OUÇA IMPACTUS FM - A Nova Onda da Internet

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Polícia investiga caso de bebê que morreu após ser perfurado mais de 30 vezes durante atendimento em UPA no interior do Pará


A morte de um bebê de um ano e meio em Breves, no interior do Pará, é investigada pela Polícia Civil local. 

A mãe denúncia que a criança, morta na madrugada de terça-feira (24), foi perfurada mais de 30 vezes na enfermaria da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local, onde recebia atendimento. 

De acordo com o bebê chegou ao local com quadro de vômito e febre, por volta das 19h30, e o atendimento aconteceu perto das 22h.

Foi constatado que no braço dela havia mais de 30 furadas de agulha na tentativa de pegar a veia feitas pela técnica de enfermagem. 

Ainda não se sabe de que a criança morreu. 

Mandei fazer a necropsia,disse.

O delegado Gustavo Ceccagno, que preside o caso.

A Prefeitura da cidade ainda não falou sobre o caso.


Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário