🔴 RÁDIO PULSAR - SUA RÁDIO CATÓLICA NO CENTRO DO PARANÁ

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

PITANGA - MAIS NOVE CASOS DE COVID 19 FORAM CONFIRMADOS NAS ÚLTIMAS HORAS

 A Secretaria Municipal de Saúde de Pitanga, divulgou ontem (03) a confirmação de mais nove casos de COVID 19 em nosso município.

Trata-se dos seguintes casos:

994° caso, mulher de 37 anos, sintomática leve, vínculo epidemiológico não identificado.

995º caso, homem de 51 anos, sintomática leve, correlação com caso 976.

996º caso, homem de 69 anos, sintomática leve, correlação com caos 976.

997° caso, mulher de 44 anos, sintomática leve, correlação com caso 976.

998º caso, mulher de 57 anos, sintomática leve, vínculo epidemiológico não identificado.

999º caso, homem de 79 anos, sintomático leve, correlação com caso 976.

1000º caso, mulher de 45 anos, sintomática leve, vínculo epidemiológico não identificado.

1001º caso, homem de 45 anos, sintomático leve, vínculo epidemiológico não identificado.

1002º caso, homem de 31 anos, sintomático leve, vínculo epidemiológico não identificado.

Ainda de acordo com as informações divulgadas, os pacientes encontram-se em acompanhamento e isolamento domiciliar.

Destes casos, cinco foram confirmados por meio do exame RT PCR, realizados pelo Laboratório Central do Estado, LACEN PR, e quatro por meio de teste rápido validado pelo Instituto Nacional de Controle e Qualidade em Saúde, INCQS, em laboratório privado.

Dos 1002 casos, 907 estão recuperados, ou seja, são 78 casos ativos, os quais encontram-se em monitoramento e isolamento domiciliar, 3 pessoas estão internadas na UTI e outras 5 estão em leitos de enfermaria, ainda há outros 32 casos suspeitos e 111 monitorados sintomáticos, sendo assim, a possibilidade de que os casos aumentem ainda mais.

Por isso, vale destacar a importância de se manter os devidos cuidados, pois apesar de a vacina estar chegando a pandemia ainda não está controlada e a forma mais eficaz para que os casos não aumentem ainda mais, é tomar todos os cuidados, que são orientados desde o começo da pandemia.

Da redação/ Sandra Laciuk

Nenhum comentário:

Postar um comentário