OUÇA IMPACTUS FM - A Nova Onda da Internet

terça-feira, 24 de julho de 2018

DEPEN confirma transferência de acusado de matar esposa advogada em Guarapuava


O Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (DEPEN) confirmou, no final da manhã desta terça-feira (24).

A transferência de Luis Fernando Santos Manvailer para o Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais. 

Manvailer é acusado de envolvimento na morte da esposa e advogada Tatiane Spitzner. 

A vítima faleceu ao cair do quarto andar do prédio onde morava, no Centro de Guarapuava, após uma discussão com o marido na madrugada de domingo (22).

O suspeito foi preso no mesmo dia, em São Miguel do Iguaçu, onde foi interrogado. 

A princípio, Manvailer seria transferido para Guarapuava, onde a situação foi registrada, mas o advogado de defesa do homem, Cláudio Dalledone Junior, pediu para que fosse encaminhado para o CMP como medida de segurança.

Conforme o advogado, os fatos ainda não estão claros, mas a defesa pretende “ajudar na elucidação do que realmente aconteceu naquela madrugada”, comentou Dalledone.

O crime

De acordo com o relato de vizinhos do casal, foram pedidos de socorro da mulher vindos do apartamento onde a vítima morava com o suspeito. 

Após a mulher cair do quarto andar, Manvailer foi até a fachada do prédio e recolheu o corpo da esposa morta, arrastando-a pelo saguão até o apartamento.

Em seguida, ele pegou o carro de Tatiane e seguiu sentido Paraguai. 

O suspeito se envolveu em um acidente em São Miguel do Iguaçu, onde foi preso andando a pé pela rodovia, sentido Foz do Iguaçu.

Da Redação/maria Farias


Nenhum comentário:

Postar um comentário