quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Médico é preso suspeito de cobrar por cirurgia feita pelo SUS em Mangueirinha


Um médico foi preso preventivamente suspeito de cobrar e receber R$ 1,5 mil por uma cirurgia feita pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em Mangueirinha, no sudoeste do Paraná. 

A ordem de prisão foi cumprida pela Polícia Civil na sexta-feira (19) e divulgada nesta terça-feira (23). 

O médico foi transferido para a cadeia de Pato Branco, também no sudoeste, onde permanece preso. 

A investigação criminal, que corre em segredo de Justiça, vem sendo feita pelo Ministério Público Estadual (MP-PR). 

A promotoria não informou a especialidade do médico e nem o tipo de cirurgia realizada.

 Além do mandado de prisão, os oito policiais que participaram da ação cumpriram ainda uma ordem de busca e apreensão no consultório particular do médico e no hospital onde a cirurgia foi realizada. 

Foram recolhidos computadores, cadernetas, cheques, nota promissórias e dinheiro.


Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário