sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Com ketchup, suspeito encena própria morte nas redes sociais para escapar da polícia no Paraná


O jovem, suspeito de homicídio e tráfico de drogas, foi preso em Campo Mourão por falsa comunicação de crime.

Suspeito encena própria morte nas redes sociais, diz polícia; ele chegou a ligar para a polícia para comunicar o suposto crime.

Um rapaz de 22 anos que era procurado pela polícia de Campo Mourão, no Centro-Oeste do Paraná, foi preso nesta quarta-feira (24) depois de postar nas redes sociais uma foto em que fingia estar morto.

Segundo a Polícia Civil, a ideia do suspeito era espalhar a informação de que tinha morrido e despistar a polícia local, que o procurava pela suspeita de homicídio, tráfico de drogas, roubo e furto.

O plano, no entanto, não saiu como o esperado.

A fotografia da suposta cena do crime mostra o corpo do jovem caído no chão da cozinha, sujo com ketchup para simular o sangue. 

A foto, conforme a polícia, foi tirada por um amigo.

Além de compartilhar a imagem, o próprio rapaz ligou para a polícia para denunciar o falso homicídio, disse a Polícia Civil.

A Polícia Militar (PM) foi até a casa onde teria acontecido o crime e não encontrou o suspeito. 

Um morador da casa indicou que o rapaz na verdade morava em outro endereço. 

Chegando lá, a PM encontrou o jovem vivo, trancado dentro de casa.

Na casa ainda foram encontradas uma arma de pressão, munição e um rádio comunicador sintonizado na frequência da polícia.

O rapaz foi preso acusado de falsa comunicação de crime, violação de comunicação telegráfica e posse ilegal de arma de fogo e munições.

Ele ainda se recupera de um tiro que levou há alguns meses em uma briga, segundo a polícia.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário