sábado, 13 de junho de 2020

PITANGA: CARRO BATE EM PAREDE DE RESIDÊNCIA, FICANDO PRESO EM UM DOS CÔMODOS

Por volta das 21h45min do dia 12 de junho a Polícia Militar de Pitanga recebeu uma solicitação de um senhor de 45 anos, o qual relatou que um veículo GM/ Blazer teria invadido o terreno ao lado de sua casa e colidido em sua residência, ficando parte do veículo presa em um cômodo da casa onde dorme seu filho, e o condutor estava no local.

Diante dos fatos, a equipe deslocou-se até a Avenida Matilde Martins Orane, Bairro Pitanguinha, onde constatou o fato, sendo que oBo veículo, qual teria invadido e arrebentado o portão que dá acesso ao terreno, parando somente quando atingiu a parede de madeira da casa, quebrando e entrando com parte do veículo dentro do cômodo do quarto, qual dorme um menino de 10 anos, e que por sua vez no momento da batida, estaria brincando em um outro cômodo, não ferind  ninguém
que estava dentro da casa no momento do fato.

Em ato contínuo foi conversado com o senhor, proprietário da residência, qual informou que o condutor seria um rapaz, de aproximadamente 20 anos, e que este teria se evadido do local pouco antes da chegada da viatura policial, também que outro rapaz de idade aproximada estaria com ele no momento da batida, se evadindo em seguida.

Fazia-se presente também a senhora proprietária do veículo, e o senhor, se identificando como os pais do condutor do veículo GM/blazer, que por sua vez seria a pessoa de, 19 anos, não possuindo carteira nacional de habilitação conforme consulta operacional, foi 
indagado aos mesmos se saberiam onde seu filho estaria estes
relataram que não, e que 
estariam tentando realizar um contato via celular com ele, porém, sem respostas até o momento, 
também informaram que provavelmente este estaria junto com a pessoa de, 18 anos.

Diante dos fatos foi recolhido o veículo até o pátio da 3ª Cia de Policia Militar, lavrado as documentações pertinentes, e orientado as partes quanto aos procedimentos cabíveis.

Da redação/ Sandra Laciuk

Nenhum comentário:

Postar um comentário