quarta-feira, 20 de abril de 2022

GUARAPUAVA - POLÍCIA ENCONTRA CASA QUE ERA USADA PARA DEPÓSITO DE ENTORPECENTES

Por volta de 04h30m da manhã de hoje (20) a Polícia Militar de Guarapuava atendeu a uma ocorrência no bairro Cascavel.

A equipe rádio patrulha realizava patrulhamento pela via, quando avistou um indivíduo pulando o muro da residência, o qual trajava blusa de capuz na cor preta e calça escura, sendo dada voz de abordagem ao mesmo porém este não acatou a ordem legal.

Diante do exposto foi adentrado o pátio da residência e efetuado contato com a moradora mulher, 33 anos, a qual relatou para a equipe que de fato ouviu barulhos nos fundos da residência, porém não soube relatar se a pessoa que se evadiu da equipe adentrou algum cômodo do local devido estar em obras e algumas peças da casa não possuir forro, solicitando para a equipe para que fossem efetuadas buscas no local, visto que a mesma reside sozinha no endereço a apenas aproximadamente 30 dias e que não possui amigos ou familiares na cidade.

Diante dos fatos a equipe efetuou adentramento tático na residência e buscas no local, porém não foi localizado o autor, no entanto notou-se que um dos quartos estava com a luz acesa e com a porta trancada; solicitado para que a moradora abrisse a referida porta para que a equipe efetuasse buscas também neste cômodo, porém, ela muito nervosa e com a atitude muito suspeita começou a se contradizer, relatando que não sabia o que teria no quarto visto que nunca abriu tal porta, o que gerou suspeição por parte da equipe que passou a indagar sobre tal fato; que diante das perguntas efetuadas pela equipe ela acabou relatando que é do estado de São Paulo e que havia sido contratada para residir e cuidar do local para um masculino, o qual a mesma não sabe relatar o nome completo, e que em troca moraria no local sem custos de aluguel, luz, água a e internet; que em dias alternados ele avisava que "apareceriam" pessoas desconhecidas no local e solicitariam a chave do quarto trancado.

A equipe conseguiu visualizar pela fresta da porta uma balança de precisão e algumas embalagens que costumam ser utilizadas para embalar entorpecentes.

 Em buscas no local foram localizadas duas prensas industriais, e várias peças de ferro ou metal utilizados nas prensas, 04 logotipos utilizados comumente para marcar tabletes de cocaína, em cima de uma mesa foram localizados 03 pacotes plásticos contendo em seu interior substancia análoga a cocaína pesando 2.055 kg, 01 pacote plástico contendo em seu interior droga do tipo "MD" ou "cristal" pesando 600 gramas, 03 porções de substância análoga a crack embaladas em plástico filme e metade de um tablete da mesma substância que posteriormente pesados totalizaram 628, vários rolos de plástico filme, pacotes de embalagens para acondicionar as drogas, alguns rolos de fita adesiva nas cores amarela e vermelha, um liquidificador que era utilizado para misturar e produzir os entorpecentes e ainda uma espécie de estufa que estava sendo utilizada para secagem de uma porção não embalada da droga conforme foto em anexo, que pesada totalizou 897 gramas e ainda um carregador de pistola 9mm com capacidade para 50 munições.

Diante dos fatos foi solicitado o guincho no local para encaminhar as prensas até a Delegacia e dado voz de prisão a mulher pelo crime de tráfico de drogas e encaminhada juntamente com os ilícitos e objetos apreendidos, até a Delegacia para procedimentos cabíveis

Fonte: Setor de Comunicação 16° BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário