programa. 

A renovação do benefício ainda precisa ser proposta pelo governo ao Congresso Nacional e, em seguida, aprovada pelos parlamentares.

Bares e restaurantes

Durante a live, Bolsonaro também anunciou que o governo deve lançar em breve um programa de adiamento, refinanciamento e parcelamento de impostos e contribuições tributárias (Refis) para o setor de bares e restaurantes.

"Está na iminência de publicar o Refis do pessoal aí dos bares e restaurantes, que estão numa situação bastante complicada", afirmou o presidente.

Com mais de 1 milhão de estabelecimentos em todo o país, que empregam cerca de 6 milhões de pessoas, o setor de bares e restaurantes diz que houve queda de 70% nas vendas ao longo do ano passado. 

Fonte: Agência EBC

Mesmo derrotado pelo São Paulo, Flamengo é campeão brasileiro

 O Flamengo garantiu, nesta quinta-feira (25), o título do Campeonato Brasileiro. A conquista foi alcançada mesmo com derrota de 2 a 1 para o São Paulo, em jogo realizado no estádio do Morumbi pela 38ª rodada da competição.

O time da Gávea (que encerrou a competição com 71 pontos) garantiu o título porque o vice-líder Internacional - única equipe que ainda poderia lhe alcançar na classificação nesta última rodada - empatou em 0 a 0 com o Corinthians em jogo realizado em Porto Alegre, ficando nos 70 pontos.

Desta forma, o Rubro-Negro garantiu seu oitavo título do Campeonato Brasileiro, com conquistas em 1980, 1982, 1983, 1987, 1992, 2009, 2019 e, agora, em 2020.

São Paulo sai na frente

Querendo conquistar uma vitória para não depender do resultado do jogo do Internacional com o Corinthians, o Flamengo começou a partida buscando controlar as ações. E a primeira boa chance surgiu aos 6 minutos, quando Gabriel pegou de primeira de dentro da área após cobrança de escanteio do uruguaio Arrascaeta.

Aos 12 minutos o time da Gávea teve uma nova oportunidade, quando, após a bola ser levantada na área em cobrança de falta por Filipe Luis, Gustavo Henrique sobe muito para cabecear para defesa de Tiago Volpi. Porém, o árbitro já havia interrompido a jogada por falta do ataque rubro-negro.

O Flamengo avança suas linhas e pressiona demais a saída do São Paulo. Quando tem a bola, a equipe comandada por Rogério Ceni valoriza muito a posse, enquanto o Tricolor fica aguardando uma oportunidade de contra-atacar.

Em um destes contra-ataques, o São Paulo tem sua primeira oportunidade. Aos 18 minutos Igor Vinícius recebe lançamento longo na área, mas acaba caindo em disputa com Isla. O é analisado pelo VAR (árbitro de vídeo), mas não é assinalada nenhuma irregularidade.

Aos 33 minutos o Flamengo tem nova chance, quando Arrascaeta tem a oportunidade de cobrar falta da entrada da área. Ele chuta direto na barreira, e a bola sobra para Everton Ribeiro, que manda para fora.

Sete minutos depois, Arrascaeta cobra escanteio, Bruno Henrique desvia de cabeça para a segunda trave, onde Gabriel Barbosa chega com perigo, mas erra a finalização. Chance muito clara de gol.

E o artilheiro do Flamengo tem nova oportunidade aos 45 minutos, quando recebe na direita e acaba se enrolando na hora de finalizar, permitindo que a defesa do São Paulo afaste a bola.

Mas, aos 47 minutos, Tchê Tchê é derrubado na entrada da área. Daniel Alves e Luciano se posicionam para a cobrança. O goleiro Hugo posiciona a barreira para evitar a cobrança direta do camisa 10, mas é o camisa 11 que chuta, do lado defendido pelo goleiro, e marca um belíssimo gol. Com este tento, Luciano se torna um dos artilheiros da competição (ao lado de Claudinho do Bragantino) com 18 gols.

Empate após o intervalo

Não querendo depender do resultado do jogo do Inter (que empatava sem gols com o Corinthians naquele momento), o Flamengo parte com tudo para tentar virar o marcador no Morumbi. Assim, logo no primeiro minuto, Filipe Luís cruza para Gabriel, que tenta uma meia bicicleta, mas a bola vai para fora.

Mas o empate não demora a vir. Aos 5 minutos Arrascaeta cobra escanteio, o zagueiro Gustavo Henrique escora para Bruno Henrique, que marca de cabeça.

Porém, o São Paulo consegue voltar a ficar na frente aos 13 minutos. Hugo Souza erra na saída e entrega a bola para Daniel Alves, que domina no peito e lança em profundidade para Pablo, que bate na saída do goleiro do Rubro-Negro.

Aos 20 minutos o atacante Gabriel sente uma lesão na coxa e é substituído por Pedro, que, dois minutos depois, em seu primeiro lance, faz boa jogada pela direita e cruza para Bruno Henrique cabecear com perigo.

A partir daí o São Paulo adianta suas linhas e começar a trocar passes na área do Flamengo, que parece cansado após tanto esforço na primeira etapa, diminuindo muito o ritmo.

Assim, o time da Gávea só volta a aparecer com perigo aos 45 minutos, quando Filipe Luís encontra Bruno Henrique na área, que chuta para defesa de Tiago Volpi.

A partir daí muito pouco acontece, e o placar permanece inalterado até o fim. Bastou apenas ao Rubro-Negro aguardar o final do jogo em Porto Alegre para comemorar o título.

Vaga na Libertadores

Com a vitória, o São Paulo garantiu a quarta posição da classificação com 66 pontos, garantindo vaga direta para a fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

Fonte: Agência EBC

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

PITANGA - APÓS SE NEGAR A PAGAR O ABASTECIMENTO DO VEÍCULO HOMEM AINDA AMEAÇOU E AGREDIU FUNCIONÁRIO E CAUSOU DIVERSOS DANOS MATERIAIS NO LOCAL

Por volta de 01h10m, a equipe de Polícia Militar de Pitanga foi acionada para comparecer em um Posto de Combustível localizado na Avenida Getúlio Vargas, onde no local, informações davam conta de que o condutor de um veículo abasteceu a quantia de 30 reais e se recusou a pagar, alegando não ter dinheiro.

No local, os policiais realizaram abordagem e em revista pessoal e no veículo onde nada de ilícito foi localizado, sendo que, após a revista o mesmo apresentou a quantia de R$ 175,00 e efetuou o pagamento, referente ao abastecimento, pedindo ainda uma garrafa de água ao frentista e disse que aguardaria no local, alguém para buscar o veículo, pois segundo o mesmo não estava em condições de continuar dirigindo.

Diante do fato, a equipe saiu do local, realizando um ponto base nas proximidades, onde a equipe estando fora da viatura ouviu gritos, barulhos e sons característicos de vias de fato, vindos d local onde a equipe teria atendido a ocorrência.

De imediato a equipe deslocou-se ao local, onde o solicitante encontrava-se imobilizando o autor, onde em conversa com o mesmos este relatou que  após a saída o indivíduo alterou-se com os funcionários, desferindo um socos contra um deles e ameaçando o de morte.

Perante tal situação, a vítima correu para o interior da loja de conveniência, para proteger sua integridade física e resguardar sua vida, o qual foi seguido pelo seu colega de serviço que adentrou no local e trancou a porta, porém o agressor  arrombou a mesma e no interior passou a quebrar uma prateleira de mármore e duas imagens sacras grandes, também quebrou suporte dos freezers de bebida e danificou diversos produtos.

Em dado momento, entrou em luta corporal com um dos funcionários, onde este teve que desferir socos e chutes, a fim de resguardar sua integridade física e repelir a injusta agressão, fato este ocorrido após o agressor ter investir conta ele com socos e fazendo menção de estar armado, levando a mão na cintura. A todo o momento o indivíduo gritava que queria quebrar o computador onde estavam registradas as imagens de câmeras de segurança.

 Diante do fato, a equipe ajudou na imobilização e fez uso de algemas no agressor, conforme decreto, o qual resistiu a todo o momento na sua condução. Chegando na viatura tentou desvencilhar da equipe policial recusando-se a entra no camburão e ainda tentando subornar os policiais.

Perante tal resistência do conduzido em colaborar com as ordens da equipe foi solicitado apoio, sendo deslocado com as partes até a Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Em seguida foi conduzido  os envolvidos até o Hospital São Vicente de Paulo para a confecção do laudo de lesão corporal. 

Fonte: Polícia Militar

 


PITANGA - IGREJA FOI ALVO DE FURTO E VANDALISMO; SACRÁRIO FOI ARROMBADO E HÓSTIAS ESPALHADAS PELO CHÃO

Na manhã de hoje (25), fiéis da igreja Santa Terezinha do Alto da Colina, a qual pertence à Paróquia Sant'Ana foram surpreendidos com uma triste notícia,  a igreja arrombada e o Sacrário violado.

Segundo a Polícia Militar, possivelmente indivíduos adentraram pela janela, onde além da causarem danos materiais, até o momento foi constatado que foi levado um notebook do local, porém ainda está sendo averiguado se algum outro objeto foi levado, uma torneira foi quebrada.



Além de ser violado o Sacrário ainda as Hóstias foram espalhadas no altar,
( Para os católicos,  a Santa Hóstia é o Corpo e Sangue de Cristo, ou seja Jesus vivo presente na Eucaristia, com isso, o Sacrário é o local mais sagrado da Igreja).




A Polícia está investigando o fato.

Da redação/ Sandra Laciuk

Novo lote da vacina CoronaVac chega ao Paraná

 A Secretaria de Estado da Saúde recebeu na noite de ontem (24) uma remessa com 64.800 doses da vacina CoronaVac/Instituto Butantan. Elas chegaram em um voo comercial por volta das 20 horas no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, e em seguida foram levadas ao Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar). A distribuição para as regionais de Saúde começa nesta quinta-feira (25).

As vacinas são destinadas para aplicação da primeira (D1) e da segunda dose (D2) e continuarão a ser direcionadas a profissionais da saúde que atuam na linha de frente de atendimento aos doentes e idosos com mais de 80 anos, conforme especificações do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

É a segunda remessa que chega ao Paraná nesta quarta. Pela manhã outras 102.500 doses da Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca e a Fiocruz chegaram ao Estado. No total, foram 167.300 doses em apenas um dia, totalizando 706.200 entregues ao Estado desde o começo da imunização.

A secretaria estadual da Saúde está preparando a logística de distribuição das vacinas dos dois laboratórios para as 22 Regionais de Saúde.

“É uma operação que envolve várias equipes profissionais. Pretendemos atingir o mesmo resultado dos envios anteriores, lembrando que na primeira entrega de doses da Coronavac o Paraná foi destaque nacional, com a entrega da vacina em todos os municípios em menos de 28 horas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. “Trata-se de uma grande força-tarefa”.

HISTÓRICO – A primeira remessa, com 265.600 unidades da vacina CoronaVac, chegou ao Paraná em 18 de janeiro, no final da tarde. A data marcou o início da campanha de imunização no Estado, após a aplicação na enfermeira Lucimar Josiane de Oliveira, de 44 anos.

No dia 23 de janeiro o Estado recebeu a segunda remessa do Ministério da Saúde, com 86.500 doses da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz. O Paraná ainda recebeu mais dois lotes de doses da CoronaVac: em 29 de janeiro foram 39.600 doses e no dia 07 de fevereiro outras 147.200 unidades. A última remessa possibilitou o começo da vacinação em idosos.

GRUPOS PRIORITÁRIOS – Pelo plano estadual, seguindo a ordenação por grupos prioritários, a previsão é vacinar cerca de 4 milhões de pessoas até maio de 2021. A vacinação ocorrerá de acordo com o recebimento dos imunizantes, de forma gradual e escalonada. Fazem parte dos grupos prioritários, além de profissionais da saúde, indígenas e idosos em Instituições de Longa Permanência (ILPI), os trabalhadores das forças de segurança, da educação, do transporte coletivo, portuários, caminhoneiros e idosos com mais de 60 anos.

Fonte: AEN/PR

Paraná recebe 102.500 doses da vacina AstraZeneca

 O Paraná recebeu na manhã de ontem (24) uma remessa com 102.500 unidades da vacina da Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca, enviadas pelo Ministério da Saúde.

As doses chegaram no Aeroporto de São José dos Pinhais e logo em seguida já foram encaminhadas para o Cemepar (Centro de Medicamentos do Paraná) para o registro, armazenamento em câmara fria com temperatura entre 2 e 8 graus e organização para distribuição entre as Regionais de Saúde do Estado.

O Ministério da Saúde também enviou orientações técnicas relativas à continuidade da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. Segundo o documento, este quantitativo da AstraZeneca corresponde a unidades que devem ser aplicadas como primeira dose (D1), seguindo os grupos incorporados como prioritário pela Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Essas novas doses continuarão a ser aplicadas nos públicos prioritários, de acordo com o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, que segue a mesma linha do PNI, ou seja, continuarão a ser imunizados profissionais da saúde que atuam na linha de frente e idosos com mais de 80 anos.

“Estamos satisfeitos por receber essa nova remessa, mas consideramos que precisamos receber mais doses. Temos conversado e solicitado incessantemente ao Ministério da Saúde a ampliação do número de doses enviadas para o Paraná para darmos vazão a uma imunidade entre os vários grupos estabelecidos para a vacinação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

“Seguimos confiantes no PNI, que é reconhecido como um dos maiores programas de vacinação do mundo, com 47 anos de expertise, com erradicação de doenças importantes como sarampo, poliomielite, varíola em vacinação e será vitorioso novamente neste enfrentamento da Covid-19”, destacou o secretário.

Beto Preto ressaltou, ainda, a orientação transmitida nesta quarta-feira (24) pelo governador Ratinho Junior a todos os gestores municipais para que sejam aplicadas todas as doses da remessa que será enviada nas próximas horas. “A recomendação do Governo do Estado é que as vacinas não fiquem armazenadas e cheguem o mais rápido possível até a população, dentro das faixas etárias previstas”.

DOSES – As doses da AstraZeneca/Fiocruz fazem parte da remessa de 2 milhões de unidades da Índia, que chegaram ao Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). Elas passaram por controle de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) da Fiocruz.

Agora, o Paraná soma 641.400 doses recebidas do Ministério da Saúde. Além do envio desta quarta-feira, o Paraná havia recebido a primeira remessa com 265.600 doses (Coronavac); a segunda de 86.500 (AstraZeneca), a terceira de 39.600 (Coronavac) e a quarta com 147.200 (Coronavac).

Além destas doses da vacina de Oxford, o Paraná deverá receber 64.800 doses da vacina Coronavac/Instituto Butantan referentes a primeira e segunda doses. Elas devem chegar nos próximos dias.

RESTRIÇÃO – O secretário Beto Preto disse ainda que o Estado discute a ampliação de medidas mais restritivas para o controle da Covid-19. “Estamos avaliando, discutindo também com os estados vizinhos de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, para aumentarmos a restrição da mobilidade, verificar ambientes controlados e aglomerações. Tudo que pode ser feito para preservar a saúde da população paranaense está sendo realizado. É um trabalho diário que estamos fazendo, de análise criteriosa do cenário epidemiológico do Estado”, disse Beto Preto.

Opas diz que impacto de vacinas na pandemia vai levar meses

Os casos e mortes de covid-19 nos Estados Unidos (EUA) caíram 30% na última semana em comparação com a semana anterior, e a maioria dos países sul-americanos registra queda em novos casos, mas serão necessários meses até que as vacinas afetem a taxa de infecções, disse a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) nessa quarta-feira (24).

A diretora da Opas, Carissa Etienne, fez um apelo aos governos e fabricantes para acelerar a entrega de vacinas na região, onde 1 milhão de pessoas adoeceram e 34 mil morreram nos últimos sete dias.

Até esta semana, 78 milhões de pessoas foram vacinadas nas Américas, a grande maioria na América do Norte, e apenas 13 milhões na América Latina e Caribe, disse ela.

"Isso não é suficiente e não é aceitável", declarou Etienne, em entrevista coletiva virtual, de Washington.

Para a diretora, um sinal de esperança é oferecido pelo consórcio Covax, liderado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Gavi para fornecer acesso equitativo às vacinas, com centenas de milhares de doses para serem entregues nas próximas semanas aos países que se inscreveram no programa.

A queda nos casos nas Américas foi, em grande parte, impulsionada pela redução de novas infecções nos Estados Unidos, como resultado de medidas de saúde pública mais rígidas, com maior adesão do público e melhor coordenação na vacinação.

Um ano após o início da pandemia, quase 50 milhões de pessoas foram infectadas com o vírus nas Américas, ou o equivalente a quase toda a população da Colômbia, de acordo com a Opas.

“Embora os meios de comunicação estejam relatando grandes quedas nos casos de covid-19, quero enfatizar que certamente não estamos fora de perigo”, afirmou Carissa.

Fonte: Agência EBC

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

BOA VENTURA DE SÃO ROQUE - ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL

Às 09h20min da manhã desta quarta-feira (24) a equipe Polícia Militar estava em patrulhamento pela rodovia PRC-820, em Boa Ventura de São Roque.

Quando em frente à Fazenda Boa Esperança, a equipe se deparou com um acidente de transito envolvendo o veículo Nissan Versa placas de Guarapuava.

Sendo que seu condutor identificado posteriormente como Luciano Fiuza de Cristo, de 39 anos, havia sido arremessado para fora do veículo e encontrava-se com ferimentos.

Foi acionada a Ambulância da Saúde de Boa Ventura de São Roque, onde fizeram o encaminhamento do mesmo ao Hospital do município de Turvo.

Posteriormente a vítima foi encaminha para Guarapuava, mas não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Fonte: Blog do Elói