domingo, 17 de novembro de 2019

Principais ocorrências policiais em Pitanga e Palmital


PITANGA  

LESÃO CORPORAL- VIOLÊNCIA DOMESTICA/ AMEAÇA: No dia 16 de novembro de 2019, por volta das 15h00min, durante patrulhamento a equipe foi abordada pela solicitante, a qual relatou que seu filho na madrugada do dia 15 para dia 16 de novembro de 2019, passou a agredir a mesma com empurrões e tapas.

E ainda ameaçou atear fogo em sua residência espalhando álcool pela casa. Relatou ainda que a agressão se encerrou após um vizinho intervir. Diante dos fatos a mesma foi orientada quanto aos procedimentos.

LESÃO CORPORAL- VIOLÊNCIA DOMESTICA: No dia 16/11/2019 por volta das 21h45min entrou em contato a solicitante relatando que estava com sua filha e seu convivente em um posto de combustível.

E quando retornaram para a casa ele começou a agredir ela com soco, chute, bateu sua cabeça contra a parede várias vezes e estrangulou falando que ia matar ela. 

Foi deslocado até o local, porém o agressor não se encontrava. A solicitante mostrou os machucados na região do rosto, perna e cabeça. 

Posteriormente o suspeito foi localizado, foi dada voz de prisão para ele e encaminhado até a 45 DRP para os procedimentos cabíveis.

PALMITAL

FURTO: Por volta de 19h00min do dia 16/11/2019, relatou o solicitante que havia saído de sua residência no centro sendo que ao retornar por volta de 18h30min.

Percebeu a falta de um notebook da marca Acer e ainda duas carteiras contendo um total em dinheiro de R$1.850,00 e mais R$400,00, que estava em uma gaveta, além de documentos pessoais carteira de identidade, carteira de registro acadêmico, CPF e título de eleitor do solicitante. 

Foram iniciadas as buscas por possíveis autores, porém sem êxito. 

O fato foi repassado apara polícia civil para os demais procedimentos.

VIAS DE FATO: Por volta de 05H00MIN do dia 17/11/2019, a equipe foi solicitada para dar atendimento a uma briga. 

No local, foi relatado pelos seguranças que duas mulheres haviam entrado em vias de fato. Foi relatado pelos seguranças que em determinado momento perceberam a confusão e que retiraram as duas pra fora. 

Em conversa com a equipe foi relatado por uma das mulheres que estava de costas quando a outra lhe agrediu na cabeça, sem motivos aparentes, dando início a confusão.

Não houve interesse em representação pelas partes, as quais foram orientadas.

FONTE: PM

DA REDAÇÃO/ MARIA FARIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM