quinta-feira, 8 de julho de 2021

Paraná recebe mais vacinas contra Covid-19 nesta quinta

Entre a tarde desta quinta-feira (08) e a madrugada de sexta-feira (09).

O Paraná deve receber mais imunizantes contra a Covid-19.

Serão recebidas 173.160 doses da Comirnaty, vacina produzida pela Pfizer/BioNtech, e 47.800 da Coronavac, da parceria entre Butantan e Sinovac. No total, serão 220.960 vacinas.

O lote da Pfizer está previsto para chegar no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 13h20, vindo com o voo LA-4791. 

Já o voo LA-3236 com as doses da CoronaVac está programado para pousar no início da madrugada de sexta, às 00h20. 

Assim que chegarem ao Estado, os imunizantes serão recebidos e separados pelo Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), para serem distribuídos rapidamente entre as 22 Regionais de Saúde. 

Os imunizantes serão utilizados para dar continuidade na vacinação da população em geral. 

No entanto, uma parte das doses da Coronavac será destinada para a aplicação de segunda dose. 

Até o momento, o Ministério da Saúde já entregou ao Estado cerca de 8 milhões de imunizantes.

Sendo que 6.208.590 doses já foram aplicadas nos paranaenses e parte está reservada para a segunda dose dos grupos já iniciados. 

Foram aplicadas 4.726.429 primeiras doses e 1.482.161 pessoas já estão completamente imunizadas com a segunda ou com a dose única. 

Esta última remessa do Ministério conta com um montante de 3.126.376 doses que serão distribuídas entre os estados, com 2.401.140 doses da Pfizer e 725.236 da CoronaVac. 

A pasta entregou, em todo o País, 134.843.306 doses, sendo que 76,2 milhões de pessoas já receberam pelo menos uma primeira dose de imunizante.

CALENDÁRIO – Segundo levantamento da Secretaria da Saúde, três em cada quatro cidades paranaenses já estão vacinando a população da faixa dos 40 anos contra a Covid-19. 

O calendário de vacinação estima que as pessoas com essa idade devem receber pelo menos a primeira dose ou a dose única até 18 de julho. 

O restante da população adulta será imunizada até o final de setembro.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário