segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

PARANÁ - Professores da rede estadual vão iniciar ano letivo em greve

Professores e trabalhadores da rede estadual de educação do Paraná vão iniciar o ano letivo em greve. 

A paralisação foi aprovada durante a manhã deste sábado (23) em assembleia estadual convocada pela APP-Sindicato e aprovaram greve geral a partir do dia 18 de fevereiro, data do início do calendário de aulas. 

De acordo com o Sindicato, os profissionais são contrários ao modelo híbrido de Ratinho Jr., anunciado pelo governo, o qual não debateu com a categoria ou comunidade escolar. 

A APP também é contra a terceirização de funcionários, além da suspensão da reposição salarial do acordo da greve de 2015 e implantação de escolas militares por todo o Paraná.

 Além da defesa da vida daqueles que estão na linha de frente da educação, os(as) participantes debateram e aprovaram a jornada de lutas de 2021 e também a campanha salarial, utilizando mote “Educadores(as) em defesa da vida, da escola pública, do emprego e dos direitos”. 

Entre os eixos apresentados na campanha estão a defesa da vida, principalmente o direito da vacina para todos(as) e o retorno das aulas presenciais somente com a aplicação da vacina e com as condições sanitárias necessárias. 

O presidente da APP-Sindicato, Professor Hermes Leão, enfatiza que a categoria deve fortalecer o debate e convidar os colegas de trabalho para fortalecer a luta pela vida e direitos dos trabalhadores e trabalhadoras da educação do Paraná. 

“É momento de construir uma greve forte, com a unidade de professores e funcionários para que o governo cesse os ataques à categoria e reabra os canais de diálogo”, afirma o presidente. ​ 

Informações do portal TN.

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário