🔴 RÁDIO PULSAR - SUA RÁDIO CATÓLICA NO CENTRO DO PARANÁ

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

GUARAPUAVA - Defesa de Manvailer abandona plenário e juiz cancela julgamento

A defesa de Luis Felipe Manvailer abandonou no começo da tarde desta quarta (10), o plenário onde ocorre o júri popular no fórum de Guarapuava. 

E o juiz decidiu cancelar o julgamento.  

Conforme informações, com o clima tenso, a PM chegou a se levantar para manter a segurança. 

Defesa de Manvailer abandona plenário e juiz cancela julgamento isso porque a defesa tentou mostrar imagens para poder fazer perguntas à testemunha. 

As imagens estavam em um HD externo. 

Entretanto, o MP disse que essas imagens não fazem parte do processo. 

A defesa do réu então afirmou que o HD está no processo e que se não fosse permitido, não teria como prosseguir com a defesa. 

De acordo com as informações, o MP afirmou que a defesa de Manvailer “está buscando justificativa para abandonar o caso”. 

Com a saída da defesa, o juiz reconheceu abandono injustificado do plenário e dissolveu o conselho de segurança. A multa prevista é de 10 a 100 salários mínimos. 

Por fim, Manvailer também foi retirado do plenário.

JULGAMENTO 

Luis Felipe Manvailer entrou no Tribunal do Júri vestindo uma camisa branca às 11h. 

Os primeiros trabalhos na manhã de hoje (10) já demonstram que o debate seria acirrado. 

O debate entre a defesa e o MP foi tão exaltado que o juiz ameaçou antes de cancelar o julgamento, suspender a sessão por alguns minutos. 

O sorteio dos jurados ocorreu às 10h07 e seis homens e apenas uma mulher integram o Conselho de Sentença. 

Após intervalo, a sessão foi retomada às 10h50. A primeira testemunha foi ouvida por videoconferência, e foi arrolada pelo Ministério Público. 

Ela disse que viu o corpo de Tatiane na calçada e Luis Felipe descendo as escadas.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Fonte: RSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário