terça-feira, 7 de agosto de 2018

Ocorrência de estupro de vulnerável é registrada na Palmeirinha


PALMEIRINHA (DISTRITO DE GUARAPUAVA) - ESTUPRO DE VULNERÁVEL: 

Às 10h40min,o solicitante compareceu no Destacamento PM relatando que recebeu informação que sua filha (12) não teria comparecido ao colégio, e estava na casa de um homem (19). 

Que ele e sua esposa deslocaram até o endereço do suspeito, porém a casa estava fechada. 

A equipe deslocou até o endereço informado, na Rua Santa Isabel, onde foi localizado o indivíduo e perguntado sobre a menina, o mesmo disse que não sabia do paradeiro dela.

 Enquanto a equipe estava conversando com o suspeito, a menina ligou para a mãe, falando que não estava se sentindo bem, e não dizia coisa com coisa. 

Um dos policiais pediu para falar com a menina e perguntou onde ela estava, a qual informou que estava em um "carreiro" que tem por costume usar para deslocar ao colégio.

A menina veio até a equipe, e perguntado a ela sobre o que teria acontecido, ela disse que saiu da casa por volta das 07h25min e em vez de ir para o colégio.

Foi convidada pelo autor para ir na casa dele, onde ficou até aproximadamente às 10h20min, momento em que escutaram uma batida na porta.

E assustada, a mesma saiu da casa após ouvir que o veículo teria saído. 

Perguntado a menina se houve algum ato sexual, ela disse que o autor tentou, porém, a mesma negou, mas houve troca de beijos, e o mesmo passava a mão em suas partes íntimas. 

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao indivíduo e encaminhadas as partes envolvidas até a 14ª SDP, em Guarapuava.

Da Redação/Maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário