quarta-feira, 3 de abril de 2019

MULHER É MORTA A FACADAS E POLICIA NEGOCIA HÁ MAIS DE 14 HORAS COM ASSASSINO EM BALNEÁRIO CAMBORIÚ.


Lucimara Stasiak, de 29 anos, foi morta à facadas pelo companheiro. A Polícia Militar confirmou o feminicídio na manhã desta quarta-feira (3). 

O suspeito, Paulo de Carvalho Souza, de 42 anos, é advogado e está no apartamento na Rua 3150, região central de Balneário Camboriú.

Ele está trancado no imóvel e há mais de 14 horas a Polícia Militar e Polícia Civil seguem em negociação. Todo entorno da área na rua foi isolado para a segurança dos moradores. 

O homem está na sacada e continua ameaçando se jogar do prédio em um possível surto psicótico. Ele mantém o corpo da vítima, que também é advogada, no local que foi visto pelos policiais em cima da cama.

As negociações com a PM começaram por volta das 18h de terça-feira (2). A polícia disse que o homem teria afirmado que conhece técnicas policiais e que sabe como eles podem chegar até ele.

Os vizinhos acionaram a PM, pois desconfiaram quando Paulo chegou ao prédio com sacos de gelo. Testemunhas disseram que o casal teria brigado na quinta-feira passada e, desde então, Lucimara não foi mais vista. 

Ela não atende os telefonemas dos familiares e amigos e não visualiza as mensagens no WhatsApp desde o dia do desentendimento com o companheiro.

Paulo de Carvalho Souza diz que está armado com uma pistola. O corpo da Ambos mantinham um relacionamento há cerca de seis meses. 

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu estão à espera para poder realizar o atendimento médico e de socorro. 

O Bope de Florianópolis também foi acionado.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ouça a Impactus FM