Ouça a Impactus FM

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

PM salva a vida de policial civil que ia ser executada em Curitiba


Uma investigadora da Polícia Civil foi salva no início da noite desta quarta-feira (12) em uma tentativa de assalto no bairro Jardim Botânico em Curitiba. 

A policial estava com uma viatura descaracterizada que teve um problema mecânico. 

Ela parou o veículo na Avenida Prefeito Omar Sabag e desceu pra ver o que estava acontecendo. Neste momento um ladrão deu voz de assalto para a policial. 

Ela tentou sacar a arma e o marginal entrou em luta corporal e conseguiu tomar sua arma. Em seguida o ladrão efetuou um disparo e errou. 

Quando ele se preparava para executar a policial civil um soldado do 12° Batalhão que se dirigia para entrar em serviço viu a situação, interviu e baleou no ombro o marginal que fugiu mesmo ferido em direção a Linha Verde, mas foi alcançado.  

O policial efetuou mais um disparo que atingiu a perna do ladrão que finalmente foi neutralizado.  O SIATE foi acionado e ele foi socorrido com um ferimento no ombro e outro na perna ao Hospital Cajuru.

A investigadora da polícia Civil sofreu apenas escoriações da luta corporal. O soldado Hortins é muito conhecido no 12° Batalhão. 

Ele que integra o quadro da PMPR há 15 anos relatou que se preparava para fazer a cobertura do jogo e se dirigia ao 12° Batalhão quando visualizou a investigadora que ele inclusive conhece das ocorrências policiais passando por sérios apuros.

O tenente Smanioto enalteceu o trabalho do policial que foi preciso em sua ação preservando a vida de uma companheira de trabalho.

O baleado segue internado no Hospital Cajuru e após receber alta deve ser encaminhado a uma delegacia.  

Ele já conta com passagem por tráfico de drogas.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário