quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

PITANGA - APÓS SE NEGAR A PAGAR O ABASTECIMENTO DO VEÍCULO HOMEM AINDA AMEAÇOU E AGREDIU FUNCIONÁRIO E CAUSOU DIVERSOS DANOS MATERIAIS NO LOCAL

Por volta de 01h10m, a equipe de Polícia Militar de Pitanga foi acionada para comparecer em um Posto de Combustível localizado na Avenida Getúlio Vargas, onde no local, informações davam conta de que o condutor de um veículo abasteceu a quantia de 30 reais e se recusou a pagar, alegando não ter dinheiro.

No local, os policiais realizaram abordagem e em revista pessoal e no veículo onde nada de ilícito foi localizado, sendo que, após a revista o mesmo apresentou a quantia de R$ 175,00 e efetuou o pagamento, referente ao abastecimento, pedindo ainda uma garrafa de água ao frentista e disse que aguardaria no local, alguém para buscar o veículo, pois segundo o mesmo não estava em condições de continuar dirigindo.

Diante do fato, a equipe saiu do local, realizando um ponto base nas proximidades, onde a equipe estando fora da viatura ouviu gritos, barulhos e sons característicos de vias de fato, vindos d local onde a equipe teria atendido a ocorrência.

De imediato a equipe deslocou-se ao local, onde o solicitante encontrava-se imobilizando o autor, onde em conversa com o mesmos este relatou que  após a saída o indivíduo alterou-se com os funcionários, desferindo um socos contra um deles e ameaçando o de morte.

Perante tal situação, a vítima correu para o interior da loja de conveniência, para proteger sua integridade física e resguardar sua vida, o qual foi seguido pelo seu colega de serviço que adentrou no local e trancou a porta, porém o agressor  arrombou a mesma e no interior passou a quebrar uma prateleira de mármore e duas imagens sacras grandes, também quebrou suporte dos freezers de bebida e danificou diversos produtos.

Em dado momento, entrou em luta corporal com um dos funcionários, onde este teve que desferir socos e chutes, a fim de resguardar sua integridade física e repelir a injusta agressão, fato este ocorrido após o agressor ter investir conta ele com socos e fazendo menção de estar armado, levando a mão na cintura. A todo o momento o indivíduo gritava que queria quebrar o computador onde estavam registradas as imagens de câmeras de segurança.

 Diante do fato, a equipe ajudou na imobilização e fez uso de algemas no agressor, conforme decreto, o qual resistiu a todo o momento na sua condução. Chegando na viatura tentou desvencilhar da equipe policial recusando-se a entra no camburão e ainda tentando subornar os policiais.

Perante tal resistência do conduzido em colaborar com as ordens da equipe foi solicitado apoio, sendo deslocado com as partes até a Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Em seguida foi conduzido  os envolvidos até o Hospital São Vicente de Paulo para a confecção do laudo de lesão corporal. 

Fonte: Polícia Militar

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário