sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

FAMÍLIA DASKO É HOMENAGEADA ATRAVÉS DA ATRIBUIÇÃO DE TÍTULO DE CIDADÃO BENEMÉRITO DE PITANGA À TEREZINHA E JOÃO DASKO NA CÂMARA DE VEREADORES


TAMBÉM FOI CONCEDIDO TÍTULO DE CIDADàHONORÁRIA À MARIA ISABEL BUCMAN E MARIA ELENA RAFAELLI


Na noite de ontem (05), aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores de Pitanga uma Solenidade de Honrarias, à João Dasko e Terezinha Angelina Menon Dasko, onde eles receberam o título de cidadão Benemérito do município de Pitanga, título esse atribuído às pessoas que nascem no município e desenvolvem bom trabalho, pela comunidade.

João e Terezinha foram homenageados, como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na cidade, especialmente fundação da empresa Frigodasko, hoje, uma das maiores geradoras de emprego no município, onde graças a eles são 350 famílias empregadas diretamente,  resultando na permanência destas famílias no município, não precisando elas se aventurarem para os grandes centros em busca de oportunidade de trabalho, e ainda também vale lembrar dos empregos gerados indiretamente, e tudo isso fazendo com que venha a somar na renda do comercio local, onde isso contribui para o seu crescimento e consequentemente a abertura de novas vagas, aquecendo assim a economia local.

João Dasko nascido em 17 de janeiro de 1962, filho de Tecla Manchur Dasko e José Dasko, desde pequeno João ajudava seus pais na lavoura, a principal fonte de renda da época.

No ano de 1981 casou-se com Terezinha, filha de Francisco Cezar Menon e Otília Anzolin Menon, nascida em 03 de marco de 1955, onde desta união tiveram dois filhos Márcio Cezar e Franciele de Fátima, e hoje tem dois netos Mateus e Isadora, filhos de Marcio e Alessandra.

Como em dado momento João começa a perceber que os recursos da lavoura sendo limitados, a família poderia passar por dificuldades e através do incentivo de seu tio Teodásio Manchur, ele decidiu mudar de alternativa de renda e foi tocar um açougue, o qual era localizado no Bairro Vila Nova em Pitanga no ano de 1984, com nome de açougue São João.

Já no ano de 1991, com a crise econômica da época, João decidiu buscar outra alternativa de renda arrendando uma fábrica de farinha de milho antigo Novelin, a qual era localizada próximo a Pedreira no Britador, permanecendo por dois anos.

Dando continuidade ao segmento e agora com a criação e engorda de porcos, permanecendo até 1996, quando a vigilância sanitária de Pitanga, atendendo as novas regras via a necessidade de um abatedouro municipal, o qual começou a funcionar na chácara do senhor Odair Seguro, onde com o crescimento surgiu a necessidade de um espaço maior e com melhor estrutura.

Onde com isso, João e Terezinha decidiram comprar o atual frigorifico, dando início em 21 de novembro de 1997. “ Me lembro como se fosse hoje, quando cheguei em casa e vi um molho de chaves de mais ou menos meio quilo e cima da mesa, e quando perguntei de que se tratava meus pais me disseram que haviam comprado o frigorifico, que aquelas chaves seriam de lá”. Lembrou Márcio emocionado ao lembrar de deste acontecimento e falar sobre seus pais.

E hoje este pequeno frigorifico se transformou na maior empresa da cidade de Pitanga, onde além de ser uma grande geradora de empregos, ainda leva o nome do município para todo o estado do Paraná atreves de seus produtos alimentícios, e agora também com a fabricação de botinas.

Também na ocasião, foi concedido o título de cidadã honorária à Maria Elena Rafaelli, título este atribuído aos que não nasceram na cidade, mas que vieram moram e desenvolveram um bom trabalho em prol da comunidade.

À Maria Elena foi atribuído o presente título, graças ao seu exemplar trabalho social, missionário e também com a contribuição com a economia local. Exemplo de bondade e amor ao próximo, esta brilhante mulher se destacou pelas suas ações, desenvolvidas no decorrer dos anos.

E também Maria Isabel Bucmann foi homenageada recebendo o título de cidadã honorária pelo excelente trabalho durante muitos anos, onde foi responsável pelo projeto e criação do Sindicato Rural também pelo trabalho com as pessoas mais humildes do interior e a sua atuação na APAE de Pitanga onde atualmente é a presidente, e vem doado parte do seu tempo em prol da instituição fazendo a diferença através de suas ações.

A todos os homenageados, os nossos parabéns e declaramos o nosso orgulho em saber da importância de termos pessoas exemplares em nossa cidade.


























Da redação/ Sandra Laciuk

Nenhum comentário:

Postar um comentário