quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

Noite de Terror em Palmital na virada do Ano

O autor adentrou o hospital e atirou na vítima em Palmital


Na data de 01/01/2020, por volta das 06h04min, a equipe Policial de Palmital, estava em deslocamento para averiguar uma situação de vias de fato em frente a uma danceteria, Império Lounge.

Quando recebeu uma ligação da equipe de enfermagem do posto de saúde deste princípio dando conta que naquele local, que teria ocorrido um homicídio e vários disparos de arma de fogo.

Prontamente a equipe deslocou até a unidade de saúde, onde no local estavam três pessoas sendo atendidas, sendo que a pessoa de João Genuilson da Costa já encontrava-se e óbito, vítima por disparo de arma de fogo.

Em contato com o enfermeiro Lourival Latzuk, este relatou que prestava atendimento médico a pessoa de Henrique Alves Mancini, ferido por arma branca, momento em que chegou no local a pessoa de João Genuilson da Costa, com ferimentos oriundos de arma de fogo, sendo que este estava acompanhado de sua mulher Melania Mussak.

Relata que enquanto a pessoa de João Genuilson era atendido pela equipe médica, um indivíduo adentrou as dependências e começou a disparar contra o mesmo, vindo a atingir dois disparos na região do pescoço, levando-o a óbito.

Um terceiro disparo atingiu a mulher de João Genuilson, Melania Mussak, na região da mão direita, sendo posteriormente atendida pela equipe médica.

No local foram colhidas informações sobre o autor dos disparos, sendo reconhecido por uma testemunha, que relatou a equipe policial, que estava na danceteria no momento dos fatos e presenciou alguns momentos.

Relatou que no local houve um desentendimento entre as pessoas de João (vítima fatal) e o Autor dos disparos, sendo que a pessoa de Henrique foi tentar separar a briga e foi ferido por uma faca, faca que estava de posse de João Genuilson.

Relata que não sabe ao certo o motivo da briga entre as partes, mas que Genuilson estava alterado e provocando a todos no recinto, só sabe que João foi ferido durante os fatos e procurou ajuda médica, e que posteriormente o Autor foi até o hospital e disparou contra João várias vezes.

No local foram encontradas três cápsulas de munição calibre .380, sendo isolado o local e acionado os órgãos competentes para os procedimentos legais, criminalística e IML.

No local estava o automóvel da vítima João Genuilson, um Classic de cor prata, sendo que no automóvel havia três perfurações no para-brisa, oriundas de arma de fogo.

Foram realizadas buscas nos endereços do autor dos disparos porém sem êxito em encontrá-lo, sendo que informações davam conta que o autor evadiu-se da cidade.

Confeccionado o boletim de ocorrência e demais documentos referentes ao fato.

FONTE: Policia Militar

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM