quinta-feira, 3 de setembro de 2020

LUNARDELLI - Duas ocorrências da ROTAM por tráfico de drogas


TRÁFICO Neste dia 02 de setembro, de 2020, a equipe ROTAM de Ivaiporã, causou o maior "corre" de traficantes e usuários de drogas em Lunardelli. 

Nossa equipe de reportagem passava pelo local, quando registrou esta imagem. Aqui ressaltamos mais uma vez o grande trabalho da ROTAM, que com eficiência e dedicação tem tido um ótimo resultado e coleciona prisões de traficantes e acusados de outros crimes na região. 

Sobre a ocorrência de tráfico em Lunardelli, foram dois flagrantes. Mais tarde a 6ª Companhia da Polícia Militar, divulgou detalhes, afirmando que a ROTAM foi aquele município verificar situação de tráfico de drogas. 

No local foram abordados dois indivíduos, sentados na área da casa, sendo identificados como pessoas, de 18 anos, e 22 anos, sendo encontrados: 03 buchas de maconha envolvidas em sacola plástica na cor amarela e pesando seis gramas. 

Também foi localizada uma faca de cabo branco com resquícios de maconha. Numa casa abandonada, usada por um deles, foram encontrados vários pedaços de sacola, iguais as buchas encontradas com o cidadão, de 22 anos. 

Questionados ambos, reconheceram que estavam realizando tráfico no endereço há cerca de um mês, mas há informações que o tráfico ocorria há mais de um ano. 

A princípio eles se chamam Bruno e Edina. Os quais apontaram também onde havia mais maconha, sendo localizada uma sacola amarela com 02 tabletes de 35,8 gramas. 

Ainda apontaram a casa de quem estava fornecendo o entorpecente, que seria uma pessoa também de Lunardelli, de nome Augusto e conhecido como "Pericão". 

A ROTAM seguiu para o segundo local, onde foi localizado o indicado, como sendo a pessoa que repassava a droga e também uma segunda pessoa suspeita. 

Próximo a eles, no chão, foi encontrada uma porção de maconha de 1,5 grama. Foram abordadas ainda duas mulheres que saíram da casa, ambas de 18 anos.

 Ao fazer uma varredura dentro do imóvel, foram encontrados: 04 buchas de maconha de 5,8 gramas, R$430,00 reais em cédulas diversas, rolo de plástico filme cortado, 01 pacote contendo vários saquinhos de geladinho e ainda uma faca com resquícios de maconha. 

Tudo em uma gaveta no quarto do acusado. Na calha da casa vizinha, que era um local de fácil para os traficantes, havia mais 24 buchas de droga em geladinho, duas porções maiores envolvidas por plástico filme pesando 67,7 gramas, e, na forração, mais 28,6 gramas de maconha ainda não processada. 

O morador da residência tentou assumir sozinho, porém as denúncias narravam a participação da irmã e de mais duas pessoas na prática do crime. Todos receberam voz de prisão e tiveram seus celulares apreendidos. 

O cidadão, de 22 anos, indicou também a equipe, um local, onde foi localizado um pé de maconha em uma estufa próximo ao rio. 

Todos foi encaminhado para a delegacia de são João do Ivaí. Até a publicação desta reportagem, os acusações ainda não haviam se manifestado sobre as acusações. 
FONTE: Blog do berimbau.

DA REDAÇÃO/ JONEI FARIAS



Nenhum comentário:

Postar um comentário