segunda-feira, 4 de junho de 2018

Policial civil morre em suposto confronto com policiais militares


A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga as circunstâncias da morte do policial civil Aldo Cesário dos Santos, de 47 anos, na madrugada deste domingo (3). 

De acordo com as primeiras informações, ele trocou tiros com policiais militares na rua Jorge Tortato, no bairro Campo do Santana.

Inicialmente, a situação foi apresentada pela sala de imprensa da Polícia Militar como roubo. 

Um homem, não identificado até a manhã de domingo, teria deixado um posto de combustíveis às margens da BR-116 sem pagar pelo abastecimento de sua motocicleta. 

A equipe do estabelecimento chamou a polícia, que teria localizado o suspeito em uma rua próxima.

Ainda de acordo com o relato inicial, o homem teria atirado contra a equipe com uma pistola Taurus calibre .40, de uso da polícia, e morreu no confronto.

Porém, fontes próximas à vítima alegam que o policial civil teria pago por produtos consumidos na loja de conveniência, mas deixou o local sem pagar pelo combustível.  As fontes indicam ainda que Santos estava em surto.

A Polícia Civil confirmou que a vítima era integrante da corporação, mas não deu detalhes sobre seu estado de saúde nem o suposto confronto. 

Em nota, informou apenas que “o inquérito policial será aberto pela Divisão de Homicídios de Proteção à pessoa (DHPP) a fim de apurar o caso”. 

A reportagem aguarda posicionamento da Polícia Militar sobre a situação.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário