segunda-feira, 20 de dezembro de 2021

Diocese de Guarapuava ganhou uma relíquia do Patrono da Internet Beato Carlo Acutis

 O bispo da diocese de Guarapuava, dom Amilton Manoel da Silva, CP, esteve em Roma no mês de dezembro de 2021, e lá recebeu um presente especial. Se trata de uma relíquia do beato Carlo Acutis. O presente foi entregue pela mãe de Carlo, Antônia Salzano. “Essa relíquia ficará exposta, mais adiante, na comunidade autônoma São Luiz Gonzaga (no bairro Morro Alto, em Guarapuava), que nós elevaremos a paróquia no ano que vêm, com o nome de ‘paróquia São Luiz Gonzaga e Beato Carlo Acutis’”, revelou o bispo.

Ainda segundo dom Amilton, a nova paróquia “reunirá os jovens dentro da reflexão, da oração e do compromisso com a Igreja e com o mundo. Será uma paróquia dedicada a dois santos referenciais para a juventude. São Luiz Gonzaga, que é o patrono da juventude, e o beato Carlo Acutis que está sendo muito bem acolhido pelos jovens e com certeza será o patrono da internet”.

Quem é Carlo Acutis


Carlo Acutis nasceu em 1991 na cidade de Londres, na Inglaterra, mas viveu a maior parte da vida em Milão, na Itália. Faleceu em outubro de 2006, com quinze anos, vítima da laucemia. Viveu pouco tempo, mas, como ele próprio disse, “estou feliz por morrer porque vivi minha vida sem desperdiçar um minuto com coisas que não agradaram a Deus”.

Entusiasta da tecnologia, criou um site onde catalogou mais de cem milagres Eucarísticos em dezessete diferentes países. Também gostava de programação e jogos de computador. Por isso é considerado por muitos como o “patrono da internet”.

Seu processo de beatificação iniciou em 2013. Segundo Francesca Consolini, da diocese de Milão, que iniciou o processo, “sua fé era pura e fidedigna, algo único em uma pessoa tão jovem. Sobre essa fé, ele sempre foi sincero consigo mesmo e com outros. Mostrou extraordinário cuidado com os outros; sempre foi sensível aos problemas e situações em que seus amigos e todos que viviam próximos a ele passaram diariamente”.

Teve um milagre reconhecido pelo Vaticano: a cura de um menino brasileiro, na cidade de Campo Grande (MS). Em uma Missa, no ano de 2010, um avô desesperado com o diagnóstico do neto doente o levou até a paróquia. Segundo a família, o garoto foi curado após tocar a vestimenta de Carlos, exposta na paróquia São Sebastião. "A criança, me lembro bem, estava raquítica e tinha problemas de pâncreas anular. Ela não comia nada, não ingeria nem sólido nem líquido e teve a cura logo depois", afirmou o padre Marcelo Tenório, pároco na época.

O que é uma relíquia?


É um objeto preservado para efeitos de veneração na Igreja Católica e também em outras religiões. É uma peça associada à história de uma pessoa. Podem ser pertences pessoais ou partes do corpo de um santo ou personalidade de grande importância.

Fonte: Diopuava

Nenhum comentário:

Postar um comentário