AGORA AO VIVO - IMPACTUS FM - A NOVA ONDA DE PITANGA

domingo, 17 de junho de 2018

Ocorrências policiais em Pitanga, Santa Maria do Oeste e Boa Ventura de São Roque

PITANGA 

FURTO QUALIFICADO: Segundo a vítima, ladrão ou ladrões abriram a porta do veículo de cor branca, que estava estacionado na Rua Visconde De Nacar, Centro, e do interior do veículo furtaram um aparelho de som, marca Pionner e dois auto falantes 69 Pionner. 

O mesmo foi orientado quanto aso procedimentos. 

SANTA MARIA DO OESTE

POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO, ACESSÓRIO OU MUNIÇÃO - USO PERMITIDO: Recebida uma denúncia que sobre uma arma de fogo. 
De pronto a equipe deslocou a essa residência citada na denúncia, sendo franqueada a entrada da equipe na casa. 

Em conversa com a filha do morador da residência, a qual que estava na casa e mostrou o lugar que estava à arma, a qual estava dentro de uma gaveta dentro do quarto sendo tipo garrucha de dois canos calibre 0.22 estando municiada com duas munições dentro da câmara e seis no coldre. 

Entrado em contato com o proprietário da residência, o qual assumiu ser proprietário da arma de fogo por volta de 30 anos. Diante dos fatos foi dada voz de prisão a ele e encaminhado à delegacia de Pitanga para procedimentos. 

BOA VENTURA DE SÃO ROQUE

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE: No dia 16 de junho às 20h e 50min, atendendo uma solicitação anônima, a equipe deslocou até a Av. São Roque, onde um veículo Monza havia colidido em outro veículo que se encontrava estacionado e que o condutor possivelmente estaria embriagado. 

No local foi constatado o fato sendo o veículo GM Monza, o qual era conduzido por masculino veio a colidir com a Ford Ranger, a qual se encontrava estacionada. 

No local, constatado que o condutor do Monza não possuía CNH ou PPD e se encontrava em visível estado de embriaguez alcoólica. 

Foi oferecido o etilômetro para fazer o teste do Bafómetro onde acusou 0,82 MG/l, sendo dada voz de prisão por dirigir embriagado e encaminhado a 45ª DRP para as providências cabíveis. 

Compareceu no local o proprietário da caminhonete e o proprietário do Monza, o qual é padrasto do condutor e havia emprestado o veículo. 

As partes entraram em acordo quanto aos danos dos veículos, sendo o GM/Monza liberado para condutor habilitado.2018/688471.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário