Ouça a Impactus FM

sábado, 2 de junho de 2018

Ex-prefeito de União da Vitória morre em acidente em rodovia catarinense


Um grave acidente envolvendo um veículo de União da Vitória foi registrado na manhã deste sábado, dia 02 de junho, por volta das 06 horas, na rodovia SC-418, na Serra Dona Francisca. 

O condutor do veículo era Fernando Bohrer, ex-prefeito de União da Vitória que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com informações, o acidente ocorreu na altura do KM 30, na cidade de Joinville.

O veículo Ford/Ka acabou colidindo em um caminhão. 

O motorista do caminhão não sofreu ferimentos, mas estava em estado de choque.

Fernando Bohrer tinha 65 anos de idade e foi prefeito da cidade de União da Vitória entre os anos 1991 e 1992, após a renúncia do então prefeito Mário Riesemberg. 

No ano de 2002, ele foi eleito vereador em União da Vitória e concorreu à reeleição em 2008, mas não conseguiu se reeleger.

Da Redação/Maria Farias



Acidente entre caminhão e veículos deixa 6 feridos entre Pitanga e Manoel Ribas


Um acidente por volta das 12:00hs desse sábado .

A batida ocorreu na rodovia PR-466, nas proximidades do entreposto da Coamo,no Bom Retiro em Pitanga.

O acidente foi entre um caminhão e três veículos de passeio.

Segundo informações apuradas no local, no momento do acidente havia muita neblina na rodovia.

E um veículo de passeio tentou forçar uma ultrapassagem, um caminhão Mercedes-Benz modelo Atego, 2429, placas MJJ-0755.

Que seguia no sentido contrário, tentou evitar a batida e na manobra o caminhão acabou tombando.

O caminhão, carregado com açúcar, era conduzido pelo motorista Vinicius Ribeiro, 19 anos,ele não teve ferimentos graves.

Outros três veículos que seguiam na estrada, também não conseguiram desviar a tempo e acabaram se envolvendo no acidente, um veículo Gol vermelho, placas AUZ-1503 de Joinville (SC), um Crevrolet Ômega, placas FAZ-0110 de Boa Ventura do São Roque (PR) e um Fiat Palio, vermelho, placas DVN-9049 de Pinhais (PR).

Equipe do Corpo de Bombeiros de Pitanga, com o apoio da equipe da Secretaria de Saúde de Pitanga fizeram o atendimento no local do acidente.

E quatro vítimas, sendo dois homens e duas mulheres foram encaminhados ao Hospital São Vicente de Paulo de Pitanga.

Quatro pessoas tiveram ferimentos leves, sendo duas graves.

Ainda não informações dos nomes dos envolvidos.

Da Redação/Maria Farias

Ladrões atiram em ônibus durante assalto na PR-158, em Campo Mourão


Um ônibus que seguia de Londrina, no norte do Paraná, para Foz do Iguaçu, no oeste do estado, foi assaltado na noite de sexta-feira (1º), em Campo Mourão, no centro-oeste paranaense. 

Durante o roubo, os ladrões atiraram no veículo.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a situação ocorreu por volta das 23h no quilômetro 215 da PR-158.

As vítimas – um motorista, uma guia e 13 passageiros – relataram que um carro chegou perto do ônibus e atirou várias vezes.

Conforme a PRE, ao menos três disparos atingiram o veículo – um pneu foi estourado e a lataria teve duas perfurações na altura do bagageiro. 

O motorista foi obrigado a parar e dois ladrões encapuzados entraram no veículo.

Os criminosos foram descritos como jovens e exibiam, cada um, uma arma – um revólver e uma pistola, segundo os relatos das vítimas.

Foi roubada uma quantia não divulgada em dinheiro, além de objetos pessoais das vítimas. 
De acordo com a PRE, ninguém ficou ferido durante a ação, que foi comunicada cerca de 20 minutos após a abordagem.

Os passageiros registraram queixa na Delegacia de Campo Mourão e seguiram viagem. 

A PRE realizou rondas na região, mas os suspeitos não foram localizados.

Da Redação/Maria Farias


Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias e custará R$ 0,04 a mais a partir de hoje 02/06/2018


A Petrobras aumentou hoje (2) em 2,25% o preço da gasolina em suas refinarias.

De ontem para hoje, o litro do combustível ficou 4 centavos mais caro, ao passar de R$ 1,9671 para R$ 2,0113, de acordo com a estatal.

Em um mês, o combustível acumula alta de preço de 11,29%, ou seja, de 20 centavos por litro, já que em 1º de maio, o combustível era negociado nas refinarias a R$ 1,8072.

O preço do diesel, que recuou 30 centavos desde o dia 23 de maio, no ápice da greve dos caminhoneiros, será mantido em R$ 2,0316 por 60 dias.


Da Redação/Maria Farias

Caminhão tomba na Rodovia PR-487 com carga de pneus em MANOEL RIBAS


 No dia 1º de junho, de 2018, às 16 horas, de sexta-feira.

Os agentes da Defesa Civil, de Manoel Ribas, Sargento Márcio Rodrigues, Boaski e Cordeiro, foram acionados para prestar socorro a um motorista.

Que tombou um caminhão na Rodovia PR 487, no km 306. 

Ao chegar no local, os Bombeiros e a Polícia Rodoviária, constataram que o veículo de carga era um Caminhão Mercedes Benz, modelo 709, vermelho, com placas AEA-4748, de Campo Mourão.

Carregado com pneus e conduzido por José Carlos Jardim, de 61 anos. 

Apesar dos danos, o motorista sofreu apenas ferimentos leves. 


Fonte: Berimbau
Da Redação/Maria Farias

Assaltantes foram presos após roubar um malote em Prudentópolis

Dois assaltantes foram presos pela PM, depois de realizar um roubo a um malote em Prudentópolis, nesta sexta (01), na esquina entre a R. Afonso Pena e R. Domingos Luís de Oliveira.

Uma viatura em patrulhamento pela cidade foi avisada por populares do assalto, onde foi indicado para o lado que os assaltantes fugiram e de imediato um deles foi localizado.

Foi dada a voz de abordagem, que não foi obedecida, onde ele fez movimento brusco e de estar armado, como para proteger a integridade dos policiais e das pessoas próximas foi realizado dois disparos em direção ao assaltante, que de imediato deitou no chão e obedeceu a abordagem.

E com ajuda da população, de imediato se conseguiu a prisão do outro assaltante, onde a informação que ele estaria escondido em uma oficina próximo ao local.

No local os policiais encontraram somente o proprietário em estado de choque, pelas ameaças realizadas pelo assaltante.

Mais foi a outra equipe conseguiu a realizar a prisão, sem reação do mesmo.
Ambos já têm várias passagens pela polícia.

Uma arma calibre 32 com a numeração raspada e mais duas munições calibre 32 não deflagradas foram apreendidas.

O malote e o celular da vítima foram recuperados e os assaltantes e os objetos apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Prudentópolis.

Da Redação/Maria Farias


sexta-feira, 1 de junho de 2018

PRF apreende mais de R$ 1 milhão em medicamentos proibidos em Balsa Nova (PR)


Policiais rodoviários federais encontraram 39,9 mil remédios no porta-malas de um carro abordado na BR-277, em Balsa Nova (PR)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 39.919 unidades de medicamentos proibidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na madrugada desta sexta-feira (1°) em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba.

Com valor total de revenda estimado em mais de R$ 1 milhão, a carga ilícita era transportada dentro do porta-malas de um automóvel Renault Logan.

Entre os medicamentos apreendidos pela PRF estão anabolizantes, estimulantes sexuais e emagrecedores. Ao menos duas das marcas de remédios encontradas no veículo apresentam fortes indícios de falsificação.

A PRF abordou o carro por volta das 2h30 da madrugada, na BR-277, em frente à Unidade Operacional São Luiz do Purunã.

O motorista, de 29 anos de idade, foi preso em flagrante. Ele responderá pelo crime previsto no artigo 273 do Código Penal, que prevê pena de dez a 15 anos de prisão para quem importa, distribui, vende ou entrega medicamentos falsificados ou sem registro na Anvisa.

Dentro do carro, também foram apreendidas 395 unidades de suplementos alimentares.

Em um dos potes de suplemento, as equipes da PRF encontraram ainda quatro sacos plásticos com um pó branco, sem identificação. Um narcoteste preliminar feito pelos policiais rodoviários federais apontou resultado positivo para anfetamina.

As equipes da PRF levaram cerca de três para fazer uma contagem prévia de todos os itens apreendidos.

Aos policiais, o preso disse que saiu de Foz do Iguaçu (PR) e que levaria a carga ilícita para São Paulo (SP).

A PRF encaminhou a ocorrência para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba


Da Redação/Maria Farias

CASAL É PRESO POR CONTRABANDO E DESCAMINHO EM PITANGA


Às 12h15min, do dia 30.05 (quarta-feira), uma equipe de policiais militares em patrulhamento pela PR 466, visualizou um veículo GM Classic, cor preta.

Em atitude suspeita, sendo tentado abordar o mesmo através de sinais sonoros e luminosos, o qual não acatou a ordem e empreendeu fuga pela marginal paralela à rodovia. 

Foi realizado acompanhamento tático e bloqueios, sendo obtido êxito em abordar o veículo na Rua da Liberdade, sendo identificado o condutor como um homem (20) e a passageira como uma mulher (25). 

Em busca veicular foram encontrados 391 caixas de cigarros contrabandeadas, certa quantia em dinheiro e um caderno com anotações e controle da venda de cigarros. 

Diante dos fatos o veículo, cigarros e objetos foram apreendidos e os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Guarapuava.

Às 12h20min, do dia 31.05 (quinta-feira) uma equipe de policiais militares deslocou até a Travessa João Novelin, Centro, após levantamento em continuidade ao Boletim de Contrabando e descaminho.

Conseguiu localizar a casa onde o casal envolvido residem, pois, os mesmos se negaram a contar o seu endereço verdadeiro quando foram presos com seu veículo carregado de cigarros contrabandeados. 

No endereço a equipe visualizou do lado de fora da casa um pé de maconha, plantado em um vaso e também várias caixas vazias de cigarros no quintal. 

Foi feito busca domiciliar e no interior da residência foram encontrados um total de 750 pacotes de cigarros contrabandeados de diversas marcas. 

Também localizado uma quantidade de 28,7 gramas de substância análoga à maconha, comprovantes de depósito, extratos bancários e um cartão bancário em nome dos envolvidos, três aparelhos celulares e certa quantia em dinheiro. 

No local, foi arrolado um casal como testemunhas, os quais são vizinhos e confirmaram que os envolvidos residem naquele local. 

Em contato com o agente da Policia Federal, o mesmo orientou que todos os objetos e cigarros apreendidos fossem encaminhados para a 45º DRP e que posteriormente viriam buscá-los.

Dessa forma foi entregue o material apreendido na Delegacia local.

Da Redação/Maria Farias

Núcleo regional de Pitanga comunica o retorno das aula na rede Estaduais e Municipais a partir do dia 04/06/2018

Da Redação/Maria Farias

Caminhoneiro morre em acidente em rodovia paranaense em Arapoti


Um caminhoneiro morreu em um acidente na PR-092 no município de Arapoti, na manhã desta sexta-feira (1). 

A vítima conduzia um Scania/G-420 com placas de São José da Boa Vista. Ele teria desviado de um carro que fazia uma ultrapassagem e caído em um barranco próximo ao trevo de Arapoti.

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Jaguariaíva chegaram a prestar socorro, mas o motorista já estava morto. 

O corpo foi retirado das ferragens e encaminhado ao Instituto Médico Legal de Ponta Grossa (IML).

O caminhoneiro foi identificado como João Gomes de Almeida, de 25 anos. 

Ele era morador do município de Wenceslau Braz.

As imagens são de A Voz do Povo de Arapoti.

Da Redação/Maria Farias




quinta-feira, 31 de maio de 2018

Postos recebem combustíveis mais são obrigados a fechar e a não vender em Pitanga


Pelo menos dois Postos de Combustíveis do Município de Pitanga receberam combustíveis na manhã desta quarta-feira, 30 de maio de 2018.

mais foram impedidos de vender e ainda obrigados a fechar as portas por centenas de pessoas entre comerciantes, professores, agricultores e outras, que realizaram uma manifestação/passeata pelo centro da cidade durante a tarde.

E quando souberam que os dois postos estariam vendendo combustíveis e já se formava uma grande fila de veículos em ambos os postos em busca do abastecimento, os mesmos seguiram até eles e os obrigaram a fechar as portas e a pararem de abastecer.

Até mesmo alguns veículos que já haviam chegado às bombas, foram obrigados a sair e sem atendimento.

Após estas ações, os manifestantes seguiram a pé seguidos de poucos veículos até a Rodovia PR-466, aonde se encontravam os caminhoneiros que ainda estão paralisados em prol da Greve dos Caminhoneiros que atinge todo o País.

Equipes da Polícia Militar acompanhou a todo o tempo da manifestação que ao chegar na Rodovia que por sinal foi fechada por pelo menos uma hora.

Se encontrava equipes do Batalhão de Choque dando assistência e atentos a qualquer desordem.

Da Redação/Maria Farias

Carreta tomba entre Lunardelli e Jardim Alegre e motorista ficou preso nas ferragens


Um grave acidente foi registrado entre Lunardelli e Jardim Alegre, próximo a Pouso Alegre.

Equipes da Polícia Rodoviária do porto Ubá do foram acionados para se deslocar ao local, nessa manhã de quinta-feira 31 de maio, de 2018. 

Conforme relatos houve o tombamento de um carreta com danos de grande monta, deixando o motorista preso nas ferragens. 

Equipes do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã foram acionados, além da equipe do SAMU e PM de Lunardelli. Foi  registrado  imagens da situação, que seria um tombamento de um carreta Volvo modelo 12.360, vermelha, com placas AGB-7781, de Turvo.

Carregada com compensado de madeira, as vítimas sofreram ferimentos médios e foram encaminhados para hospitais da região. 

Moradores da redondeza falaram com nossa reportagem e pediram providências na curva que já foi palco de inúmeras tragédias. 

Estiveram no local o Tenente do Corpo de Bombeiros e o Sargento Barreto da polícia rodoviária do Porto Ubá. 

Nomes das vítimas ainda não havia sido divulgado. 

A polícia apura o que exatamente ocorreu. 
Fonte: Wellington Jhonis

Da Redação/Maria Farias

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Polícia Militar realizando” Operação Desbloqueio". O objetivo é liberar rodovias e permitir a passagem de veículos de carga e outros em Pitanga

  • Da Redação/Maria Farias
  • Videos: Paulo Wolf

Explosão de caminhão-tanque deixa dois feridos e assusta moradores na RMC


Duas pessoas ficaram feridas, na tarde desta terça-feira (29), após uma explosão de um caminhão-tanque em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. 

O incidente aconteceu atrás da Copagaz e assustou moradores da região.

De acordo com testemunhas, a explosão ocorreu durante uma solda do veículo, na Rua Édson Queirós. 

Com a situação, dois funcionários ficaram feridos e precisaram ser atendidos pelo Siate.

 Um deles chegou a quebrar a perna com o impacto.

O coordenador da Defesa Civil de Araucária, Lawrence Casagrande, explicou que a explosão aconteceu dentro de uma área que concentra cinco empresas.

"Aparentemente um resíduo de gás ocasionou o incidente. Rapidamente o Corpo de Bombeiros isolou a área e fez o controle”, disse.

Da Redação/Maria Farias


Após 10 dias de paralisação, rodovia PR-466 em Turvo, foi liberada nesta manhã


Os caminhoneiros e agricultores que estão protestando há 10 dias, contra o aumento dos combustíveis, começam a desbloquear as rodovias. 

Em Turvo, a concentração dos caminhoneiros fica na rodovia PR-466 KM 220, na entrada da Rodovia João Maria de Jesus, que liga a Faxinal da Boa Vista e a empresa Ibema. 

Agora pela manhã, o caminhoneiro Dair, que está no movimento, informou ao que a polícia chegou por volta das 06h30, e pediu a que a pista fosse liberada, eles entraram em um acordo e a pista foi liberada. 

Os caminhoneiros de Turvo agradecem a população e o comercio da cidade que os apoiaram todos esses dias com alimentos, água e tudo aquilo que eles precisavam.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Elói

terça-feira, 29 de maio de 2018

Agora: Homem é hospitalizado em Pitanga após tiro na cabeça


A Polícia Militar recebeu informações, que por volta das 21:40h de hoje, um rapaz efetuou um disparo de arma de fogo na própria cabeça no Bairro Maristela.

Segundo informações, Edson Marcos Barbosa teria brigado com a esposa e atirou na própria cabeça. 
Ele foi socorrido pelo corpo de bombeiros e encaminhado para o hospital em Pitanga.
Permanece sedado, não corre risco.
Da Redação/Maria Farias


Pitanga recebe combustível para atender demandas da prefeitura


Sob escolta policial, o Posto Pitangão, às margens da rodovia PR-466, recebeu na tarde desta terça-feira, dia 29 de maio, um caminhão carregado com 5 mil litros de gasolina e 5 mil litros de diesel. 

O veículo estava preso em um ponto de manifestação na cidade de Turvo, desde a segunda-feira, dia 21 de maio. 

Segundo informações dos proprietários do posto de gasolina, o combustível será reservado, exclusivamente, para o uso da Prefeitura de Pitanga e não será vendido ao consumidor. 

A decisão atende uma recomendação do Poder Judiciário. 

Por enquanto, não há expectativa para a chegada de novos carregamentos para atender outros postos do município.

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Paraná Centro

Petroleiros cruzam os braços por 72 horas a partir de amanhã


Em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (29),.

Os petroleiros que trabalham na refinaria da Petrobras, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, decidiram pela paralisação por 72 horas.

Nas atividades por conta das reivindicações contra a política de preços adotadas pela Petrobras e que pode alterar o preço dos combustíveis até de forma diária.

Segundo o presidente do Sindicato dos Petroleiros do Paraná e de Santa Catarina (Sindipetro), Mário Alberto Dalzotti, os trabalhadores também se posicionam contra a privatização da Petrobras.

 “Nós vamos tocar nossa greve contra a privatização, contra a indexação do preço dos combustíveis ao mercado internacional. É uma paralisação de advertência e se nada mudar, vamos parar por mais tempo”, afirmou Dalzotti.

O presidente do Sindipetro também garantiu que os tanques da refinaria estão cheios e não deve haver desabastecimento dos combustíveis, mas isso pode mudar dependendo do rumo da paralisação.

 “Me parece que os tanques estão bastante cheios, então tem um estoque bom, independente da nossa greve, que pode abastecer a população. Agora, lógico que se a greve se transformar por tempo indeterminado, ela pode impactar, mas estamos dispostos a dialogar, pois nossa ideia não é desabastecer a população”, finalizou.


Ocorrências da polícia em Pitanga


Pitanga

DISPARO DE ARMA DE FOGO / LESÃO CORPORAL: Às 20h20min, uma equipe de policiais militares deslocou até a Rua Nicolau Zazula, Bairro Santa Regina.

Onde o solicitante relatou que teve desentendimento com uma pessoa que estava na casa de seu vizinho, por motivo de som alto.

Momento em que o suspeito foi até sua residência e efetuou três disparos de arma de fogo, vindo um atingir o seu braço esquerdo. 

A vítima apontou o suposto autor do disparo, sendo identificado o mesmo como um homem (30), o qual negou a autoria, não sendo localizada a arma de fogo. 

Diante dos fatos, o solicitante foi conduzido ao hospital para atendimento e o suposto autor foi encaminhado até a 45ª DRP, para os devidos procedimentos.

CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIALÀs 20h00min, uma equipe de policiais militares deslocou até a Rua José de Alencar, Vila Planalto, onde conforme denúncia anônima havia um indivíduo promovendo desordens. 

A equipe realizou a abordagem do suspeito, sendo identificado como um homem (36), onde após consulta de seu nome, foi constatado que havia um mandado de prisão em seu desfavor. 

Diante do fato, foi dada voz de prisão e encaminhado o mesmo até a 45ª DRP.


Da Redação/Maria Farias

178 caminhões com combustível já foram liberados no Paraná


Entre segunda-feira e esta terça-feira (28 e 29), 178 caminhões carregados com combustível foram liberados no Paraná, segundo a Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil. 

São cerca de 5,3 milhões de litros. O número foi apresentado à governadora Cida Borghetti pelo grupo de trabalho na Casa Militar do Paraná, durante reunião no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O grupo foi criado para discutir as questões relacionadas à paralisação dos caminhoneiros.

A liberação das cargas de combustível no Paraná, lembrou Cida, é resultado do esforço do Governo do Estado para diminuir os efeitos da greve. 

Na segunda-feira, ela se reuniu com lideranças dos caminhoneiros no Palácio Iguaçu para formalizar um acordo. “Com base no diálogo, chegamos a esse entendimento que permite o transporte de combustível em todo o Estado, e que beneficia os paranaenses”, disse Cida. 

Para minimizar os impactos do movimento dos caminhoneiros na vida dos paranaenses, desde a semana passada a governadora tem se reunido com lideranças e anunciado medidas.

A medida vale para todos os derivados do petróleo - gasolina, óleo diesel, querosene e gás de cozinha – e também o etanol.

CARGAS ESPECIAIS – Desde a sexta-feira (25), 2.137 veículos com cargas especiais, como insumos hospitalares, cargas vivas e produtos químicos, foram liberados para trafegar no Estado. Desse total, 90 precisaram de escolta policial. 

A liberação dessas cargas vem sendo negociada entre o Estado e os representantes dos caminhoneiros desde a quinta-feira (24).

Para facilitar a identificação desses caminhões, a Defesa Civil do Paraná distribuiu adesivos às secretarias estaduais, coordenadorias e ao setor produtivo. 

Os motoristas que desejam cadastrar seus veículos também podem solicitar por meio de um formulário do órgão (http://bit.do/adesivodc). Até agora, 300 registros com cargas prioritárias foram feitos.

No domingo (27), ela confirmou a diminuição e o congelamento da base de cálculo do ICMS que incide sobre o óleo diesel.

Com a mudança, a partir de 01 de junho, a base para calcular o imposto será de R$ 2,95 e o valor valerá por 90 dias. A redução é de R$ 0,25 sobre a base atual e deve representar uma queda de aproximadamente R$ 0,04 sobre o preço do combustível na bomba.

BLOQUEADAS – No Paraná, 60 rodoviais federais foram liberadas.

Da Redação/Maria Farias

Combustível chega e motoristas formam filas para abastecer em Campo Mourão


Após nove dias de paralisação dos caminhoneiros, um caminhão-tanque com 10 mil litros de combustível acaba de chegar a Campo Mourão. 

Muitos motoristas, já com o tanque na reserva, estão na fila há horas à espera do produto.

De acordo com as informações, o combustível, da Shell, vai abastecer os postos do Muffato (final da Avenida Manoel Mendes de Camargo, com a BR-158), e o da esquina da Rua Santos Dumont com a Avenida Capitão Indio Bandeira. 

A princípio, cada motorista teria direito a abastecer 30 litros.

Da Redação/Maria Farias

Agência do trabalhador de Pitanga


A AGÊNCIA DO TRABALHADOR OFERECE AS SEGUINTES VAGAS:

ENTREVISTA PARA VENDEDOR PRACISTA

DIA: 05/06/2018

HORÁRIO: 13H30MIN

LOCAL: AGÊNCIA DO TRABALHADOR

REQUISITOS: Ambos os sexos, idade entre 25 a 50 anos, ter carro/moto, disponibilidade para viagem, Ensino médio, ter noções de informática, experiência em vendas.

Maiores informações comparecer na agência portando a CTPS.



Da Redação/maria Farias

Bandidos roubam carro e agridem mulher que saía da faculdade em Campo Mourão


Uma mulher de 36 anos foi assaltada por dois homens ontem à noite, por volta das 23h20, após sair da faculdade, na Avenida Irmãos Pereira, centro de Campo Mourão. 

A vítima contou que além de ter o carro GM/Onix, um celular, dinheiro e uma bolsa roubados, ainda foi agredida com chutes pelos criminosos.

A dupla fugiu com o veículo e a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. 

Durante patrulhamento, a equipe da PM foi informada que os bandidos haviam perdido o controle do automóvel e batido contra um poste, causando danos no veículo.

Os dois fugiram, mas um deles, de 23 anos, acabou preso pelos policiais. 

O rapaz foi encaminhado para a delegacia, enquanto os policiais mantiveram diligências na tentativa de prender o segundo suspeito.

De acordo com o tenente Weiber, do 11º Batalhão da Polícia Militar, um dos bandidos estava armado com um revólver e a vítima foi agredida mesmo sem esboçar nenhuma reação.

A vítima foi abordada, entregou a chave do carro e mesmo assim foi retirada a força do veículo, sendo jogada ao chão e agredida. 

Depois os dois fugiram em direção ao Country Club, onde próximo a Aracampo bateram contra um poste. 

Como estávamos em várias viaturas fechamos o cerco e prendemos um deles, que estava próximo a uma casa, perto de um mato. O outro fugiu e é um bandido perigoso, por isso pedimos à população que sob qualquer suspeita acione a Polícia Militar, disse o tenente.

Da Redação/Maria Farias

Fonte:Tá sabendo


Mulher é encontrada morta ao lado de veículo em Cantagalo


Após solicitação relatando que havia uma mulher morta ao lado de um veículo Fiat uno de cor branca, placas ACM9465.

O qual encontrava-se em uma estrada rural na Linha São Francisco a equipe Policial deslocou até o local, onde confirmou o fato.

Sendo que a mulher que estava em óbito tem as mesmas características de uma mulher desaparecida conforme boletim de ocorrência registrado na polícia civil de Cantagalo nesta data. 

A qual foi identificada como Eroni Xavier de Lima.

Foi feito isolamento do local e informado a polícia civil de Cantagalo, sendo que compareceram no local.

O Delegado Dr. Igor e o Investigador Bernardo para os quais foi repassado a ocorrência.

Da Redação/Maria Farias

CAMINHONEIROS SÃO ATENDIDOS PELA SAÚDE DE PITANGA


Uma equipe de atenção básica à saúde, está nesta manhã de terça-feira (29).

Prestando serviços de aferição de pressão arterial, testes de glicemia, vacinas antitetânica, febre amarela e outras, para os motoristas que estão no movimento de paralisação, na Rodovia 466, trechos que abrangem o município.

"Nós agradecemos pelo apoio da prefeitura de Pitanga, do pessoal da Saúde, por esse atendimento aos caminhoneiros, que é muito importante para todos, pois em sua grande maioria esses trabalhadores não tem tempo de cuidar da própria saúde", disse Ivan, representante dos motoristas.

Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pitanga
Da Redação/Maria Farias

A greve virou caso de polícia

Aquilo que começou como um movimento legítimo de reivindicação e evoluiu para a chantagem por uma categoria minoritária se tornou nos últimos dias um caso de polícia. 

O governo cedeu quanto pôde. Foi além do razoável em nome da retomada da normalidade.

Agora, as forças da ordem precisam atuar com energia e urgência para desobstruir as estradas, garantir o retorno do abastecimento de combustíveis, comida e bens essenciais. Para evitar que o país recaia num estado de anarquia.

Nem o líder da associação de caminhoneiros mais resistente às propostas iniciais considera legítima a manutenção dos bloqueios nas estradas.

 “Não é o caminhoneiro mais que está fazendo greve”, afirmou José da Fonseca Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam). 

“São pessoas que querem derrubar o governo. Não tenho nada a ver com essas pessoas nem nossos caminhoneiros autônomos têm.”

Os “intervencionistas” a que ele se refere querem nada menos que a derrubada do governo Michel Temer e uma intervenção militar. Tradução: um golpe de Estado. Numa democracia, quem não atua dentro das regras da democracia precisa ser preso e punido. Simples assim.
O próprio deputado Jair Bolsonaro, personagem idolatrado pela ala “intervencionista” dos caminhoneiros, apoiador de primeira hora do movimento grevista, declarou em entrevista publicada hoje no jornal Folha de S.Paulo ser contrário a qualquer ruptura na ordem democrática e a uma intervenção militar a menos de cinco meses da eleição.

“Ninguém quer o caos”, afirmou Bolsonaro. “Quem quer o caos é a esquerda, acusar os latifundiários, os empresários, os americanos. No que depender de mim, ninguém vai dar pretexto de fazer uma falta.”

Os fatos mostram a distância entre as palavras de Bolsonaro e a realidade. A Polícia Federal abriu 48 inquéritos por suspeita de locaute na greve. 

Ainda havia ontem quase 600 pontos de bloqueio nas rodovias, relatos de sabotagens ao reabastecimento, de donos de postos de gasolina se recusando a receber combustível depois de sofrer ameaças, de caminhões com combustível cujos motoristas são fotogrados como forma de coação e de lideranças conclamando no WhatsApp os caminhoneiros a não sair do lugar enquanto Temer não cair.

O movimento recebeu apoio de motoristas de vans, ônibus fretados e motoboys, numa espécie de versão sobre rodas dos protestos de junho de 2013. Só que, desta vez, as consequências são gravíssimas. Hospitais, escolas, coleta de lixo e serviços essenciais estão paralisados. 

Para não falar nas prateleiras vazias nos supermercados e nos prejuízos causados à indústria e a todo o setor produtivo.

Diante do poder que demonstraram, os insurgentes incluíram agora na pauta de reivindicações a redução nos preços da gasolina e do gás de cozinha. 

Fora o impacto no Orçamento de R$ 13,5 bilhões, necessários para cumprir as concessões do governo aos grevistas – a principal é a redução de R$ 0,46 no preço do diesel na bomba –, o prejuízo da greve à economia será incalculável. A paralisação dos petroleiros programada para amanhã deverá tornar-se a situação ainda mais crítica.

O governo não deve mais ceder a chantagistas. A fase da negociação deveria ter acabado na quarta-feira passada. As conquistas obtidas pelo movimento no fim de semana já foram resultado da inépcia do Planalto para antever os riscos e negociar de modo eficaz. 

São mais que suficientes para o fim da paralisação. A desocupação das estradas deveria ter sido pré-condição para qualquer concessão.

Até agora, o governo teve receio de usar ostensivamente as Forças Armadas para requisitar os caminhões e prender as lideranças que incentivam a anarquia. 

Há um temor mal disfarçado de que os soldados, diante da simpatia dos caminhoneiros, se recusem a agir contra eles. Isso não passa de fantasia.

Não há no Exército, até onde se sabe, nenhum tipo de articulação golpista, nem nenhum desejo de promover intervenção militar. 

Sempre que são chamadas a atuar, as forças da ordem têm agido com eficiência e competência, como se viu na desobstrução de vários pontos pelo país, ontem nas estradas paulistas ou na escolta de caminhões nesta madrugada no Rio de Janeiro.

Apesar de tudo, o fluxo de mercadorias não foi retomado, tamanho o medo instilado pelas tais lideranças “intervencionistas”. 

Está, portanto, na hora de sufocá-las. Temer é um presidente avesso a reações bruscas e atravessa seu momento de maior fragilidade. Mas ainda tem à disposição todos os instrumentos legais para agir. Se não o fizer – e rápido –, será o primeiro a pagar o preço da própria omissão.

Da Redação/Maria Farias