quarta-feira, 16 de março de 2022

Aumento no preço de remédios: instituições preveem reajuste de 10%

Após o Governo Federal barrar o reajuste anual dos medicamentos em 2021, a expectativa para este ano é de que os remédios sofram aumento de até 10%. Os novos valores já devem vigorar a partir do dia 1º de abril, quando, normalmente, há a autorização pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão vinculado à Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).  

Embora a resolução da CMED que define os valores autorizados de reajuste anual ainda não tenha sido publicada, uma análise publicada pelo banco Citi estima que fique em torno de 10%. Somente no final de março, a Câmara deve divulgar as porcentagens oficiais.  

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário