quinta-feira, 23 de julho de 2020

GUARAPUAVA - Mulher é sequestrada e mantida em cárcere privado pelo namorado


Um mulher de 48 anos foi sequestrada e mantida em cárcere privado durante toda a quarta (22) em Guarapuava. 

De acordo com relato policial, por volta das 21h, a PM foi até a rua Rubens Fleury da Rocha, no bairro Bonsucesso. 

No endereço, uma jovem de 22 anos relatou que a mãe tinha saído para trabalhar cedo, não tinha retornado e nem dado mais notícias. 

Além disso, a jovem afirmou que tinha recebido uma informação que a mãe estaria sendo mantida em cárcere privado pelo ex-namorado de 42 anos. 

Os policiais foram então até a casa do denunciado, que fica na rua das Cerejeiras, no bairro Morro Alto. A PM perguntou se a ex-namorada estava no local e o morador disse que sim. 

Neste momento, conforme a polícia, a mulher apareceu na porta da residência e o homem fez a mesma voltar para dentro. Ele então foi até o portão da casa e segundo os policiais estava bem alterado e se recusou a abrir o portão para a equipe. 

Em seguida, foi estabelecido contato com o homem já acompanhado da mulher no pátio da residência. Os policiais perguntaram para ela se havia algo de errado acontecendo, e a mulher disse que estava tudo bem. 

SEQUESTRO E CÁRCERE 

Porém, quando o ex-namorado entrou na casa, a mulher relatou rapidamente que estava sendo impedida de sair. Os policiais então pediram que a mulher pulasse o muro. 

Ela relatou que o ex-namorado estava pela manhã em frente da casa onde ela trabalha e a obrigou sair e ir até a casa dele, onde permaneceu até a chegada da polícia. 

Foi solicitado apoio de outras viaturas, pois o denunciado por sequestro e cárcere privado estava bem alterado, e agressivo e se trancou dentro da casa, impedindo a equipe de entrar. 

Após a chegada das equipes de apoio, e diversas tentativas de diálogo, ele abriu a porta. Entretanto, o homem não acatou as ordens da equipe, sendo necessário o uso de técnicas de imobilização, e força moderada. 

Ele foi preso e levado para a 14ª SDP.

Fonte: RSN

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário