terça-feira, 5 de junho de 2018

4 INTEGRANTES DE QUADRILHA MORREM EM CONFRONTO COM A PM NO CANDÓI


Quatro integrantes de uma quadrilha que vinha agindo e aterrorizando nos municípios de Candói-PR e Cantagalo-PR, sendo inclusive responsáveis pelos dois últimos latrocínios nos citados municípios, vieram a óbito após confronto armado com policiais militares do 16º BPM.

Às 13h00min, de segunda-feira (04.06), uma equipe de policiais militares do serviço reservado do 16º BPM recebeu uma denúncia do possível paradeiro de um indivíduo, o qual é foragido do sistema prisional e juntamente com outros comparsas seriam suspeitos de terem cometido os dois últimos latrocínios no município de Candói e Cantagalo, bem como outros roubos na zona rural dos municípios. 

Diante da denúncia, a equipe realizou diligências, vindo a levantar uma residência na localidade de Três Palmeiras, zona rural do município de Candói, onde possivelmente a quadrilha estaria homiziada. 

Após confirmação visual de que o suspeito estaria na residência, foi acionado o apoio das equipes dos Destacamento de Candói e Foz do Jordão, além de uma equipe do Pelotão de Choque do 16º BPM, para que fosse realizado um cerco e abordada a residência. 

Com a chegada das equipes, ao ser realizado o adentramento tático, foi visualizado quatro suspeitos os quais não acataram as ordens policiais, vindo a efetuar disparos de arma de fogo contra as equipes, dando início ao confronto armado. 

Os policiais revidaram a injusta agressão efetuando disparos de arma de fogo, atingindo os quatro indivíduos. Logo após ser contida a ameaça, foi acionado o socorro médico, que ao chegar atestou o óbito dos quatro envolvidos. 

Dentre os indivíduos estava o primeiro suspeito (34), outro indivíduo (24), também foragido do sistema prisional, o terceiro um homem (20) e o quarto indivíduo não identificado. Diante dos fatos foi isolado o local e acionados os órgãos competentes, criminalística, IML e Polícia Civil, que se fizeram presentes para os demais procedimentos. 

As armas de fogo usadas pelos bandidos foram apreendidas pela Criminalística, sendo uma pistola marca Taurus modelo PT92 ASF, calibre 9mm, municiada com sete cartuchos intactos, possivelmente fruto do latrocínio ocorrido no Candói.

Um revólver marca S&W calibre 38, municiado com cinco munições intactas e uma deflagrada, um revólver marca USA, municiado com quatro munições intactas e duas deflagradas, um revólver marca Colt calibre 32, municiado com três munições intactas e três deflagradas, sendo ainda localizado na residência um revólver marca Rossi calibre 22, municiado com seis munições intactas e uma carabina de pressão marca CBC calibre 5.5mm. 

Foi informado ao COPOM do 16º BPM, onde compareceram o Oficial CPU e o Oficial Supervisor. Após o recolhimento dos corpos, as equipes deslocaram para o 16º BPM para os procedimentos referentes ao confronto armado. As armas de fogo utilizadas pelos policiais militares foram apreendidas e entregues no almoxarifado da Unidade.

Da Redação/Maria Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário