sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Mais de sete mil pessoas foram prejudicadas pela chuva no Paraná, diz Defesa Civil


A chuva que atinge o Paraná desde terça-feira (16) causou prejuízos para 7.025 pessoas em 37 cidades do Paraná, segundo o último boletim da Defesa Civil, divulgado no início da tarde desta sexta-feira (19).

As principais ocorrências, conforme a Defesa Civil, foram de vendaval e enxurradas. 

O balanço divulgado na noite de quinta-feira (18) indicava mais de 3,3 mil pessoas foram afetadas em 20 cidades do estado.

Oitenta e nove pessoas ficaram desalojadas e seis estão desabrigadas, segundo o boletim. Ao todo, 342 casas foram danificadas e uma ficou destruída.

A cidade com maior número de pessoas atingidas foi Londrina, no norte do estado, com 2,3 mil moradores prejudicados.

Em Maringá, também no norte, um avião de pequeno porte chegou a virar na quinta com a força do vento, que chegou a 110 km/h.

Um funcionário do aeroclube, que fica ao lado do terminal aéreo, foi até a pista no momento do acidente e ficou ferido. O piloto e um passageiro não se machucaram.

Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná, a sexta-feira ainda deve ser de tempo instável em grande parte do estado, mas o sol deve aparecer entre nuvens neste sábado (20) e domingo (21). 

Em Curitiba, a mínima no domingo deve ser de 10ºC e a máxima de 16ºC.

Da Redação/Maria Farias

Estudo liga 12% das mortes por câncer de mama à falta de atividade física

“Eu não praticava exercícios. Eu fazia de vez em quando alguma coisa, uma caminhada, mas nada regular. E o meu médico, depois que eu tive o diagnóstico do câncer, falou do quão importante é o exercício físico”, diz a professora de Artes Plásticas, Cristiane Daud, de 55 anos, atualmente curada de um tumor de mama. 

“Hoje faço bastante academia, natação e musculação, até de fim de semana.”

O Ministério da Saúde apresenta nesta sexta-feira, 19, um estudo inédito no País que indica que uma em cada dez mortes de mulheres por câncer de mama poderia ser evitada pela prática regular de atividade física (150 minutos por semana). 

A pesquisa ainda liga outros hábitos à ampliação do risco, como o uso abusivo de álcool e dietas com excesso de açúcar.

Os dados foram divulgados no artigo científico Mortality and years of life lost due to breast cancer attributable to physical inactivity in the Brazilian female population (1990-2015), publicado online pela revista Nature. 

O levantamento de informações teve apoio do governo brasileiro e concluiu que 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas, apenas no ano de 2015, se as pacientes realizassem ao menos uma caminhada de 30 minutos por dia, cinco vezes por semana.

Conforme o estudo, com apoio do Instituto de Métricas de Washington (EUA) e recursos da Fundação Bill & Melinda Gates, a atividade física diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação. 

Nesse processo, há redução de situações inflamatórias. “Atividade consome hormônios que sobrecarregam as glândulas mamárias”, explica Fatima Marinho, diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. 

Ela é uma das autoras, ao lado de Diego Augusto Santos Silva, Mark Stephen Tremblay, Maximiliano Ribeiro Guerra, Meghan Mooney, Mohsen Naghavi e Deborah Carvalho Malta.

O problema é maior nas principais capitais e afeta duas em cada três mulheres. Ali, 13,9% delas admitem ser totalmente sedentárias, segundo a pesquisa governamental Vigitel 2017.

 E 51,3% praticam atividade física insuficiente – ou seja, não alcançam os 150 minutos semanais de atividades de intensidade moderada ou 75 minutos semanais de atividades de intensidade vigorosa. Trata-se de uma questão evolutiva. 

Nos primórdios, correr, andar, era questão de sobrevivência. Hoje, para onde se vai, se senta. É um risco que fica bem claro”, diz a pesquisadora.

Para Edison Mantovani, coordenador do Departamento de Mastologia do Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), é importante observar que os casos de câncer entre mulheres estão mais ligados à faixa etária pós-menopausa (entre 50 e 60 anos). 

É quando o desenvolvimento dos tumores deixa de estar ligado aos ovários e passa a ter relação com o tecido gorduroso. Nesse momento, devem ser incentivados os exercícios físicos. “E não é apenas caminhar. É atividade que queime gordura, que resulte em redução de peso.”
Estados brasileiros com melhores indicadores socioeconômicos apresentaram as maiores taxas de óbitos de câncer de mama atribuível à inatividade física – pela ordem, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. 

“Apesar de não aparecerem na lista, o Norte e Nordeste também estão passando por uma transição de mortalidade, ou seja, aumentando o número de óbitos por doenças crônicas”, afirma a diretora do Ministério da Saúde. 

“Na Amazônia, por exemplo, observamos que as pessoas estão deixando de comer açaí e mandioca no café da manhã, trocando por pão branco. Produtos industrializados estão tomando o lugar do peixe”, exemplifica Fátima.

O trabalho ainda indica que outros 6,5% de mortes poderiam ser evitados com controle de peso, dieta reduzida em açúcares e controle do consumo de álcool. 

Ainda faltaria, como aponta Mantovani, investigar melhor as correlações entre os demais fatores de risco. O estudo ainda não leva em consideração os diferentes tipos de tumor e as possibilidades de tratamento. 

“O mais importante, para redução da mortalidade, continua a ser o diagnóstico precoce.” E faltaria considerar elementos do dia a dia (químicas e radiação, por exemplo) e história genética do paciente.

Da Redação/Maria Farias

Jovem, de 25 anos, morreu vítima de infarto em Ivaiporã

A cidade de Ivaiporã ficou enlutada com a morte de um jovem, vítima de infarto. 

Logo pela manhã de sexta-feira, dia 19 de outubro, sexta-feira, fomos informados, pela equipe do Plano Aliança Serviços Funerários.

Que havia falecido, em sua residência, o jovem Rafael Belga Ceccato, aos 25 anos. 

Profundamente enlutada, a família decidiu pele velório nas Capelas Aliança, sala II, e sepultamento no sábado, dia 20 de outubro, no Cemitério local. 

Em nota, os votos de pesar de todos os amigos a familiares pela perda irreparável.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Berimbau

Carro desgovernado invade terreno baldio e duas pessoas ficam feridas em Maringá


O motorista de um veículo, perdeu o controle da direção e invadiu um terreno baldio após colidir contra um muro na manhã desta sexta-feira (19), próximo ao Contorno Norte de Maringá.

De acordo com a Corpo de Bombeiros, além do condutor, outra pessoa estava no carro e ficou ferida. 

Ela já foi socorrida pelos médicos do Samu. 

O motorista ficou preso nas ferragens e precisou ser resgato pelos bombeiros.

Ainda não foi informado o estado de saúde das vítimas nem o que provocou o acidente.

Da Redação/Maria Farias

Família pede ajuda para encontrar caminhoneiro desaparecido de Siqueira Campos.


A família de José Francisco Galvão, o Chiquinho, pede ajuda para localizar o caminhoneiro, de 34 anos, que está desaparecido. 

Seu último contato com os parentes, conforme o relato da irmã da vítima, foi por volta das 23h30 de quinta-feira (18) e, depois disso, ele não respondeu mais. 

A família do motorista é de Siqueira Campos.

A irmã de Chiquinho contou que a empresa em que o homem trabalha, uma transportadora, avisou que um pouco antes da meia noite de ontem (18), o rastreador do veículo saiu do sinal. 

O motorista havia parado no posto Rio Paraná para jantar e dormir e a suspeita é de que tenha sido vítima de um assalto e levado pelos criminosos.

O caminhoneiro trabalha na função há cerca de 10 anos e, na ocasião, havia saído do Mato Grosso com destino a São Paulo, levando uma carga de carne bovina. 

Até o momento, nem o veículo, a carga, ou o homem, foram encontrados.

Nesta manhã (19), a empresa e um familiar de Chiquinho foram para São Paulo para acompanhar a situação de perto. 

Caso alguém saiba do paradeiro do caminhoneiro, pode entrar em contato com os familiares pelos números (43) 99686-7385 (Márcio) e (43) 99863-2544 (Vanda).

Da Redação/Maria Farias

Vigilante da Volvo morre baleado ao tentar salvar vítima de assalto em Curitiba


O vigilante terceirizado de uma empresa fabricante de automóveis morreu baleado dentro do estacionamento da Volvo, na Avenida Juscelino Kubitscheck, no bairro Cidade Industrial de Curitiba, na manhã desta sexta-feira (19). 

A princípio, o caso está sendo tratado como uma tentativa de assalto.

De acordo com a Polícia Civil, três homens estariam envolvidos na ação e tentaram abordar uma mulher, funcionária terceirizada da Volvo, para roubar seu veículo, uma caminhonete, e leva-la como refém. 

No entanto, a vítima reagiu e, percebendo a movimentação, o vigilante foi ao socorro da mulher. 

O homem, de 39 anos, acabou sendo baleado, foi socorrido pelo Siate e pela equipe médica da Volvo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Conforme a assessoria de imprensa da Volvo, o vigilante não estava armado.

Uma testemunha contou que os suspeitos estavam em um carro, modelo Sandero, e que teriam chegado ao estacionamento cerca de 10 minutos antes do crime. 

Após atirar contra o vigilante, os homens fugiram, sem levar nada.

Da Redação/Maria Farias

Adolescente é colocada em carro e abusada sexualmente em Ortigueira


No dia 18 de outubro, de 2018, por volta das 21h45min, a equipe da PM recebeu uma ligação, informando que uma garota estava próximo ao Banco Itaú, na área central da cidade, chorando. 

Ao chegar ao local, se constatou que era uma menor, de 14 anos, e ela relatou que estava sentada na praça, próximo a Igreja Matriz, situada na Avenida Laurindo Barbosa de Macedo.

Quando percebeu a aproximação de um indivíduo moreno, que começou a dizer palavras obscenas e mediante força, obrigou que ela entrasse em seu carro, a levando para um lugar escuro. 

Em seguida, cometeu abuso sexual e a ameaçou, dizendo que se contasse para alguém, iria matá-la. 

O meliante ainda levou a vítima até próximo ao Banco, e a deixou abandonada na Rua. 

Foi feito contato com o Conselho Tutelar e Polícia Civil, e o caso está sendo investigado, mas a moça disse não ter reconhecido quem era o estuprador.   

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Berimbau


Ocorrência da Policia Militar de Pitanga


PITANGA

INFRAÇÃO DE TRÂNSITO/CONDUZIR VEÍCULO SEM CNH: No dia 18 de Outubro de 2018 por volta das 11h15min.

A equipe Policial Militar de serviço durante patrulhamento no Bairro Planalto, quando na Rua Campos Sales, em ação policial foi visualizado um veículo em atitude suspeita.

Onde de imediato foi realizado a abordagem, identificando o condutor como sendo um adolescente de 17 anos.

O qual não possui CNH/PPD/ACC, e o veículo, o qual em consulta no sistema SESP intranet foi constatado que, está sem débitos pendentes e em situação normal. 

Foi entrado em contato com o pai do adolescente, o qual acompanhou os procedimentos na sede da 3ª Companhia PM. 

Diante dos fatos, a equipe Policial lavrou os Autos de Infrações de Transito cabíveis e orientou as partes e liberou o veículo a um condutor habilitado.
 
 Da Redação/Maria Farias


     



Criança de dois anos morre em acidente com carro da família de Tapejara


Uma menina de dois anos, Valentina de Souza Grilo, moradora da cidade de Tapejara, morreu em um acidente com o veículo Vectra da família na noite de quinta-feira, 18, que se chocou de frente com um caminhão, perto de Mandaguari, na região de Maringá. 

A morte da menina gerou comoção nas redes sociais de Tapejara.

O pai, a mãe e uma irmã da menina ficaram feridos e foram socorridos em hospitais de Maringá e Sarandi. A menina, mesmo estando na cadeirinha, teve ferimentos graves e faleceu ao dar entrada no hospital.

O acidente aconteceu por volta das 20h30min. No Vectra, além da criança de 2 anos, havia três adultos e uma menina de 9 anos. A família de Tapejara estava saindo de viagem.

Três vítimas foram encaminhadas para hospitais de Maringá e Sarandi. 

Já uma das passageiras do veículo, Emília Aparecida de Souza Grilo de 43 anos e sua filha de 2 anos de idade, foram encaminhadas por terceiros ao PAM de Mandaguari, porém a criança, mesmo estando na cadeirinha, teve ferimentos graves e faleceu logo após dar entrada no hospital.

O veículo Vectra que tem placas de Tapejara, trafegava no sentido Maringá, quando por motivos desconhecido perdeu o controle da direção e bateu no caminhão que seguia no sentido contrário. 

Um Fiat Pálio que vinha liga atrás, para não bater acabou jogando o carro contra um barranco. Tanto o motorista do caminhão quanto os ocupantes do Palio não se feriram. 

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Plantão Maringá


Acidente deixa uma vítima fatal entre Apucarana e Caixa de São Pedro


Na noite desta quinta-feira (18), um acidente registrado na PR-444.

Que fica nas proximidades do Distrito de Caixa de São Pedro e a Vila Rural Terra Prometida, deixou 4 feridos e um óbito no local. 

Segundo informações, um veículo Vectra de cor preta e com placas de Tapejara, que era ocupada por 4 pessoas.

Seguia sentido a cidade de Maringá, quando acabou colidindo contra um caminhão. 

Com o impacto duas pessoas foram socorridas e encaminhadas ao PAM de Mandaguari, enquanto as outras duas foram levadas pelo SAMU ao Hospital da Providência, em Apucarana.  

Entre as vítimas atendidas em Mandaguari estão Emília Aparecida de Souza Grilo, 43, que foi encaminhada para Maringá com suspeita de fratura no quadril e no baço. 

E infelizmente a filha dela, uma criança de dois anos, entrou óbito.
Da redação/Maria Farias

Fonte: blog do Wellyngton Jhonis

Pitanga registra infração de Trânsito


No dia 18 de Outubro de 2018 por volta das 11h15min, a equipe Policial Militar de serviço durante patrulhamento no Bairro Planalto, quando na Rua Campos Sales, em ação policial foi visualizado um veiculo em atitude suspeita, onde de imediato foi realizado a abordagem, identificando o condutor como sendo um adolescente de 17 anos, o qual não possui CNH/PPD/ACC, e o veiculo, o qual em consulta no sistema SESP intranet foi constatado que, está sem débitos pendentes e em situação normal. 

Foi entrado em contacto com o pai do adolescente, o qual acompanhou os procedimentos na sede da 3ª Companhia PM. Diante dos fatos, a equipe Policial lavrou os Autos de Infrações de Transito cabíveis e orientou as partes e liberou o veículo a um condutor habilitado.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

AÇÃO CONJUNTA TIRA TRAFICANTE DE CIRCULAÇÃO EM GUARAPUAVA


Às 13h30min, de quarta-feira (17.10) uma equipe de policiais militares da ROTAM.

Deslocou em apoio a um investigador de Polícia Civil, até a Rua Imperial, Bairro Morro Alto, para dar cumprimento a um mandado de prisão contra uma mulher (30).

Pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores, expedido pela 1ª Vara Criminal de Guarapuava.

Em data anterior, uma equipe da Polícia Civil já havia cumprido um mandado de busca e apreensão, porém não foi encontrado nada de ilícito. 

Após verificar as denúncias no “181” (disque-denúncia), foi verificado que a mulher guardava as drogas em um terreno baldio, ao lado de sua residência. 

Diante do fato, foi deslocado até o endereço, onde em contato com a filha da suspeita, ela relatou que sua mãe estaria no trabalho, sendo na Avenida Bandeirantes, Bairro Primavera. 

Os policiais localizaram a mulher no referido endereço, sendo dada ciência do mandado de prisão e diante de informações anônimas de que ela estaria comercializando drogas e escondia no terreno ao lado de sua residência.

Foi realizado buscas e encontrado nos fundos do terreno debaixo de alguns entulhos uma sacola plástica e em seu interior duas pedras de substancia análoga a crack que posteriormente pesada totalizou a quantia de 100 gramas (cem gramas).

Em outra sacola plástica três pedaços de substancia análoga a maconha embaladas prontas para o comércio que pesadas totalizou a quantia de 107 gramas (cento e sete gramas). 

Diante dos fatos foi dada voz de prisão a mulher e encaminhada até a 14ª SDP, juntamente com as drogas apreendidas e um veículo VW Gol, cor branca, que era utilizado para entrega de drogas. 

As quantidades de drogas apreendidas dariam para fazer em torno de 700 pedras de crack para consumo.

Fonte: 16º BPM

Da Redação/Maria Farias

Bandidos assaltam ônibus perto de Mamborê


Mais um ônibus de turismo que seguia com destino a Foz do Iguaçu foi assaltado na madrugada desta quinta-feira na região de Campo Mourão. 

O coletivo, que saiu da cidade de Ibaiti (PR), foi interceptado por um veículo longo e de cor preta, na rodovia BR 369, entre Mamborê e Juranda, próximo ao trevo de Boa Esperança.

Pelo menos quatro homens, que estavam no veículo apontaram armas de cano longo ao motorista, obrigando o mesmo a parar. 

Em seguida invadiram o coletivo e renderam todos os passageiros.

Os ocupantes do coletivo tiveram que entregar dinheiro, jóias, relógios, aparelhos de celulares, peças de roupas e sapatos ao bando.  

Em seguida os criminosos obrigaram o motorista a conduzir o ônibus por uma estrada rural, próximo a Boa Esperança, onde todas as vítimas foram trancadas no bagageiro.

Após algum tempo o grupo conseguiu sair do bagageiro e acionou a Polícia Rodoviária Federal, que os encaminhou para a delegacia da Polícia Civil de Mamborê, onde registraram o boletim de ocorrência. 

Os bandidos continuam foragidos.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Tasabendo

Mulher é presa por tráfico de drogas e corrupção de menores, em Guarapuava


Uma equipe da Polícia Civil e da Rotam, da Polícia Militar, prenderam uma mulher por tráfico de drogas e corrupção de menores, em Guarapuava. 

O caso ocorreu na quarta feira (17), mas só foi divulgado hoje (18). 

A mulher foi identificada como Solange, conhecida como Sola. Em 2014, Solange estava presa e, junto de outras detentas, publicou fotos sensuais no Facebook, de dentro da cadeia, em Guarapuava. Na época, o caso ganhou repercussão nacional.

De acordo com informações da polícia, a investigação sobre a mulher estava em curso há meses. 

Em agosto deste ano, a PM chegou a cumprir um mandado de prisão contra a mulher, porém, na época, após buscas na residência de Solange, nada foi encontrado.

Novas investigações da PC indicaram que as drogas comercializadas por Solange ficavam escondidas em um terreno baldio, ao lado do local onde ela mora, no bairro Adão Kaminski.

 Ontem (17), a polícia voltou a procurar a mulher e, no terreno investigado, foi encontrada uma sacola plástica com duas pedras de crack, pesando 100 gramas.

E uma sacola com três pedaços de maconha embaladas, prontas para o comércio, pesando 107 gramas.

Solange recebeu voz de prisão e foi encaminhada, junto a droga apreendida, até a 14ª Subdivisão Policial (SDP) de Guarapuava. 

A PM e a Polícia Civil não informaram se a investigação já tem conhecimento de quais ou quantos menores eram usados no esquema de tráfico em Guarapuava.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: RSN

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

TEMPORAL COM PREJUÍZOS EM LONDRINA


Na tarde desta quarta-feira (17). 

Um temporal que passou por Londrina e algumas outras cidades da região norte do PR.

E acabou provocando estragos. 

Em uma das situações a estrutura de um posto acabou ficando destruída.

E parte veio a cair sobre um veículo. 

Houve quedas de árvores e destelhamentos. 

Apesar dos prejuízos não há relatos de pessoas feridas.
Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Wellyngton Jhonis


Batida entre caminhão e veículo de Lunardelli em Jardim Alegre


A Polícia Rodoviária do Porto Ubá, em Lidianópolis foi acionada, neste dia 17 de outubro.

Para atender um acidente no trevo principal de Jardim Alegre, Rodovia PR 466. 

Ficou constatado que era uma batida envolvendo um caminhão e um veículo de passeio, um Renault Sandero, com placas de Curitiba.

Era dirigido pela filha do ex-prefeito de Lunardelli, Wilson Machado, a jovem Gisele Machado, de 36 anos.

Quando colidiu com a carreta que pertence a uma empresa de Ivaiporã.  

O acidente provocou danos materiais e ferimentos leves.  

Além da Polícia Rodoviária, Bombeiros de Ivaiporã, estiveram no local.  
Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Berimbau

Criança encontra cabeça de pedreiro degolado em área rural da Grande Curitiba


A cabeça do corpo degolado achado na área rural de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, foi encontrada na tarde desta quarta-feira (17). 

Ela estava a poucos metros de onde o cadáver havia sido localizado na manhã de ontem, na altura da Rua João Gusso, no Morro Grande.

Corpo sem cabeça encontrado na RMC é de homem que desapareceu no sábado.

Moradores da área passaram por ali para mostrar para uma criança onde o corpo tinha sido encontrado e ela mesma se deparou com a cabeça, que estava escondida no meio do mato. 

Ontem os policiais podem ter tido uma maior dificuldade, talvez, porque estava chovendo na hora e a localização ali é bem complicada, comentou o soldado Alves, da Polícia Militar (PM).

O Instituto de Criminalística foi acionado para realizar a perícia no local. Mais cedo, o corpo já havia sido identificado como sendo de Edivaldo Dias, de 47 anos, trabalhador do ramo da construção civil.

Familiares e amigos estavam à procura de Dias desde sábado (13), a última vez que ele foi visto. 

Um dia depois, diversas mensagens nas redes sociais pediam ajuda para compartilhar a foto do homem.

Investigações

Durante a perícia realizada nesta terça, a polícia informou que não tinha vestígio de projéteis no local, o que pode indicar que Dias tenha sido morto em outro momento e a região tenha sido usada apenas para a desova do corpo.

A Polícia Civil continua a investigar o caso.

 Da Redação/Maria Farias

Carreta tomba e deixa soja espalhada na pista em Ibiaçá


Uma carreta bitrem carregada de soja tombou, no fim da tarde desta terça-feira (16), em Ibiaçá. 

O acidente ocorreu na ERS 467, no Trevo das Três Porteiras.

De acordo com as informações da Brigada Militar, o motorista trafegava pela ERS-126 no sentido Sananduva/Ibiaçá. 

Ao converter e ingressar na rodovia que dá acesso ao município, o motorista perdeu o controle do veículo e tombou na margem oposta da pista.

Com a queda da carga, a rodovia ficou coberta de grãos de soja. 

O motorista não se feriu.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Rádio Tapejara

Mulher é agredida com garrafadas em Bom Sucesso


Por volta das 14h30 de terça-feira (16) após diversas ligações, relatando que estaria acontecendo vias de fato na Rua Delegado Pedro Silveira.

A equipe policial foi até o Hospital Municipal onde uma mulher de 43 anos deu entrada com um ferimento grave na face, pescoço e peito. 

A vítima relatou que um homem de 38 anos, sem motivo aparente, desferiu uma garrafada em sua face, ocasionando as lesões, que necessitou de 23 pontos, sendo 15 na face, cinco no peito, dois no pescoço e um na orelha.

A mesma ainda relatou que para se defender empurrou o braço do autor, e com isso o mesmo se feriu com a garrafa, sendo necessário levar 3 pontos. 

O autor recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com a vítima para a Delegacia de Jandaia do Sul para as devidas providências. 

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Jandaia Online.

Motorista de caminhão é assaltado e perde R$ 1 mil em Campo Mourão


O motorista de um caminhão furgão, de 52 anos, foi assaltado enquanto fazia entrega ontem à tarde no jardim Santa Cruz, em Campo Mourão. 

Dois bandidos usando arma de fogo, possivelmente um revólver, abordaram a vítima na rua Pedro Hruschka.

De acordo com o motorista, os criminosos estavam usando uma motocicleta Honda/Titan 150, de cor preta. 

Após o roubo, a dupla saiu em direção ao conjunto Moradias Avelino Piacentini.

A Polícia Militar foi acionada, realizou patrulhamento pelas proximidades, mas não localizou os bandidos.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Ta sabendo

Homem que pintava prédio morre eletrocutado em Engenheiro Beltrão


O funcionário de uma empresa terceirizada realizava a pintura de uma agência bancária quando sofreu uma descarga elétrica e morreu na manhã de quarta-feira (17) em Engenheiro Beltrão.

Segundo a Polícia Militar, o homem estava no alto do prédio da agência quando encostou em alguns fios de alta tensão. 

Ele sofreu uma descarga elétrica muito grande, e chegou a ser socorrido pelas equipes do Samu e Aeromédico da cidade, além do Corpo de Bombeiros de Campo Mourão, mas não resistiu.

O corpo da vítima, identificado como Marcelos Antunes dos Santos, de 47 anos, foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Campo Mourão. 

Equipes da Polícia Militar e Civil realizaram o isolamento do local.

Com informações da CATVE.


Defesa Civil emiti alerta de temporal para região noroeste do Paraná


A Defesa Civil do Paraná emitiu um alerta de chuva intensa, com raio, vendaval e possibilidade de granizo na região noroeste do estado. 

O alerta foi emitido no final da manhã desta quarta-feira (17) e é válido para as próximas horas.

A orientação é para que as pessoas procurem um local protegido para se abrigar. Além disso, é essencial ficar alerta para a possibilidade de alagamentos em pontos mais baixos da cidade.

De acordo com o instituto de meteorologia Simepar, o deslocamento de tempestades, do Paraguai para o Paraná, é rápido e já atinge várias cidades dos setores oeste e do sudoeste. 

As pancadas de chuva são fortes e acompanhadas de muitos raios nessas áreas do Estado. 

Nas próximas horas segue com tempo muito instável e as condições meteorológicas mudam em mais municípios.

Fonte: O Bemdito

Pitanga: Acidente com Ônibus escolar e Caminhão deixa feridos


Agora pouco, um acidente próximo do Ginásio de esportes deixou pelo menos cinco feridos.

O acidente foi em um cruzamento, envolveu um caminhão e um ônibus de transporte escolar.

Equipe dos bombeiros no local.

Cinco alunos encaminhados para o hospital de Pitanga, sendo que três estão com ferimentos leves, outros dois não se feriram.
Daqui a pouco mais informações.

Da Redação/Maria Farias

O prazo final para evitar que o benefício seja bloqueado ou suspenso encerra no dia 31 de dezembro deste ano.


Segundo a superintendente de assistência social da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Alzenir de Fátima Sizanoski, é fundamental que os municípios estejam comprometidos em orientar a população sobre o prazo para o cadastro, e fazer a busca ativa das pessoas que têm direito ao benefício.

“O benefício é uma garantia de dignidade às pessoas que não possuem outras fontes de renda. Por isso precisamos alertar quanto às novas exigências para que nenhuma delas fique sem receber”, afirma a superintendente. 

Segundo ela, mesmo quem já possui o cadastro deve atualizar os dados a cada dois anos ou sempre que houver modificação na família, como alteração na composição familiar ou mudança de endereço.

DOCUMENTOS - Para atualizar o cadastro, é preciso comparecer a um dos 569 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do Estado. Caso o beneficiário tenha dificuldade para deslocamento, o procedimento pode ser feito pelo responsável familiar. Os documentos necessários são o CPF e o título de eleitor. Comprovante de endereço, como conta de luz, e matrícula escolar de jovens de até 17 anos na família não são obrigatórios, mas facilitam o cadastro. Para os indígenas, o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani) também serve como documentação.

A regularização do cadastro permite o acesso a outros programas socioassistenciais, como o Família Paranaense, Luz Fraterna, Tarifa Social, dentre outros. Quando o Cadastro Único deixa de ser atualizado em um período de cinco anos, é excluído.

CRITÉRIOS – Previsto na Lei Orgânica de Assistência Social (Lei Federal 8742/93), O Benefício de Prestação Continuada concede um salário mínimo mensal para pessoas com mais de 65 anos ou com deficiência de qualquer idade que comprovem incapacidade para trabalhar e se manterem independentes. Para requerer o benefício, a renda per capita da família não pode ultrapassar um quarto de salário mínimo (menos de R$ 238,50).

DIREITO DO IDOSO – Segundo a coordenadora estadual da Política da Pessoa Idosa, Fabiana Longhi, o BPC garante alimentação, medicamentos e moradia e auxilia, em especial, pessoas idosas que não possuem aposentadoria. “A concessão do benefício também está determinada no artigo 34 do Estatuto do Idoso. Para receber, não é necessário ter contribuído ao INSS. Mesmo assim, muitas vezes, o benefício deixa de ser concedido porque as pessoas não sabem que têm direito”, diz Fabiana.

PARANÁ – Em julho deste ano, havia 205.908 pessoas idosas e pessoas com deficiência recebendo o Benefício. Desse total, 72% possuem Cadastro Único e 56.728 ainda precisam fazer a inscrição no banco de dados. A maioria dos beneficiários (55%) são pessoas com deficiência e os demais são pessoas idosas.

O Cadastro Único é uma ferramenta informatizada que identifica e caracteriza as famílias, além de fornecer um diagnóstico da realidade socioeconômica da população. 

Nele, são registradas informações como características da residência, identificação pessoal, escolaridade e situação de trabalho e renda. 

Também são identificadas as pessoas situação de risco e vulnerabilidade social, e aquelas que necessitam de atenção especial do poder público, como idosos e pessoas com deficiência.

Fonte: AEN



Ouça a Impactus FM