🔴 RÁDIO PULSAR - SUA RÁDIO CATÓLICA NO CENTRO DO PARANÁ

segunda-feira, 19 de julho de 2021

PARANÁ - Embarcação com nove pessoas virou no Rio São João do Ivaí divisa com Borrazópolis. Três resgatadas com vida e seis desaparecidas

O Corpo de Bombeiro, 1º Subgrupamento, de Ivaiporã e a Patrulha Ambiental, que é um grupo de pescadores do Porto Ubá, em Lidianópolis.

Suspenderam buscas durante a madrugada no Rio Ivaí, para retomar nesta manhã, de 19 de julho. 

Como noticiamos, a região toda se comoveu com a situação dramática de nove pessoas do Distrito de Jacutinga em Ivaiporã e de Maringá, que desapareceram no Rio Ivaí. 

Após início das buscas, três foram encontradas: pai, mãe e uma criança de 03 anos, que foram levadas para o SAMU Base de São João do Ivaí. 

Apenas a criança tinha sinais de hipotermia, mas sem risco de perder a vida. 

A mãe contou que o barco virou e eles caíram no conhecido Salto Takaki, um pouco abaixo do Salto Fogueira.

Sendo que marido e mulher se seguraram no próprio barco e a criança agarrou no pescoço da mãe. 

Foi desta forma que eles se mantiveram vivos e chegaram às margens do Rio, mas ficaram muito tempo na água até conseguir sair. 

Quando perceberam que o barco iria cair no salto, uma espécie de cachoeira que se forma Ivaí, a família teria decidido pular na água e a mãe ordenou que a criança segurasse em seu pescoço e não se soltasse. 

Os demais, supostamente, foram levados pela água. O barco foi encontrado próximo do local onde o incidente ocorreu.

SOBRE O CASO  

Como noticiamos, a equipe do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã e também a Patrulha Ambiental do Porto Ubá, em Lidianópolis.

Foi acionada para fazer um suposto resgate de nove pessoas que desapareceram nas águas do Rio Ivaí, na região do Ubaúna, que é Distrito de São João do Ivaí. 

Do outro lado do Rio, a divisa é com o Salto Takaki, em Borrazópolis. 

O local também é conhecido como Três Poços e Salto Ubaúna. 

O temor é de que uma tragédia possa ter ocorrido. Por telefone, falamos com o Soldado Cristiano, em Ivaiporã, segundo ele, o acionamento ocorreu por volta das 16:30 horas, deste domingo, dia 18 de julho.

Com informações, que o grupo formado por cinco adultos e quatro crianças, sendo três de 03 anos de idade e uma de 09 anos de idade, todos de uma família de Maringá e Ivaiporã (Distrito do Jacutinga), que estava a passeio na região. 

Eles entraram num barco de alumínio para fazer um passeio nas águas, e não mais voltaram. 

Como há previsão do tempo é de até um 1 grau positivo, na madrugada seguinte, dia 19 de julho, os Bombeiros e os Pescadores do Porto Ubá, decidiram entrar na água para fazer uma varredura, mesmo à noite. 

O Eduardo Souza, mais conhecido "Mula", que é policial militar florestal das reserva e conhece bem o Rio, também acompanhou a equipe.

FONTE: DIA A DIA

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário