sábado, 23 de junho de 2018

Uma mulher foi condenada a 65 anos de prisão por ter matado o amante e ter cozinhado o corpo da vítima e servido para os vizinhos nos Estados Unidos


A acusada fez um pacto com o marido, prometendo que mataria pessoas com quem mantivesse relações fora do casamento. 

O assassinato do amante seria para 'firmar' o acordo.

De acordo com a polícia, a mulher confessou ter chamado o amante para um jantar e, na ocasião.

O matou a tiros e desmembrou seu corpo, jogando algumas partes em uma floresta e servindo de churrasco para os vizinhos o restante.

Segundo as investigações, ela matou o próprio marido com um travesseiro. 

Além disso, é suspeita de ao menos nove homicídios, considerada uma Serial Killer.


Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário