sexta-feira, 17 de julho de 2020

APRENDA A ESCOLHER O CORTE DE CARNE IDEAL PARA AQUELE SEU PRATO ESPECIAL

A imagem pode conter: comida e textoFinal de semana chegando e você já está planejando fazer aquela carne assada para o almoço de domingo.


Se você é daquelas pessoas que chega no Açougue não sabe que carne pedir, e a única certeza que tem é de fazer aquele almoço especial.

Pensando nisso selecionamos  aqui 7 tipos de carne, para facilitar a sua escolha e surpreender a todos com suas receitas.

Mas antes de aprender a escolher a carne ideal temos outra super dica para você, opte por carnes Frigodasko, pois aí você unirá bom gosto e qualidade, e você encontra em qualquer lugar do Paraná.

Porque se tem Frigodasko, com certeza tá garantido o churrasco.

Agora fique atento nas dicas e escolha a melhor carne:
Picanha – Esse corte é a estrela do churrasco! A picanha é uma carne nobre conhecida por sua maciez e sabor super acentuado, que se deve à generosa camada de gordura que a envolve. Ela pode ser cozida e assada no forno, mas o churrasco é o ponto forte de preparo dessa peça de carne tão suculenta.
Alcatra – A alcatra é uma parte nobre do boi que é formada por 5 cortes diferentes de carnes, dentre elas a picanha e a maminha. Esse conjunto é chamado de “alcatra completa” e dá origem a diversos outros tipos de cortes. Ela é perfeita para bifes, rosbife de panela e também é uma queridinha dos churrascos!
Filé mignon – O filé mignon é uma carne bovina super suculenta e sem dúvidas o corte mais macio da nossa listinha. Por ser uma peça lisa sem nenhuma gordura, fibra ou nervo, ele é geralmente escolhido para pratos finos como medalhões, estrogonofe e rosbifes. Ou seja, se você estiver pensando em fazer um jantar mais sofisticado, o filé mignon é o corte perfeito!
Patinho – O patinho é uma carne magra localizada na parte traseira do boi. Ela é um pouco menos macia que a alcatra mas não perde em nada no sabor. Essa carne é ideal para moer e perfeita para o preparo de quibes e picadinhos. Para escolher no açougue, lembre-se que esse corte tem um formato um pouco mais arredondado que o coxão mole.
Lagarto – O lagarto é um corte de primeira e faz parte do coxão duro. Por ser uma carne um pouquinho mais dura que as outras, requer mais tempo de forno para ficar bem macia. Seu corte a faz ser uma das favorias para ser recheada (com legumes e bacon fica bem gostosa!). Além disso, também é boa para o preparo de ensopados, cozidos em geal e pode também ser assada. Se quiser preparar bifes com essa carne, opte pelo à milanesa.
Maminha – A maminha é um dos cortes de conjuntos de carne que formam a alcatra e é super famosa por sua suculência e sabor suave. Por ser uma carne com maior teor de gordura, é recomendado que seja servida bem-passada. Ela é ideal para assados, carnes de panela, bifes e até mesmo sem preparada em um churrasco ou na grelha. Essa peça de carne é super versátil, viu?
Cupim – Chegamos a um dos cortes mais gordurosos e suculentos do boi: o cupim. Essa carne é caracterizada pela grande presença de gordura, o que proporciona maciez única ao seu corte. Ela precisa de um cozimento lento e é pedida certa em churrascarias! Uma dica para deixar a carne ainda mais macia, é cozinha-la previamente na panela de pressão antes de ser assada na grelha ou no forno.
Fonte: Tudo gostoso
Da redação/ Sandra Laciuk

Nenhum comentário:

Postar um comentário