sábado, 14 de novembro de 2020

Palmital – Briga política entre família

Na sexta-feira, dia 13 de novembro de 2020, compareceu ao destacamento policial de Palmital, um masculino de 20 anos, relatando que pela manhã, o seu tio, um senhor de 56 anos.

Foi até sua residência na saída para o Rio da Casa, e que em dado momento este veio a se alterar devido a divergências políticas com a família do solicitante.

Sendo que o masculino de 56 anos veio a partir para a agressão, acertando um soco no nariz do solicitante causando-lhe lesão, tendo provavelmente quebrado o nariz do solicitante.

Diante do fato, o autor se evadiu do local, tomando rumo ignorado, sendo a vítima encaminhada para o Posto de Saúde de Palmital para atendimento médico.

Foram efetuados patrulhamentos no intuito de localizar o autor, sem êxito até o momento.

Leia também sobre:

AMEAÇA

No dia 13 de novembro de 2020, por volta das 20h10min, compareceu ao 4º Pelotão de Palmital, uma senhora de 28 anos.

Relatando que ela e seu marido vem sofrendo ameaças através de mensagens no celular provenientes do número telefônico identificado, e que são moradores de uma localidade rural, interior a cerca de 35km da cidade de Palmital.

Que nesta data na parte da tarde, foram avisados por sua sogra que a estrada rural que dá acesso a propriedade do casal estava parcialmente interditada por pedras na mesma serra onde o irmão da solicitante assassinado em 2015.

Diante do fato, a equipe deslocou até a entrada da propriedade, não sendo notado nada de anormal, bem como a via não se encontrava obstruída. Sendo a solicitante orientada.

AMEAÇA

Entrou em contato um senhor, relatando que seus vizinhos estariam tendo uma discussão em tom elevado, sendo que temia pela integridade física de uma senhora.

No local, em conversa com a mesma, esta relatou que seu marido ingere bebida alcoólica constantemente e acabam discutindo.

Não aparentava sinais de violência nem se queixou de ameaças, apenas que discutiram por motivo da bebida. 

Os envolvidos foram orientados no local e liberados.

 Fonte: PM

Nenhum comentário:

Postar um comentário