quinta-feira, 9 de julho de 2020

PITANGA - MÚSICOS PITANGUENSES DÃO EXEMPLO DE UNIÃO E SOLIDARIEDADE ENTRE A CATEGORIA

Em entrevista com o "Marquinhos dos Ventanas" ele nos relatou a realidade e o exemplo destes artistas neste tempo que vivemos.

Estamos vivendo em tempos difíceis para todos onde o medo, a insegurança, incerteza e as dificuldades financeiras vem sendo piores que a própria pandemia.

E sem dúvidas, nesse momento um ombro amigo, uma mão estendida, o saber que alguém está se preocupando com nós faz toda a diferença.


Em Pitanga, dentre muitos exemplos está o dos músicos da cidade, os quais vêm mostrando uma união exemplar entre toda a categoria, onde a concorrência e qualquer outra situação, ficou para trás e deu lado a uma união, e comprometimento com o bem estar do próximo.

Segundo o Marquinhos dos Ventanas: (FOTO) " Muitos músicos da cidade dependiam exclusivamente da renda vinda da música, e com toda esta pandemia estão passando por dificuldades, pois de uma hora para a outra ficaram sem trabalho e consequentemente sem ter praticamente renda nenhuma". 

E como encontrar um trabalho em meio a tantas dificuldades, onde muitos estão sendo mandados embora de seus trabalhos?

Segundo Marcos, a união e o amor ao próximo tomou conta de toda a categoria, onde todos se uniram em um bem comum, e a realização das lives em prol dos músicos da cidade, passou a ser uma referência na ajuda destes artistas.

"Essas lives, são a grande oportunidade para que nós e nosso público, permaneçamos juntos neste momento difícil". Afirmou Marcos.  

Todas as lives foram possíveis graças ao empenho dos músicos, mas acima de tudo graças ao bom coração da população, e dos patrocinadores.

E através desta postagem o Marquinhos faz um convite especial para todos. Neste domingo dia 12 de julho teremos a Live Prosa e Viola, com todos os músicos da cidade, esta que será feita ao ar livre, obedecendo todas as orientações do Ministério da Saúde e transmitida pela TV Impactus.

E você também poderá  fazer sua doação nesta live em prol daqueles que mais precisam.

Nossos músicos e todos aqueles que trabalham, ou indiretamente dependem dos eventos foram os primeiros a parar e serão os últimos a voltar às atividades normais, por isso em nome de todos pedimos, vamos acima de tudo nos cuidar, fazendo a nossa parte para que este vírus aos poucos vá embora e assim permita  que aqueles que sempre nos trouxeram alegria e descontração possam voltar a fazer isso o mais breve possível.

Da redação/ Sandra Laciuk


Nenhum comentário:

Postar um comentário