quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Sete homens estupram mulher em Pinhão


Uma mulher de 23 anos foi encontrada em via pública depois de sofrer um estupro coletivo em Pinhão. 

De acordo com a PM a situação ocorreu por volta das 17h20 dessa quarta (20) quando ela estava a caminho do trabalho. 

Já no Hospital Santa Cruz, a vítima informou à polícia que estava na avenida Hipólito Aires de Arruda, próximo à Rádio Pioneira, quando foi abordada por um Fiat Palio branco com dois ocupantes. 

Além disso, ela afirmou que um dos homens estava armado e a obrigou a entrar no carro. Depois disso, ela foi levada para uma casa, mas não soube informar o local exato. 

Na casa, havia outros cinco homens. A jovem disse que foi obrigada a ingerir bebida alcoólica e após isso afirmou não lembrar de mais nada. 

A vítima disse aos policiais que dos sete homens que estavam no local, apenas um tinha o rosto descoberto. 

A mulher foi estuprada por eles. Ela afirmou que um dos homens que a abusou tinha uma tatuagem de coroa no braço e que pelo tom da voz, os abusadores pareciam ser jovens. 

Depois a abandonaram na rua Expedicionário Amarílio, onde ela conseguiu pedir socorro e foi levada até a Defesa Civil de Pinhão onde chegou desacordada. 

Em seguida, foi encaminhada para o Hospital Santa Cruz. 

A PM foi acionada hoje (21) pelo hospital por volta das 9h30, quando à vítima relatou para as enfermeiras o que tinha acontecido.
DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

FONTE: RSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM