quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

PARANÁ - SARGENTO DA PM E COMANDANTE DE ENTRE RIOS MORRE DE COMPLICAÇÕES DA COVID-19, EM GUARAPUAVA

Com pesar que comunicamos o falecimento do sargento Luiz Carlos da Roza (Zebu), comandante do destacamento de Entre Rios. 

Esta grande pessoa que contribui muito com o policiamento no distrito foi mais uma vítima da Covid-19.

"Pessoa que uniu laços, que buscou o diálogo, que se fez presente em momentos que a comunidade mais precisou e que deixa um bonito legado", afirma um dos amigos que acompanhou de perto o seu trabalho.

Esta e outras homenagens mostram a comoção das pessoas que o conheciam ao receberem a triste notícia:

"Uma grande perda para a comunidade. A humildade e o carisma, além de inúmeras qualidades".

"Luiz Carlos virou um amigo. Em conjunto com a equipe de segurança realizaram um fantástico trabalho".

Os amigos de pedal também mostraram sua tristeza:

“Tantas amizades verdadeiras nesses pedalar... e uma tão grande foi do nosso amigo Sargento Luiz Carlos. Incentivador, parceiro, companheiro, falta adjetivos. Furou pneu fazia questão de ajudar. Conversar com ele durante os pedais era alegria com lições de vida”.

“Hoje tem peixe recheado no céu... Vai com Deus saruê... Ficaremos com as lembranças Zebu”.

Os companheiros de farda estão em luto:

“Um amigo de muitos anos, um irmão para nós.... Muito triste!”.

O 16º BPM publicou uma Nota de Falecimento:

Com pesar que comunicamos o falecimento do sargento Luiz Carlos da Roza. 

Seu atendimento hospitalar teve início na data de 25 de janeiro e devido complicações decorrentes do quadro apresentado de Covid-19.

O militar estadual veio a falecer, hoje na data de 10 de fevereiro de 2021. 

Deixando dois filhos e esposa, além de diversas amizades que cultivou durante toda a carreira. 

O 16°BPM em nome de seu comandante sente-se honrado em ter tido em suas fileiras tamanho profissional, com humildade ímpar.

Não só um verdadeiro policial, mas também um grande amigo, um verdadeiro irmão.

(Major Cubas, Cmt. Do 16ºBPM)”.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário