Ouça a Impactus FM

segunda-feira, 18 de março de 2019

Alerta aos pais: Menino de quatro anos corta os pulsos no Paraná e pode ser influência da Momo em Goioerê


O comportamento estranho de um menino de quatro anos, morador do Jardim Curitiba, em Goioerê, chamou a atenção da família. 

Primeiro o garoto tentou cortar os dois pulsos com uma faca, causando ferimentos. Depois o menino agarrou o pescoço do pai com muita força, em uma tentativa de enforcá-lo. 

O fato aconteceu a poucos dias. Na tentativa de descobrir o que estava acontecendo, a família começou a observar os hábitos do menino, chegando à conclusão que poderia ser influência de vídeos que o menino assistia através de um site de vídeos, no telefone celular.

 Depois disso houve o alerta que vídeos de conteúdo infantil são interrompidos pela Boneca Momo, com cenas que ensinam a prática do suicídio às crianças.

 Apesar de a criança não falar, os pais do menino de Goioerê acreditam que foi isso que o incentivou a cortar os pulsos. 

Não realizado nenhum procedimento para relatar o episódio do garoto de Goioerê, mas os pais fazem o alerta já que o comportamento do filho é compatível com denúncias apresentadas, como o do site da revista Crescer, na última sexta-feira:

 “Imagens aleatórias da Momo estão aparecendo em vídeos infantis populares na internet. A personagem interrompe a exibição com mensagens assustadoras como o que uma criança deve fazer para se suicidar”.

 A personagem, criada a partir de uma escultura de um artista plástico japonês, tem olhos esbugalhados, pele pálida e sorriso sinistro e ficou conhecida depois que um vídeo chamado “Desafio Momo” viralizou na internet no ano passado. 

A reportagem da revista Crescer relata o caso de um vídeo popular na internet de uma criança brincando de slime que é interrompido, após poucos segundos do início da sua exibição, com imagens da Momo ensinando o passo a passo de como cortar os pulsos, literalmente.

Fonte: G1

Da Redação/Maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário