quinta-feira, 10 de junho de 2021

PARANÁ - Guarapuava recebe oxímetros e testes rápidos para a covid-19

Guarapuava é um dos 31 municípios paranaenses a receber oximoros (25) e testes rápidos (3.200). 

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde, os testes fazem parte de um total de 85 mil para pesquisa do antígeno viral SARS-CoV-2. 

Além de 640 oxímetros enviados às sede das 22 Regionais de Saúde, quatro de fronteira, além de todos os do Litoral. 

De acordo com a Sesa, o objetivo é fortalecer o rastreio, monitoramento e isolamento de contatos relacionados à Covid-19. 

Trata-se de uma estratégia pactuada com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems). 

Assim, pretende reduzir o número de novos casos da doença, possibilitando que contatos próximos de confirmados possam ser testados mesmo assintomáticos. 

E, nos casos positivados, o oxímetro auxiliará no monitoramento do paciente. 

“Estamos enfrentamento um dos piores momentos da pandemia até agora e precisamos evitar a contaminação pelo vírus. Estes insumos irão ajudar as equipes de saúde municipais a realizarem o controle e monitoramento dos casos, evitando a disseminação da doença.” Conforme Beto Preto.

As medidas de prevenção devem continuar, independente do avanço da vacinação. 

“O uso de máscaras, higienização das mãos e objetos, distanciamento social e outras testagens, ainda são ações que fazem a diferença e por isso devem ser reforçadas”.

PARANÁ É O QUE MAIS TESTA 

O Paraná recebeu nesta semana 98.275 testes rápidos de antígeno (TR Atg SARS-CoV-2) do Ministério da Saúde. 

Essa remessa que possibilitou o desenvolvimento da estratégia. 

Este exame ocorre por meio de coleta de amostra da secreção nasofaringe. 

Conforme a Sesa, é capaz de detectar o vírus Sars-CoV-2 com apresentação do resultado em até 15 minutos. 

Conforme a Sesa, o Estado é um dos que mais testa no País, segundo dados do Ministério da Saúde. 

Além dos quase três milhões de testes do tipo RTPCR processados em laboratórios, diversas iniciativas municipais e de entidades públicas e privadas estão sendo desenvolvidas.

Todas para analisar a circulação do vírus em assintomáticos, o que ajuda no isolamento. 

Na semana passada, por exemplo, a Secretaria de Saúde testou passageiros do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais. 

Dos 458 aplicados até dia 5, sete resultados positivos para a doença.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Fonte: RSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário