sexta-feira, 20 de novembro de 2020

REVOLTANTE - Homem negro foi morto por dois seguranças do Carrefour

Um fato revoltante ocorreu no Brasil.  

De acordo a Brigada Militar, João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, tinha discutido com uma operadora de caixa do mercado. 

Ao se retirar do local, ele foi perseguido pelos seguranças, quando começaram as agressões até provocar sua morte. 

Os dois seguranças foram levados a uma delegacia e serão autuados por homicídio qualificado. 

Há um terceiro suspeito, que está sendo investigado. 

Em nota, o Carrefour disse que irá entrar com uma queixa-crime contra os responsáveis pelo espancamento.

Demitir o funcionário que estava no comando da loja e romper o contrato com a empresa de segurança. 

O supermercado afirmou que lamenta profundamente o caso e dará suporte às autoridades locais. 

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário