sexta-feira, 9 de novembro de 2018

AÇÃO CONJUNTA DA POLICIA MILITAR E POLICIA CIVIL FAZ APREENSÃO DE DROGAS, ARMAS E MUNIÇÕES EM GUARAPUAVA


Às 18h30min, a equipe ROTAM, juntamente com o investigador da Polícia Civil, foram apurar uma denúncia anônima de que uma mulher, estaria comercializando e armazenando drogas e armas numa caixa térmica em uma chácara no Bairro Boqueirão.

E que essa chácara seria somente o local onde ela teria alugado para utilizar de depósito e que ela teria mais uma residência no Bairro Industrial, na Rua Francisco Beltrão, porém, não informaram o numeral.

Diante então da complexidade dos fatos, foi solicitado apoio ao Oficial CPU o qual acionou uma equipe do Pelotão de Choque para prestar apoio à equipe para apurar tal denúncia. 

Assim, as equipes deslocaram então até a referida chácara, onde em contato com o proprietário do terreno, de (69) anos, este indicou qual seria a residência que seria alugada para a mulher.

Como uma das janelas da residência estava parcialmente aberta e desta foi visualizado a caixa térmica com as mesmas características descritas na denúncia, foi adentrado na referida residência.

Sendo localizado dentro da caixa térmica aproximadamente 17 kg de substância análoga a maconha, 224gr de substância análoga a crack, e aproximadamente 4 kg de substância análoga a cocaína, 9 balanças de pesagem, sendo 7 delas de precisão, 21 pacotes contendo várias embalagens utilizadas para embalar a droga.

Vários cadernos com anotações de contabilidade da venda dos entorpecentes, uma pistola marca Taurus cal .380, com um carregador alongado contendo 16 munições, localizado também uma espingarda gauge 12, marca e nº série suprimidos, bem como munições de diversos calibres, como .32, .22, .38, .44, .40, 12 e 7,62, também foi localizado 05 placas de coletes balísticos nível II com duas capas, e uma cópia de contrato de aluguel da residência. 

Ao término das buscas, foi conversado novamente com o proprietário do imóvel, o qual afirmou que a mulher, vem na casa cerca de três vezes na semana, e que teria outra residência no Bairro Industrial, confirmando assim as informações da denúncia anônima.

Diante disso as equipes realizaram a apreensão do material encontrado na residência e deslocaram até a Rua Francisco Beltrão, onde foi visualizada a mulher na calçada em frente à residência.

Mas esta ao ver as equipes policiais, tentou correr para dentro de tal casa, sendo possível sua abordagem ainda no pátio da mesma. 

Após busca pessoal, foi localizado na bolsa da denunciada, um comprovante de pagamento de aluguel assinado pelo proprietário da residência, reforçando a veracidade da denúncia.

Diante de todos estes fatos, foi feito buscas na residência onde a mulher adentrava, onde foi encontrado vários comprovantes de depósitos. Ao término das buscas, os objetos apreendidos, os entorpecentes, as armas de fogo, dois aparelhos celular e a proprietária desses materiais foram encaminhados para a 14ª Delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis.
Fonte: 16º BPM

Da Redação/Maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário