domingo, 14 de julho de 2019

MULHER ATACA PADRE MARCELO ROSSI E JOGA DO PALCO DURANTE A MISSA DE ENCERRANENTO DO PHN 2019

Uma mulher empurrou o Padre Marcelo Rossi do palco de um evento na tarde deste domingo em Cachoeira Paulista (SP). 

O vídeo que mostra o momento em que o religioso cai do palco se espalhou pelas redes sociais. O Padre Marcelo participava do encerramento do Acampamento PHN (Por Hoje Não, por hoje não vou mais pecar), na sede da comunidade católica Canção Nova. 

O ataque ocorreu durante a celebração da missa, que era transmitida ao vivo pela internet. O vídeo mostra a pregação do religioso quando, repentinamente, uma mulher de blusa branca corre na direção do padre e o empurra. 

Ele cai do palco, enquanto a mulher aparece sorrindo. A câmera se volta para os fiéis assustados. 

No mesmo momento a transmissão ao vivo foi pausada. Em seguida o Padre Marcelo Rossi voltou ao altar, passou por um rápido exame com os paramédicos e decidiu continuar a celebração da Santa Missa! O Padre em seguida confirmou a todos que faria um B.O., mas este B.O. seria diferente! Diante de todos ele levantou a Bíblia e disse: Bíblia e Oração.

CONCLUSÃO: A ação dessa mulher pode ser considerada uma obsessão demoníaca que é uma espécie de tentação potenciada. 

O inimigo age extraordinariamente, com mais clareza e intensidade. Embora existam níveis variados de “obsessão”, de fato, todos eles almejam atacar a alma da vítima, fragilizando-a perante as armadilhas satânicas. 

A principal razão da obsessão é a inveja do diabo. Ele não suporta assistir às boas ações dos filhos de Deus, ainda mais quando estas arrancam-lhe a condição de levar mais almas para o inferno, tornando o indivíduo – ao mesmo tempo – uma pessoa santa. 

Quando o demônio via o empenho missionário de São João Maria Vianney, Santo Antão e São Pio de Pietrelcina, sentia-se profundamente ameaçado, pois sabia do risco que corria caso os fiéis dessem ouvidos aos seus sermões, ensinamentos e etc.

Por isso, atacava por inveja dos filhos de Deus. Mas, normalmente, o diabo não age dessa maneira. Ele, por si só, não tem poder para agredir na carne. Misteriosamente, é Deus quem o permite se manifestar assim. 

A princípio essa autorização divina pode escandalizar, levando os fiéis a se perturbarem. Por que Deus daria tamanho poder ao demônio, autorizando-o a machucar um filho seu? Por causa de uma eleição. 

Os santos que sofreram com tais fenômenos diabólicos tinham uma missão para a Igreja. O Senhor conhecia as suas almas e sabia do grande amor delas. Aqui, então, cabe mencionar as palavras de Santo Tomás de Aquino: 

“Deus permite que os males aconteçam para tirar deles um bem maior”. Isso explica a vontade divina. 

Dos sofrimentos de alguns de seus filhos, Deus pôde colher frutos espirituais para a salvação dos demais.

Além disso, permitindo a “obsessão”, Deus concede às almas santas a oportunidade de amá-lo ainda mais.
Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário