segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Jovem pode ter sido morto por causa de uma pipa em Jardim Alegre


No início da noite, deste dia 04 de agosto, de 2019, domingo, a Polícia Civil, de Ivaiporã, a Polícia Militar, de Jardim Alegre e o IML - Instituto Médico Legal, foram acionados para comparecer no Hospital Municipal. 

Um jovem, de nome Wellington Torres, deu entrada na unidade, com ferimentos graves, pouco depois, não resistindo, entrou em óbito. 

Uma testemunha disse que alguém o atacou por conta de uma pipa que estava soltando Rua conhecida como "Projetada" próximo a um bar. 

Na confusão, Wellington teria sido agredido com uma garrafada, pelas costas e, ao cair, bateu com a cabeça no chão.  

A PM recebeu informações, que o sogro do agredido, poderia ter maiores detalhes. Ao chegar à casa dele, o homem informou que foi ao local e ficou sabendo que a confusão foi com um grupo de adolescentes. 

O rapaz empinava pipa e a linha arrebentou ou foi cortada. Ele pegou o carro e foi até o local onde o objeto caiu; havia vários adolescentes, sendo que no momento em que se abaixou para pegar, foi agredido pelas costas por um rapaz, maior de idade. 

Provavelmente houve alguma confusão e antecedeu a agressão.  Com base nas declarações, a PM foi a casa do suspeito, que estava juntamente com seus pais. 

Ele foi detido, trata-se de um maior, o qual conduzido até a Delegacia de Ivaiporã e será ouvido nesta segunda-feira, dia 05 de agosto. 

Uma irmã de Wellington, de nome Rosi Hereman, disse que a vida de Wellington, era trabalhar a semana toda, como funcionária do "Dj Som" e, nos sábados e domingos, soltar pipa, paixão que tinha desde criança. 

Familiares disseram que querem justiça, porque, quem matou, tirou a vida do pai de uma criança de 04 anos, um cidadão, casado, trabalhador e idôneo. 

SEPULTAMENTO - A família decidiu pelo velório, na Capela Mortuária e sepultamento às 17 horas, de 05 de agosto. 

Da Redação/Maria Farias

Fonte: Blog do Berimbau

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM