sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Empresa explica como será a exploração do gás em Pitanga

O prefeito de Pitanga, Maicol Callegari Barbosa, recebeu, na semana passada, a visita de representantes da empresa Traderer.

Vencedora da licitação para a exploração do gás natural dos poços perfurados pela Petrobrás, no distrito de Barra Bonita, em Pitanga. 

Após a visita no gabinete, a comitiva se deslocou até o distrito de Barra Bonita, onde detalhou sobre o projeto de exploração do gás natural. 

Segundo o prefeito Maicol Barbosa, a empresa já está com as licenças ambientais para começar a exploração e, até o momento, a principal alternativa é o envasamento em caminhões tanques e a distribuição do gás como insumo para a geração de energia industrial ou para os postos de combustíveis. 

“Eles pensam em empresas e postos de Campo Mourão, Guarapuava e Pitanga”, comenta o prefeito. 

Uma alternativa descartada foi a instalação de uma termoelétrica, pois estudos de impacto ambiental e de construção do gasoduto inviabilizaram o projeto. 

Também foram realizados estudos e pesquisas sobre a viabilidade da exploração da cerâmica, mas a possibilidade dessa exploração foi descartada, pelo fato que o caulim da região tem pouca plasticidade. 

“Os trabalhos de pesquisa e de busca de empresas vão agora para o lado da fabricação de ureia ou plástico; a energia já temos e agora vamos conversar com empresas, buscando alternativas para o consumo desse gás”, cita o prefeito. 

As reservas são estimadas para duração de pelo menos 30 anos, com uma produção de 100m³ dia. 

A expectativa do prefeito de Pitanga é que essa exploração comece antes mesmo do término da estrada. 

Para isso, a empresa já encaminhou engenheiros para o local e será construído um pequeno escritório e um anteatro, de onde os caminhões de gás irão sair.

Fonte: Jornal Paraná Centro

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário