segunda-feira, 1 de novembro de 2021

BOMBEIROS SOTERRADOS EM UMA GRUTA EM ALTINÓPOLIS: VEJA QUEM SÃO OS 9 JOVENS QUE MORRERAM


Prefeitura de Batatais divulgou nesta segunda-feira (1) a identificação dos nove bombeiros soterrados que morreram após o desabamento de uma gruta, em Altinópolis, no interior de São Paulo. 

Ao todo, 28 bombeiros civis e instrutores faziam um treinamento na Gruta Duas Bocas quando houve o desmoronamento. 

Além das vítimas que não resistiram, uma pessoa está internada e outras seis tiveram ferimentos, mas já receberam alta. 

Segundo informações de familiares, os bombeiros iriam passar a madrugada de domingo (31) dentro da gruta. 

Porém, por volta de 1h, houve um desabamento no local e alguns bombeiros ficaram presos na gruta. 

O treinamento era comandado por uma escola especializada e contava com profissionais experientes. Bombeiros soterrados

No final da noite deste domingo, a prefeitura de Batatais, que fica a aproximadamente 30 km do local do acidente, divulgou informações das vítimas. 

Os corpos de cinco homens e quatro mulheres foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). 

Veja a identificação:

As vítimas eram jovens e possuíam muitos sonhos. 

O casal Celso e Ana Carla compartilhavam da mesma paixão pelo trabalho. 

Eles eram amigos e companheiros de igreja de Jonatas Ítalo Lopes. 

A Igreja Batista da Lagoinha Batatais inclusive prestou uma homenagem às vítimas no Facebook. 

Ainda nesta segunda-feira (1) haverá um velório coletivo em Batatais. 

Seis vítimas serão veladas no Ginásio de Esportes Marinheirão. 

Celso Galina Jr, José Cândido Messias da Silva, Elaine Cristina de Carvalho, Rodrigo Triffoni Calegari, Jonatas Ítalo Lopes, e Jhenifer Caroline da Silva serão velados até às 15h, depois encaminhados para sepultamento. 

Já as outras três vítimas terão a despedida em outras cidades. 

Natan Martins será velado em Altinópolis. Ana Carla Costa Rodrigues de Barros terá a despedida em Sales Oliveira. 

Já Débora Silva Ferreira, será levada para Monte Santo, em Minas Gerais.

Fonte: RicMais

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário