sexta-feira, 31 de maio de 2019

ALERTA: NOVO VÍRUS QUE PODE SER TRANSMITIDO PELO AEDES AEGYPTI É DIAGNOSTICADO NO BRASIL

Um novo vírus parecido com a Chinkungunya, já foi registrado em áreas urbanas, nos estados de São paulo e Rio de janeiro, pesquisadores o tratam como primo do Chikungunya devido a semelhança entre os sintomas da doença, pois faz parte família da mesma arbovirose

O Vírus denominado de Mayaro  é transmitido pelo mosquito Hemagogos, uma espécie silvestre,  mas que pode se adaptar com o Aedes Aegypti, e os sintomas da doença são muito semelhantes as do Zica Virus e Chinkungunya: febre alta, dores musculares, de cabeça e nas articulações. Estes sintomas desaparecem com o tempo, porem pode haver complicações graves, como hemorragia e problemas neurológicos. 

Segundo o pesquisador, Luiz Tadeu de Morais Figueiredo, diretor do departamento de virologia da USP e especialista em virologia, o vírus Mayaro é uma zoonose  que é transmitida para o macaco, como a febre amarela, ciclo é parecido com o da febre amarela: o mosquito com o vírus Mayaro infecta o ser humano ou um macaco.

Segundo o pesquisador ele não é um vírus urbano, mas que pode se tornar, pois é adaptável ao Aedes aegypti, o qual pode transmiti-lo, pois são vírus de mecanismos muito adaptáveis.

Segundo informações, em uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi detectado que alguns casos que foram registrados como sendo Chinkungunya no Rio na realidade se tratavam da febre de Mayaro, os quais foram diagnosticados, de forma errada.

Como nos casos dos outros vírus, só existe uma maneira muito simples de não deixar que este vírus venha a se alastrar pelo nosso país, não deixar depósitos que acumulem água, pois a água parada prolifera o Aedes Aegypti, no qual pode se adaptar o este novo vírus.

Da redação/ Sandra Laciuk

INFORMOU:


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM