OUÇA IMPACTUS FM - A Nova Onda da Internet

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Acontece a 84ª edição na Paróquia Matriz Sant’Ana de Pitanga, a tradicional festa religiosa da região central.

A Paróquia Matriz Sant’Ana de Pitanga inicia na sexta-feira, dia 13 de julho, a 84ª edição da mais tradicional festa religiosa da região central. 

A festa da padroeira do município tem uma extensa programação, que vai até o dia 26 de julho, feriado municipal. 

O padre Thiago Grande destaca que esse é um marco religioso importante para a região e que a festa se caracteriza por um grande retiro popular e espiritual da comunidade, já que a primeira ideia é rezar e agradecer, além de expressar a fé na padroeira do município. 

Nesse ano, o tema da novena, que acontece do dia 13 até o dia 21, sempre às 19h00.

É “Cristãos leigos, sujeitos na igreja e no mundo”. Após a missa, acontece a confraternização no salão paroquial. 

Nos dias 13 a 15, a partir das 20h00, haverá a noite cultural de música sacra “Canta Sant”Ana”. 

No dia 16 de julho, será realizada o Arraiá das pastorais e movimentos da paróquia. 

Entre os dias 17 e 21, também às 20h00, acontecem os binguinhos, com excelente premiação para os participantes. 

Durante todos esses dias será servido doces, bolos, salgados, pescaria, espetinho e o tradicional Pastel de Sant’Ana. 

O ponto alto da festa acontece no domingo, dia 22 de julho, com a carreta com todos os padroeiros das comunidades, às 9h00, saindo do Parque do Lago. 

Às 10h00 celebração da missa eucarística e às 12h00 será servido o tradicional almoço. 

A partir das 14h00 sorteio de prêmios para os dizimistas, no valor de R$ 2 mil, e as 16h00 acontece o tradicional show de prêmios, com a cinquena valendo R$ 5 mil para o ganhador presencial e a cartela cheia, pelo sorteio eletrônico, de um Fiat Uno Mille Economy 2013. 

Na sequência, será realizado show com a Banda Ventanas. 

A festa será encerrada no dia 26 de julho, feriado municipal, quando será realizada a caminhada ecológica e religiosa, saindo para o olho d´água a partir das 7h30. 

Depois haverá missa e almoço para os caminhantes e às 14h00 matinê dançante para a melhor Idade. 

O pároco da igreja Sant’Ana comenta que a festa acontece pelas mãos da comunidade, não apenas pelas doações, mas também pela participação nos serviços e colaborações. 

Cerca de 400 pessoas trabalham diretamente para que o evento aconteça. 

O coordenador geral da festa, Claudinei Nunes, fez questão de agradecer a todas as pessoas que já estão ajudando e colaborando para que o evento aconteça. 

Ele destaca que a parte econômica da festa será repassada ao conselho econômico da paróquia e será aplicada nas obras sociais e na manutenção de toda a estrutura da igreja Sant’Ana.
Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário