quarta-feira, 13 de maio de 2020

Acidente com sete veículos deixa uma pessoa em estado grave na região


Na madrugada (0h50min) desta quarta-feira (13), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atendimento de uma colisão entre duas carretas na rodovia PR-317, proximidades do Condomínio Alphaville, com uma vítima presa nas ferragens. 

Foram despachados um caminhão de resgate e uma ambulância do Corpo de Bombeiros, um veículo de intervenção rápida - VIR SIATE (suporte avançado de vida composto por médico, enfermeiro/a e bombeiro condutor) e também Oficial de Área para gestão da cena.

Ao chegar no local, confirmou-se a colisão envolvendo uma carreta de placas do Paraguai carregada com arroz a granel, estando seu único ocupante, o condutor, homem de 31 anos, preso às ferragens em estado grave. 

O outro veículo era um bitrem descarregado, cujo condutor recusou atendimento.

Durante a fase inicial de atendimento, a Polícia Rodoviária Estadual informou que a cerca de 200 metros dali um novo acidente aconteceu, havendo mais vítimas presas às ferragens. 

Parte do efetivo foi designado para avaliação do novo sinistro, e constataram um cenário catastrófico: uma carreta carregada de pisos com cabine totalmente destruída e tombada, um automóvel fora de pista atingido na traseira e colidido frontalmente contra uma árvore, uma caminhonete prensada entre dois caminhões. 

Apesar da deformidade dos veículos, não havia presos às ferragens, mas um total onze vítimas, das quais 3 receberam atendimento, e outras 8 optaram por assinar termo de recusa. Estes três atendidos eram os ocupantes da caminhonete, homens com 18, 25 e 43 anos.

Em razão da evolução do cenário inicial, mais recursos foram mobilizados: um caminhão de resgate do Corpo de Bombeiros; mais três ambulâncias, sendo duas do SAMU e uma do Corpo de Bombeiros, e o veículo de intervenção rápida - VIR SAMU. 

Em paralelo, a figura do Oficial Supervisor foi acionada para gerir os recursos que permaneceram em Maringá em caso de novas ocorrências.

Além dos serviços de salvamento veicular e atendimento pré-hospitalar, foi realizada limpeza de pista em virtude de parte da carga de arroz estar espalhada
Fonte: Cianorte Agora

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário