domingo, 16 de junho de 2019

Marido mata a esposa a marteladas e queima a casa com o corpo em Irati


Um caso de incêndio com um corpo carbonizado em Irati teve uma grande reviravolta nesse sábado (15 de junho).

Na madrugada de sexta (14) o Corpo de Bombeiros Militares de Irati foi acionado para combater um incêndio em residência. 

Quando o incêndio foi controlado, os bombeiros encontraram o corpo de uma mulher carbonizado. 

A Polícia Militar foi acionada e fez o isolamento do local, até a chegada do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

REVIRAVOLTA NO CASO

Porém, neste sábado (15) uma mulher compareceu até a 1ª Cia de Polícia Militar para fazer uma denúncia. Segundo ela, seu cunhado teria matado a esposa com golpes de martelo na cidade de Irati e estava escondido na casa de seu irmão no bairro Oficinas, em Ponta Grossa.

Equipes Policiais da cidade de Ponta Grossa se deslocaram até o endereço da denúncia e fizeram a abordagem do indivíduo que se encontrava na casa do seu irmão.

O suspeito confessou aos policiais que golpeou sua esposa com um martelo e quando percebeu que ela já estava sem vida, levou ela até o quarto e ateou fogo em um colchão, fugindo do local.

Após o crime, o indivíduo ficou escondido durante a sexta feira em uma mata e durante a noite se deslocou para Ponta Grossa, onde procurou abrigo para se esconder na casa de seu irmão.

O feminicida, que não teve o nome divulgado, foi preso pela Polícia Militar de Ponta Grossa e encontra-se à disposição da Justiça.

Da Redação/Maria Farias

 Fonte: GR

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM