🔴 RÁDIO PULSAR - SUA RÁDIO CATÓLICA NO CENTRO DO PARANÁ

sábado, 12 de dezembro de 2020

PITANGA – OFERTAS DESTE SÁBADO DO SUPERPÃO COMPRE MAIS

 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

AGORA VOCÊ COMPRA NO SUPERPÃO COMPRE MAIS E PARCELA SUAS COMPRAS EM ATÉ 3 VEZES NO CARTÃO COMPRE MAIS “VÁLIDO 10/12 A 31/12”

JÁ IMAGINOU PARCELAR SUA COMPRA NO SUPERPÃO?Olha só essa super. NOVIDADE pra você encher o carrinho nesse final de ano!

Parcele em até 3x as compras acima de R$100,00 nos cartões COMPRE MAIS.

Mas vem aproveitar que é válido somente até o dia 31/12/2020.

**Serviço válido de 10/12/2020 a 31/12/2020, sujeito à análise de crédito.

 DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Paraná está preparado para a vacinação, afirma governador

O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou nesta sexta-feira (11).

Que o Paraná está preparado para a campanha de vacinação contra o novo coronavírus assim que as vacinas forem aprovadas pelos órgãos reguladores. 

Ele também disse que a imunização respeitará o calendário nacional, que o Estado continua conversando com laboratórios e que tem R$ 200 milhões disponíveis para eventual aquisição, se necessário.

Ratinho Junior ressaltou que o Estado pretende oferecer a vacina a toda a população. 

“Estamos muito organizados. Esse programa precisa de uma série de instrumentos e de uma logística robusta. A Secretaria de Saúde já vem há bastante tempo preparando o Estado para quando aparecer a vacina comprovadamente eficaz e com autorização dos órgãos responsáveis”, disse o governador Ratinho Junior.

 

Ele também frisou que o Paraná está trabalhando com base em orientações técnicas e científicas desde o início da pandemia e que o mesmo se dará em relação à vacinação. 

“Não vamos fazer da vacina um programa eleitoral. Estamos tratando de forma técnica e científica para dar o melhor resultado para a população. Tratamos a pandemia desde o começo com decisões técnicas”, disse.

MATERIAL - O governador citou as estratégias já estabelecidas pela Secretaria de Estado da Saúde, entre elas a aquisição de 11 milhões de seringas e a abertura de registro de preço para aquisição de mais 16 milhões de unidades.

A contratação de mais de 200 câmaras frias e quatro contêineres de 40 pés para armazenamento. 

Além disso há uma preparação de 1.850 salas de vacinações já existentes em parceria com os municípios, e uma licitação de R$ 22 milhões para comprar mais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

“Estamos organizados em termos logísticos e de equipamentos, com agulhas, seringas, câmaras frias e profissionais. E torcendo para que a vacina ou as vacinas venham o quanto antes, independente da bandeira e da origem. Olhamos em cima de uma metodologia. É o compromisso do Governo do Paraná”, disse Ratinho Junior.

VACINAS - O governador também ressaltou que o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) se colocou à disposição de diversos laboratórios de todo o mundo para a transferência de tecnologia e que, existindo garantias de eficiência e segurança de imunização, o Governo do Estado poderá ativar um processo de compra.

Ele citou que o acordo com o Instituto Gamaleya (Rússia) ainda está em vigor e que depende de documentação para ativar o protocolo de fase 3 na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Além disso, o Estado realizou uma reunião em outubro com a Pfizer e vem conversando com outros laboratórios que desenvolvem vacinas, como a Oxford/AstraZeneca e a Coronavac/Butantan.

“O sistema de imunização do País é conduzido pelo governo federal. Não é um laboratório que vai resolver a questão, mas vários laboratórios fornecendo as vacinas para os países. 

Não vamos fazer o paranaense ser cobaia. Vamos aplicar as vacinas cientificamente eficazes. Não serão vacinas políticas, mas com segurança para trazer a imunização necessária”, disse Ratinho Junior.

UNIÃO – O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, afirmou que o Paraná trabalha em parceria com o governo federal e com os municípios diariamente. 

Ele citou que todas as 399 cidades terão acesso ao imunizante e precisam estar preparadas para o momento da vacinação.

“Trabalhamos em alinhamento com o Plano Nacional de Imunização (PNI), criado em 1973 e responsável pela erradicação e atenuação de diversas patologias”, explicou. Ele reforçou o processo de compra de materiais e equipamentos para o processo de vacinação. 

“O Paraná está preparado para toda a logística do material imunibiológico”.

Beto Preto falou que o calendário de imunização respeitará o cronograma nacional e deverá priorizar os trabalhadores de saúde e idosos/grupos de risco, mas não descartou a possibilidade de ações mais ostensivas em áreas de muita circulação e para outros grupos.

“As salas de vacina do Paraná contam com profissionais experientes.

Fizemos uma capacitação em 2019 com 1.200 vacinadores. É uma rede robusta. Também temos expertise de distribuição para todo o Estado. 

Contratamos quatro contêineres refrigerados de 40 pés para armazenamento de 100 mil doses de vacinas cada”, explicou, revelando que o armazenamento será no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar).

ALERTA – O governador Ratinho Junior também destacou que a população do Paraná tem demonstrado respeito e compromisso com o próximo no combate à pandemia. 

Ele lembrou a ativação de 2,8 mil leitos em todas as regiões do Estado desde o começo da pandemia e o esforço ininterrupto de profissionais da saúde das redes pública e privada para ajudar os paranaenses a enfrentar essa crise.

“Temos que agradecer os profissionais de saúde e reforçar a mensagem: continuem se cuidando. Temos que lavar as mãos, passar álcool em gel, usar a máscara e evitar ficar próximos. A vacina ainda é uma esperança. Nesse momento precisamos da colaboração dos jovens. É uma época em que as pessoas costumam se reunir, mas não podemos descuidar”, disse o governador. 

“Ano que vem a gente volta à normalidade e se abraça”.

Ele também citou o decreto que restringe a circulação de pessoas das 23h às 5h e impõe novas medidas para conter o avanço da nova onda de casos. 

“A estratégia utilizada nos últimos dias para controlar a circulação de madrugada tem dado resultado, ajudou a amenizar o estresse no sistema hospitalar. Já registramos uma queda de 35% a 40% de traumas, o que tem ajudado os profissionais da saúde”, concluiu o governador. 

“É uma medida que atende quem trabalha no sistema e alivia a pressão dos policiais para poder assessorar a saúde”.

Confira as medidas que estão em andamento:

- 11 milhões de seringas já adquiridas;

- Registro de preço para aquisição de 16 milhões de seringas;

- 21 câmaras frias já adquiridas e 180 em processo de aquisição;

- Contratação de 31 câmaras frias para armazenamento em parceria com o governo federal;

- 1.850 salas de vacinação aptas, em estratégia com os municípios;

- Possibilidade de ampliação de locais de vacinação com a estratégia extramuros;

- R$ 200 milhões na LOA 2021 para aquisição de vacinas;

- Abertura de processo de aquisição de agulhas;

- R$ 22 milhões para aquisição de EPIs: máscaras, luvas, gorros, avental, algodão;

- Freezers (produção de gelo) e equipamentos de ar-condicionado já adquiridos;

- 4 contêineres refrigerados de 40 pés para armazenamento de 100 mil doses de vacinas cada no Cemepar;

- 17 ª Regional de Saúde já locou um contêiner de 20 pés para armazenamento de 50 mil doses de vacina;

- 4 caminhões refrigerados para distribuição vacinas e possibilidade de aquisição de novos veículos;

- Perspectiva de implantação de câmaras modulares para armazenamento de frios nas 22 Regionais de Saúde;

 DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Manoel Ribas - Menor de 14 anos usuário de drogas, perturba e ameaça de agredir a mãe

No dia 10 de dezembro de 2020, por volta das 10h25min, equipe policial de Manoel Ribas foi acionada pelo Conselho Tutelar, para averiguar uma denúncia de agressão de um menor contra sua genitora.

Com a equipe policial no local juntamente com a equipe do conselho tutelar, foi realizado contato com a solicitante, uma senhora de 46 anos.

Qual relatou que seu filho um adolescente de 14 anos, estaria há dias perturbando o sossego no lar.

Relatou ainda que o menor é usuário de entorpecentes e diversas vezes chega transtornado na residência ameaçando agredir a solicitante.

Diante dos fatos, a solicitante foi orientada quanto as medidas cabíveis.

Fonte: PM

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PARANÁ - Jovem de 21 anos diz que traficava para completar ‘renda familiar’

Policiais da Rotam prenderam uma jovem de 21 anos na noite dessa quinta (10) em Prudentópolis por tráfico de drogas. 

O que chamou a atenção é que a mulher disse que traficava para complementar a ‘renda familiar’, já que o marido estava preso também por tráfico de drogas. 

De acordo com a PM, após denúncias anônimas, por volta das 21h06, a equipe se deslocou até a rua do Lago, no bairro Vila Nova, na entrada de um beco. 

Os policiais abordaram a jovem na rua perto da casa dela. 

Inicialmente ela afirmou que tinha apenas uma pequena porção de maconha para uso pessoal. 

Entretanto, em revista na casa, a PM localizou uma porção de maconha. 

Porém, conforme a polícia, a mulher demonstrou nervosismo e despertou a suspeita da equipe, que passou a fazer uma busca minuciosa. 

Assim sendo, os policiais encontraram uma porção de maconha que pesou 586 gramas, três porções de cocaína que pesaram cinco gramas, outras 11 porções de maconha que totalizaram 174 gramas.

Conforme a PM, as drogas estavam em cômodos separados. A equipe apreendeu também o celular dela. 

A moradora admitiu que vendia drogas para complementar a ‘renda familiar’, já que o marido estava preso também por tráfico de drogas.

Por fim, a polícia prendeu a jovem e a encaminhou para a delegacia local para os procedimentos cabíveis.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

PITANGA – PREÇO BAIXO E NO SUPERPÃO COMPRE MAIS

 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Brasil - investiga 1°caso de fungo fatal super-resistente a medicamentos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) emitiu um alerta nesta segunda-feira (7).

Sobre a identificação de um possível paciente com Candida auris, um fungo super resistente a medicamentos e que pode levar à morte de 30% a 60% dos infectados.

De acordo com a Anvisa, o fungo emergente representa uma grave ameaça à saúde global e foi identificado pela primeira vez como causador de doença em humanos em 2009, no Japão.

No Brasil, não havia relato de nenhum caso de infecção pelo fungo, mas nesta segunda-feira foi notificado à Anvisa o possível primeiro caso positivo em paciente internado em UTI adulto em hospital do Estado da Bahia.

Fonte:G1

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

PITANGA - Natal chegou na Motobike Brukalo, lindas bike para seu filho

Já viu uma criança triste andando de bike??

Arranque um sorriso de seu filho.

Presenteie com bicicletas e triciclos da

MOTO BIKE

Há mais de 20 anos no ramo.

Melhor preço da cidade;

Bicicletas de qualidade;

Parcelamos nos cartões em 10x;

Assistência garantida;

Não perca tempo e garanta a sua.

Rua Rosalvo Petrechen-540

(42)99925-0809

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

CONCERTOS E MANUTENÇÃO DE AR CONDICIONADO - TEMOS UMA DICA ESPECIAL PARA VOCÊ

Hoje queremos falar com você agricultor que passa a mior parte do dia no volante de um trator, colheitadeira, etc.

Neste mês de dezembro inicia o verão, a estação mais quente do ano, a época em que buscamos estratégias para fugir do calor e você aí está sofrendo com o calor, porque seu ar condicionado está quebrado, deixa disso temos a solução para você:

Confie a higienização e ou o concerto do seu ar condicionado para alguém que realmente entende do assunto e o único em Pitanga  diplomado e autorizado pela Rede  FGB.

Atendendo tanto na linha leve quanto na pesada: Maquinas agrícolas, tratores, caminhões, carretas, vans...

Atendendo aos sábados, domingo  e também a noite, uma ótima oportunidade para você que está na correria do dia a dia, é só agendar o seu horário que o técnico irá até você.

Entre em contato pelos telefones: (42) 9 9986-0714 ou (42) 9 9969-5300 e agnde o seu horário.

MORADOR DE MANOEL RIBAS É CONTEMPLADO COM PRÊMIO DO NOTA PARANÁ

Nesta quinta-feira aconteceu mais um sorteio do Prêmio Nota Paraná, e o contemplado com um 1 milhão de reais é morador da região Metropolitana de Curitiba.

Já o  segundo e terceiro  no valor de 200 mil reais, saíram para Curitiba e o outro para Manoel Ribas.

Foram liberados também 20,9 milhões em créditos para os consumidores.

e além destes, ainda foram sorteados mais 100 prêmios de 10 mil reais e mais 40 mil prêmios de 10 reais.

No total o Nota Paraná sorteou 5 milhões - 2,8 milhões para os cidadãos que colocaram o CPF na nota fiscal e mais 2,2 milhões para instituições sem fins lucrativos .

Você que ainda não fez seu cadastro no Nota Paraná é muito fácil, basta acessar o site https://notaparana.pr.gov.br/nfprweb/publico/CadastroConsumidor e realizar o seu cadastro você terá o direito de solicitar o seu cartão, e cada vez que for realizar suas compras você pode solicitar a inclusão do seu CPF na nota fiscal e ainda ter o reembolso do valor do ICMS desta compra, entenda como funciona:

Prêmios:

A cada R$ 200,00 em compras você ganha um bilhete eletrônico. Com ele você concorre a prêmios que vão desde R$ 10,00 até R$ 1.000.000,00, todos os meses.

A cada mês é realizado um sorteio com base na loteria federal, e milhares de pessoas serão premiadas. O primeiro sorteio foi realizado em dezembro/2015, com os bilhetes gerados das compras de agosto/2015. Você poderá conferir seus bilhetes eletrônicos em www.notaparana.pr.gov.br.

Cada bilhete é válido para um único sorteio. Mensalmente são gerados novos bilhetes para o próximo sorteio.  

Todas as suas compras de um mês são somadas para gerar os bilhetes eletrônicos. Assim, se você faz 4 compras de R$ 70,00, totalizando R$ 280,00, o sistema gera 2 bilhetes eletrônicos. Além disto, a primeira compra do mês também gera um bilhete eletrônico, independentemente do valor. Apenas compras abaixo de R$ 10.000,00 geram bilhetes.


Devolução do ICMS:

O Governo devolve 30% do imposto recolhido pelo lojista.

Por este motivo não é possível calcular na hora da compra o quanto você vai ganhar. É uma devolução do imposto; então é necessário aguardar o pagamento ser realizado pelos lojistas para que o governo possa calcular o valor a ser devolvido.

O comércio tem que calcular mensalmente o imposto a pagar. Este valor varia muito mês a mês. Depende de variáveis como o valor total do faturamento, o tipo de produto vendido, o volume de compras no mês, etc. Ou seja, mesmo que você compre o mesmo produto pelo mesmo valor, o valor a ser devolvido muda.

E como se faz o cálculo? Simples:

  • Aguardamos até o terceiro mês depois da compra, para o fechamento e pagamento do imposto pelos lojistas.
  • Calculamos 30% do que foi pago. 
  • Dividimos este valor proporcionalmente entre todos que pediram CPF na Nota.

 

Exemplos práticos:


Exemplo 1:


Você comprou um produto numa certa loja por R$ 1.000,00 e pediu CPF na nota.

Outra pessoa comprou algo na mesma loja por R$ 500,00 e pediu CPF na nota.

 

Todos os outros clientes compraram sem pedir CPF na nota.

O lojista fechou o cálculo do ICMS do mês e pagou R$ 80,00.

 

Cálculo:

30% do imposto que o lojista pagou -> 30% x 80,00 = 24,00 (valor a ser devolvido)

Total de compras com CPF na Nota: -> 1.000,00 + 500,00 = 1.500,00

Seu valor: -> 1.000,00/1.500,00 x R$ 24,00 = R$ 16,00


Valor do outro cliente: -> 500,00 / 1.500,00 * R$ 24,00 = 8,00


Distribuição do ICMS pago pelo lojista:

Estado                                R$ 56,00

Você                                    R$ 16,00

Outro Cliente                      R$   8,00

TOTAL                                  R$ 80,00

 

Exemplo 2, com mais consumidores pedindo CPF na Nota:


Você comprou um produto por R$ 1.000,00 e pediu CPF na nota.

Outra pessoa comprou algo por R$ 500,00 e pediu CPF na nota.

5 pessoas pediram CPF na nota num total de R$ 3.500,00

Todos os outros clientes compraram sem pedir CPF na nota.

O lojista fechou o cálculo do ICMS do mês e pagou R$ 80,00.

 

Cálculo:

30% do imposto que o lojista pagou -> 30% x 80,00 = 24,00 (valor a ser devolvido)

Total de compras com CPF na Nota: -> 1.000,00 + 500,00 + 3.500,00 = 5.000,00

Seu valor: -> 1.000,00/5.000,00 x R$ 24,00 = R$ 4,80

 

Valor do outro cliente: -> 500,00 / 5.000,00 * R$ 24,00 = 2,40

Demais clientes: -> 3.500,00/5.000,00 * R$ 24,00 = 16,80

  

Distribuição do ICMS pago pelo lojista:

Estado                                  R$ 56,00

Você                                    R$   4,80

Outro Cliente                     R$   2,40

Demais clientes                R$ 16,80

TOTAL                                 R$ 80,00

 

Ou seja, mesmo comprando a mesma coisa, seu crédito é menor porque mais pessoas compraram pedindo CPF na nota.

Outra coisa importante a lembrar é que muitas empresas e produtos não pagam ICMS. Assim, há situações em que, independentemente do valor da compra, o Estado não recebe nada e, portanto, não há devolução. Mas em qualquer caso são gerados bilhetes para concorrer aos sorteios. 

Também não importa se sua compra é de um produto que não paga imposto. Se o estabelecimento pagou ICMS, então você entra no rateio e recebe sua parte.

Fonte: notaparaná

Turvo - Caminhão tomba próximo ao Distrito da Palmeirinha

Por volta das 12h00 desta quinta-feira (10), um caminhão de Turvo carregado com grama tombou na PRC-466, próximo ao Distrito da Palmeirinha. 

Segundo informou o motorista Valdir Garcia Corrêa (Dide), ele seguia pela rodovia sentido a Guarapuava.

Quando dois pneus traseiros estouraram e o caminhão veio a tombar. Junto com Dide, estava seu ajudante. 

Eles sofreram apenas pequenas escoriações e estão bem.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Programa de aluguel social do Paraná será exemplo para o País

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse nesta quinta-feira (10), em evento com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, que o governo federal já começou a estudar um modelo para a cessão de casas populares com a cobrança de um aluguel social. O modelo, disse ele, foi inspirado no Viver Mais Paraná, desenvolvido pelo Governo do Estado e pela Cohapar para a população idosa.

Para o cenário nacional, a novidade está dentro do escopo do programa Casa Verde e Amarela, aprovado pelo Senado Federal nesta semana, e pode ser implementada já em 2021.

Segundo o ministro, a ideia é estabelecer parcerias entre o Poder Público e a iniciativa privada para viabilizar obras também nesta modalidade e, com isso, facilitar o acesso da população a moradias de qualidade com custos reduzidos. Nesse caso, a pessoa passa de mutuária a locatária. “A ideia surgiu a partir de uma reunião com a equipe do Governo do Paraná há cerca de um mês e meio. Assimilamos esse projeto e aprovamos a iniciativa”, afirmou Marinho.

Ele complementou que foi encomendado um estudo sobre o assunto, que será executado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e que esse projeto já avançou algumas etapas dentro do Programa de Parcerias Público-Privadas (PPPs). Na reunião da semana passada, o colegiado técnico do governo federal aprovou inclusive a implementação de projetos-pilotos nessa linha pela Caixa Econômica Federal.

“A ideia é apresentar para todo o Brasil, no próximo ano, um modelo que permita desenvolver projetos habitacionais para famílias de baixa renda, no qual em vez de vender o imóvel passamos a alugá-lo por um valor razoável”, disse o ministro.

O governador Ratinho Junior reforçou durante o encontro com a equipe do Ministério do Desenvolvimento Regional que o Estado se dedica a viabilizar a entrada de novos investimentos no setor de habitação popular. Ele citou o Casa Fácil Paraná, aprovado na Assembleia Legislativa neste mês, que é o Casa Verde e Amarela estadual.

“Habitação é uma questão muito importante para o desenvolvimento do Brasil. Temos que comemorar a aprovação do Casa Verde e Amarela e a indicação desse projeto de aluguel social para os outros estados da Federação. Já começamos a troca de informações para fazer a lição de casa dentro daquilo que o ministério determinou”, disse o governador. “O País vai avançar muito nos próximos anos a partir desses novos acordos”.

AGENDA – Também houve nesta quinta-feira uma reunião na sede da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) entre o secretário nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, e o diretor-presidente do órgão, Jorge Lange. Ela se complementa a um encontro anterior em Brasília, ocasião em que o Governo do Estado se colocou à disposição para testar novos modelos de habitação.

“Aguardávamos essa agenda para conhecer as boas práticas do Paraná. Estamos muito satisfeitos porque conseguimos ver que em um curto espaço de tempo conseguiremos fechar uma parceria com o Governo do Paraná para atender a sua população, sobretudo as famílias de mais baixa renda”, disse Santos. “Através de parcerias teremos condições de atender as pessoas sem onerar qualquer um dos entes federativos de forma agressiva, garantindo a sustentabilidade dos programas habitacionais de interesse social”.

A agenda também incluiu uma visita na Tecverde, em Araucária. A empresa paranaense, fundada em 2009, é especialista no uso de uma tecnologia de origem alemã, baseada no uso da madeira, que pode acelerar a construção de casas populares. 

“Estabelecemos uma parceria muito boa com o Ministério de Desenvolvimento Regional. Seremos pilotos de alguns programas que eles estão planejando para o ano que vem e estabelecemos esse compromisso no Viver Mais. O governo federal tem acompanhado nossos programas habitacionais personalizados. A ideia é acelerar os projetos, alcançar mais municípios e reduzir o déficit habitacional do Estado”, complementou Jorge Lange.

VIVER MAIS – O Viver Mais é uma modalidade do programa Casa Fácil Paraná voltada especificamente para a terceira idade. Neste modelo, os imóveis não são doados ou vendidos ao público beneficiado, mas cedidos por tempo indeterminado para que, após a sua desocupação, eles sejam novamente direcionados para o atendimento ao público-alvo.

Já há uma unidade em funcionamento no Paraná, em Jaguariaíva, nos Campos Gerais, e um condomínio será entregue no começo do próximo ano, em Foz do Iguaçu, na região Oeste. A modalidade destinada aos idosos conta atualmente com projetos para atendimento de 21 municípios. Os empreendimentos têm 40 moradias cada, todas adaptadas para o uso dos moradores, em condomínios horizontais fechados com ampla infraestrutura de lazer e saúde.

Os convênios firmados com os municípios preveem contrapartidas das prefeituras que incluem a doação das áreas para a construção dos conjuntos, obras de infraestrutura no entorno e trabalhos de acompanhamento médico e social periódicos no local para os moradores.

Os idosos selecionados pela Cohapar nos municípios podem residir nas casas por tempo indeterminado, sozinhos ou em casais, com o pagamento de uma contrapartida mensal de 15% de um salário mínimo, o que equivale atualmente a R$ 156,75. Após a desocupação, as unidades são direcionadas ao atendimento dos próximos inscritos no cadastro online da companhia, conforme critérios de prioridade de atendimento do programa.

CASA VERDE E AMARELA – O novo programa de habitação do governo federal reúne iniciativas para ampliar o estoque de moradias e atender as necessidades da população. Está dentro do seu escopo melhorias, novas construções, regularização fundiária e financiamentos. Segundo o ministro de Desenvolvimento Regional, ele prevê a construção de 500 mil moradias por ano com prestação de valores menores aos mutuários. O déficit nacional é estimado em 6,35 milhões de unidades.

Fonte: AEN/PR

Paraná - Saúde participa de reunião sobre plano preliminar de vacinação

 A Secretaria da Saúde do Paraná participou nesta quinta-feira (10) de reunião por videoconferência com a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde para discussão do Plano Preliminar Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

O plano vem sendo elaborado desde o mês de setembro, com a participação de técnicos de todos os estados e de representantes de instituições da área da saúde, como Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Conselho Nacional de secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Fiocruz, Instituto Butantan e conselhos nacionais de profissionais, entre outros.

“Ainda não temos a vacina definida pelo Ministério da Saúde, porém o Governo do Estado reforça a posição de que seguirá as recomendações do Programa Nacional de Imunizações, que tem expertise desde a década de 80, com a realização de grandes e importantes campanhas de vacinação em todo território”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

“Neste momento o Paraná também está aberto a negociações com fabricantes das várias vacinas em testes, mas só consolidaremos qualquer tipo de aquisição com o aval da Anvisa”, informou o secretário.

CENÁRIO – O plano preliminar apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde destaca as características da vacina a ser definida. Elas “deve conferir proteção contra a doença grave e moderada, ter elevada eficácia, possibilidade de uso em todas as faixas etárias e grupos populacionais e apresentar tecnologia com baixo custo de produção”.

Segundo o Ministério da Saúde, várias vacinas se enquadram neste portfólio. Hoje existem 48 vacinas em estudo clínico, 11 estão em fase mais avançada de aprovação.

CAMPANHA  - Os objetivos da campanha de vacinação são contribuir para a redução de morbidade e mortalidade pela Covid-19, para a redução da transmissão da doença, vacinar grupos prioritários com maior risco de desenvolver complicações e óbitos pela doença e vacinar populações com maior risco de exposição e transmissão do vírus.

Os critérios para elencar os primeiros grupos a receberem a vacina ainda estão sendo estabelecidos, mas no momento já foi definido que terão prioridade os trabalhadores da saúde, pessoas de 80 anos ou mais, pessoas de 75 e 79 anos e indígenas. Os demais grupos e faixas etárias serão incorporados no decorrer da campanha.

 O MS prevê o início da distribuição nacional dos primeiros lotes, com 30 milhões de doses de vacinas, entre janeiro e março de 2021.

RECUPERAÇÃO – Simultaneamente à elaboração do plano preliminar de vacinação da Covid-19 a Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde recomenda a todos os estados a implantação da estratégia de recuperação do esquema de vacinação atrasado de crianças menores de 5 anos de idade.

Seguindo a orientação, a Secretaria Estadual da Saúde realizou na tarde desta quinta-feira, (10) reunião via online com as equipes das 22 Regionais de Saúde, coordenadores de imunização dos municípios e responsáveis pelas salas de vacinas. Mais de 600 profissionais participaram da capacitação.

Estes profissionais devem estar atentos na recuperação das vacinas em atraso junto aos usuários do sistema de saúde informando, orientando e ofertando as doses disponíveis.

“Temos a oferta de vacinas que protegem contra a difteria, coqueluche, poliomielite, sarampo, caxumba rubéola, meningite meningocócica, hepatite, entre outras, que conferem proteção à criança e que estão distribuídas em toda a rede de saúde”, explicou a chefe do programa estadual de imunização, Vera Rita da Maia.

Na reunião, os profissionais foram atualizados sobre as instruções normativas do Calendário Nacional de Vacinação, farmacologia das vacinas, técnicas para redução de dor na aplicação das doses e questões operacionais do registro de doses aplicadas.

O Paraná tem 1.850 sala de vacina distribuídas nos 399 municípios.

Fonte: AEN/PR

Veja as dezenas sorteadas no concurso 2.326 da Mega-Sena

 Realizado na noite desta quinta-feira (10) em São Paulo, o sorteio 2.326 da Mega-Sena acumula um prêmio de cerca de R$ 34 milhões para os felizardos que acertarem as 6 dezenas. Confira os números sorteados:

10 - 16 - 27 - 34 - 36 - 57


Segundo informou a Caixa, nenhuma aposta acertou as 6 dezenas. A quina, entretanto, teve 55 vencedores - cada um receberá R$ 45.721,34. Já a quadra teve 3.883 vencedores - cada um receberá R$ 925,15.

O sorteio de hoje é o 2º da chamada Mega-Semana de Natal. A Caixa sorteará no próximo sábado (12) outro prêmio, de valor ainda não divulgado. As apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até às 19h do dia do concurso. As apostas custam R$ 4,50 por 6 dezenas em cada bilhete.

Para apostas com mais dezenas, até o limite de 15, o valor individual do bilhete pode chegar a R$ 22.522,50. As chances de acerto para a aposta com 15 dezenas são de 1 em 10.003.

Fonte: Agência EBC

Mais Médicos para o Brasil: divulgada lista de cubanos reincorporados

Lista com os nomes dos profissionais está publicada no Diário Oficial

O Diário Oficial da União publica, nesta sexta-feira (11), portaria do Ministério da Saúde, com a lista dos nomes de médicos cubanos, com os respectivos registros únicos, reincorporados ao Projeto Mais Médicos para o Brasil.

São mais de 350 profissionais que trabalharão em municípios de 24 estados, entre eles, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

O Mais Médicos para o Brasil objetiva o fortalecer o serviço de Atenção Básica do país, a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS), que está presente em todos os municípios e próxima de todas as comunidades.

Veja a Portaria nº 71, de 10 de dezembro de 2020, com a lista dos nomes dos médicos incorporados ao Projeto Mais Médicos para o Brasil.

Fonte: Agência EBC

Da redação/ Sandra Laciuk

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de reinfecção por covid-19 no país

O Ministério da Saúde (MS) confirmou hoje (10) o primeiro caso de reinfecção por covid-19. Segundo a pasta, o diagnóstico ocorreu em uma profissional da área de saúde, de 37 anos, residente em Natal. Ela teve a doença em junho, se curou e teve o resultado positivo novamente diagnosticado em outubro, 116 dias após o primeiro diagnóstico.

Em nota, o MS disse que recebeu, no último dia 9, um relatório do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo da Fiocruz/RJ, referência nacional para a covid-19 no Brasil, com os resultados laboratoriais de duas amostras clínicas de, até então, um caso suspeito de reinfecção da doença pelo coronavírus.

Após análise das duas amostras enviadas ao laboratório houve a confirmação dos resultados via metodologia de RT-PCR em tempo real.

“As análises realizadas permitem confirmar a reinfecção pelo vírus SARS-CoV-2, após sequenciamento do genoma completo viral que identificou duas linhagens distintas", disse o MS por meio de nota.

O ministério disse ainda que o resultado reforça a necessidade da adoção do uso contínuo de máscaras, higienização constante das mãos e o uso de álcool em gel.

Fonte: Agência EBC